DHTML Menu By Milonic JavaScript

Português » Inter-religioso » Encontro num Templo Budista em Hiroshima »

Encontro em templo budista em Hiroshima, Japão, de 4 a 6 de agosto de 1999

Durante a organização para a chegada de Vassula no Japão, senti-me obrigado a buscar o aconselhamento de Deus com total confiança n´Ele, para que aqueles que participassem da reunião pudessem estar abertos à conversão do coração. Para que eles pudessem entender a necessidade de oração incessante, para estarem em comunhão íntima com o Senhor em sua alma e adquirir zelo por Sua missão.

A reunião foi realizada em 4 de agosto às 18:30 h no templo budista Myjin, um nome que significa 'Stella Maris'. O tema do encontro foi ensinar-nos "Como o Senhor é Bom". Mais de cem pessoas estavam lá, entre budistas, xintoístas, ortodoxos romenos, católicos e protestantes de diferentes denominações, como luteranos, batistas, metodistas e anglicanos. Participaram também o reverendíssimo bispo de Hiroshima Joseph Misue e alguns sacerdotes e religiosos. Nossos anfitriões budistas ficaram sinceramente tocados pela mensagem cristã, o Deus revelado, que é a causa da nossa felicidade e esperança.

O encontro com Vassula coincidiu com o memorial do 54º aniversário do ataque atômico em Hiroshima. Houve um momento de silêncio reverente, seguido de oração e esperança para o mundo.

Durante a distribuição dos convites à palestra de Vassula, buscamos entrar em contato com cada participante em potencial tentando despertar o interesse para com Deus e respondendo às perguntas. Como testemunhas da verdade contida nos livros de A Verdadeira Vida em Deus e graças a numerosos milagres de conversão observados em todos os lugares ao nosso redor, realizamos uma verdadeira obra missionária com respeito e consideração pela crença dos outros. Com nossa fé na realidade de Jesus Cristo na história da humanidade, e em documentos de Vassula como única arma,  vimos a verdade triunfar, porque ela brilha em sua luz pura. A fé, a esperança e o amor que Deus nos deu e as boas-vindas paternas de nosso bispo tornaram possível este encontro em Hiroshima.

Todos os participantes tinham lido os livros de A Vida Verdadeira em Deus ou tinham conhecimento de quem era Vassula através dos membros dos grupos de oração da Verdadeira Vida em Deus. Então, todos conheciam a dimensão mística da missão de Vassula. No entanto, todos ficaram surpresos ao ouvir esta mãe de família, falar de maneira tão simples e segura sobre suas interações com seu anjo da guarda, com a Mãe de Deus e as três pessoas da Santíssima Trindade. Pareceu-me que de todos os corações jorrou a exclamação de São Pedro: "Senhor, é bom estarmos aqui!"

Vassula nos lembrou do Amor de Deus e do desejo de que todos retornem ao Seu Coração com amor ardente. Simplicidade e profundidade caracterizaram sua conversa. Finalmente, fomos lembrados do que nosso Pai nos disse em 18 de junho de 1994: "Venham e aprendam: pela manhã semeie sua semente de amor, ao meio dia semeie sua semente de paz e à tarde semeie sua semente de reconciliação".

Finalmente, Vassula presenteou o monge budista do templo com uma imagem de Nossa Senhora de Fátima. Ela também deu um rosário a um monge do templo de Fukuyama e uma cruz para o bispo. O último, alguns dias depois, nos mostrou a cruz e expressou sua felicidade sobre o êxito do encontro com Vassula.

A estátua da Virgem de Fátima passou a enriquecer o patrimônio do diálogo inter-religioso que os budistas começaram com os cristãos em 1987. Colocaram esta estátua perto da Nossa Senhora de Lourdes que trouxeram durante uma recente peregrinação à Gruta de Massabielle.

Dia 5 de agosto, Vassula visitou os sobreviventes do ataque em Hiroshima, no Hospital da Bomba Atômica, e esses pacientes estão acamados há mais de cinquenta anos. Ela viu as mesmas pessoas que o Papa João Paulo II e a Madre Teresa visitaram. É difícil descrever a emoção desse encontro de Vassula e das vítimas e não posso esquecer seu olhar beijando-os, vendo em cada um deles o mistério do sofrimento, a dor e o mal, até a Cruz de Jesus.

À tarde, a Universidade Católica colocou à disposição um salão para o grupo de oração de A Verdadeira Vida em Deus. Vassula nos ensinou como é necessário, em nossa vida diária, viver verdadeiramente nossa vida em Deus. Todos nós ficamos impressionados com a freqüente repetição da palavra "reconciliação". Nosso grupo de Hiroshima entendeu que é fundamental viver e rezar pela reconciliação. A todas as nossas perguntas, recebemos respostas claras e impressões de caridade. Então fomos para a Catedral de Hiroshima, onde foi celebrada uma Missa Fúnebre para as vítimas da bomba atômica, concelebrada pelos bispos de Hiroshima, Nagoya, Takamatsu e Osaka. Também participaram inúmeros sacerdotes.

Recebendo conosco a Eucaristia, Vassula, uma ortodoxa grega, realizou a missão de paz, amor e unidade em Nosso Senhor. Assim, ela, que é a testemunha viva da sede de Nosso Senhor pela nossa reconciliação, peregrina da vontade misericordiosa de Deus, continuou a realizar de forma inefável a unidade no CORPO de Cristo.

Mais tarde, durante a ceia, Vassula encontrou o monge de Hiroshima e sua esposa. Eles disseram que sentiam-se tocados e felizes por ter alcançado, através do seu progresso com os cristãos, compartilhar o que eles chamaram de "tesouro" da Verdadeira Vida em Deus. Vassula os convidou para participar do grande jubileu do ano 2000, na Terra Santa no próximo mês de março.

Os numerosos jovens que participaram desta ceia pediram a Vassula alguns conselhos espirituais para sua vida. Com atenção materna e seu senso de humor, ela conseguiu se adaptar a cada um deles, com conselhos moderados e sábios. Se ao menos tivéssemos sido capazes de registrar toda essa conversa simples, teríamos agora uma verdadeira coleção de aforismos, como aqueles que o Copta Barsanulfo do século V nos deixou.

Na sexta-feira, 6 de agosto, às 8h15, estávamos reunidos no grande "Parque da Paz" acima do qual explodiu a primeira bomba atômica, nesse mesmo dia, em 1945, na mesma hora. Em meio à multidão em oração, ouvimos o clamor funerário de um sino budista, enquanto uma sirene de alarme anunciava um minuto de silêncio em todo o Japão. O mesmo céu azul, o mesmo calor ... antes da tragédia que teve um número de mortos de cem mil pessoas, cujos muitos filhos foram surpreendidos em suas escolas. Até a tarde  pessoas torturadas por queimaduras e sede, se lançavam no rio e pereciam. Nós deixamos o parque lembrando o legado de tal tragédia, muitos casos de leucemia e câncer de tireóide ainda estão ocorrendo.

A chegada de Vassula em Hiroshima, uma cidade com um passado tão doloroso, foi um presente precioso de Deus que seguramente dará frutos. Meus amigos japoneses me disseram que tudo em A Verdadeira Vida em Deus lembra o livro do Apocalipse de São João. Também esperamos o fim da dor no mundo e a restauração da graça: um fim e um começo que São João nos anunciou perguntando: "Vem, Senhor Jesus!" e o Senhor já nos disse: "Sim, eu irei em breve".

Mais tarde, Vassula pegou o trem para Fukuoka, para visitar o grupo de oração seguinte da Verdadeira Vida em Deus.

Angela Uchida

 
Inter-religioso
O Prêmio de Ouro da Paz de 2003
Vassula Encontra com Imãs Muçulmanos
Discurso Inter-religioso de Vassula
Vassula recebe Pela Terceira Vez o "Prêmio da Medalha de Ouro pela Harmonia e Paz Interreligiosa"
Vassula em Bangladesh, 21-25 de Maio de 2002
Uma Contribuição Única para o Diálogo Interreligioso: Vassula em Daca
Encontro em Benin, Africa com Chefes Vudu
Encontro num Templo Budista em Hiroshima
Reconhecidamente Judaica

O Prêmio de Ouro da Paz de 2003
Vassula recebe o "Atisha Dipankar & Visuddhananda Prêmio de Ouro da Paz" em 23 de Fevereiro de 2003 em Bangladesh
 

Vassula Encontra com Imãs Muçulmanos
Na Grande Mesquita em Mymensingh, Bangladesh, em Fevereiro de 2011
 

Discurso Inter-religioso de Vassula
Palestra inter-religiosa no Bouddha Kristi Prachar Sangha, em Dharmarjika, em 23/02/03
 

Vassula recebe Pela Terceira Vez o "Prêmio da Medalha de Ouro pela Harmonia e Paz Interreligiosa"
Fevereiro de 2011, em Dhaka, Bangladesh, onde as Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus começaram.
 

Vassula em Bangladesh, 21-25 de Maio de 2002
Um relato desta viagem de 4 dias em que Vassula fala para Muçulmanos, Hindus, Budistas e Cristãos
 

Uma Contribuição Única para o Diálogo Interreligioso: Vassula em Daca
Em 23 de fevereiro de 2009, após falar sobre as Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus, em uma Reunião interreligiosa, em Daca, Vassula foi premiada com o Prêmio de Ouro da Comunidade Budista por propagar a paz e a harmonia interreligiosa.
 

Encontro em Benin, Africa com Chefes Vudu
Chefes de várias tradições, principalmente vudu, convidados para ouvir a palestra de Vassula neste encontro
 

Encontro num Templo Budista em Hiroshima
Um relato desta reunião dia 4 de agosto de 1999
 

Reconhecidamente Judaica
Irmã Seraphim (uma freira eremita que vive em Holywell, Reino Unido) analisou "A Verdadeira Vida em Deus" à luz dos seus estudos rabínicos aos quais se dedicou por muitos anos.
 

 
 
MENSAGEM DO DIA:

Jesus É Amor
Quero-te Indulgente E Devota

 
MENSAGEM ANTERIOR:

Acaricia-Me Com O Teu Amor
 
 
 



Pesquisa Rápida

© Vassula Rydén 1986 Todos Direitos Reservados
X
Enter search words below and click the 'Search' button. Words must be separated by a space only.
 

EXAMPLE: "Jesus Christ" AND saviour
 
 
OR, enter date to go directly to a Message