DHTML Menu By Milonic JavaScript

Português » Missão » Relatos dos Encontros com Vassula » 2014 - Relatos » Austrália e Ilhas Salomão »

Austrália e Ilhas Salomão

07 a 16 de maio de 2014

Em 1985, Jesus havia dito a Vassula que ela se tornaria uma testemunha não só na Europa, mas também nos confins da terra. Desde então, as palavras de Cristo estão sendo cumpridas. Eu, Athanasios, sobrinho de Vassula, tive a honra de acompanhá-la, como eu chamei, "até os confins do mundo".

Para cobrir toda essa missão, tivemos que viajar cerca de 45.000 km, em 13 vôos, por cerca de 60 horas no ar, totalizando mais de 25 horas em trânsito.

Pode-se pensar o quanto isso é exaustivo, mas a Graça de Deus acompanhou Vassula para chegar renovada e cheia de entusiasmo em cada cidade para compartilhar seu testemunho. O incrível é que ela tem feito isso por mais de 26 anos incansavelmente, sem nunca parar ou reclamar; em vez disso, ela testemunha cada vez com poder, dado a ela do alto e com o mesmo fervor. Glória a Deus pelo dom das Suas Mensagens que são para nós e para toda a humanidade.

  

Quarta-feira, 7 de maio em Sydney

Chegamos na Austrália ao meio dia, hora local, depois de uma longa viagem de mais de 24 horas. Os australianos nos receberam de uma forma muito calorosa. Suzy Vardanian, uma das organizadoras, juntamente com vários amigos da AVVD em Sydney, estava presente para nos receber. Suzy também é apóstola da AVVD e tem sido há muitos anos. Ela conheceu Vassula há mais de 20 anos e junto com seu falecido marido, Avo, foram grandes trabalhadores e promotores das Mensagens, até mesmo imprimindo os livros. Sua casa se transformou em uma espécie de capela para seu grupo local de oração da AVVD.

Depois de nos instalar no hotel, todos nos encontramos para o jantar e discutimos os últimos detalhes da próxima reunião. Posteriormente, Vassula foi convidada a dar uma entrevista na Rádio Armênia de Tsiatsan para informar os ouvintes sobre quem ela é e sobre as mensagens da Verdadeira Vida em Deus. A entrevista de rádio também teve como objetivo informar seus ouvintes sobre o testemunho de Vassula no The Concourse em Chatswood, de modo a dar aos ouvintes a chance de participar. Vassula foi questionada pelo entrevistador sobre seu dom especial de Deus e sobre suas viagens atuais e anteriores para a Austrália. Vassula falou sobre sua missão de divulgar as mensagens em todo o mundo, sobre a relevância e importância da Mensagem de Deus para nós e por que Ele escolheu desta forma para transmiti-las. Tendo sabido sobre Vassula e as mensagens da Vida Verdadeira em Deus há mais de uma década, é sempre animador ouvir ela falar da Verdadeira Vida nas Mensagens de Deus. Isso me lembra, e potencialmente a outros, a gravidade e a importância desta missão.

Quinta-feira, 8 de maio

As mensagens on line  via internet.

Apesar de uma chuva matinal, o dia parecia promissor! Uma rápida visita ao teatro ao meio-dia assegurou-nos que tudo estava no lugar para o programa noturno. De 17:30h em diante, as pessoas começaram a chegar! Na entrada do teatro havia um estande longo com material de AVVD disponível para que as pessoas comprassem; todos os recursos são para o Fundo Beth Myriam. Às 19:00 h , Shane apresentou a AVVD seguido por Terry apresentando Vassula e sua missão para a audiência ansiosa.

Angel Voices, hinos de louvor.

Depois de alguns belos hinos de louvor, Vassula foi chamada ao palco. Cheia de alegria e fazendo com que todos se sentissem à vontade, ela começou a revelar sua história com Jesus durante esses 28 anos de missão!

A audiência no Concourse, Sydney

Depois de iniciar sua palestra de testemunho orando o Pai Nosso junto com o público, Vassula falou sobre o início de sua comunicação com o divino, sobre abandono - purificação - arrependimento – o amor íntimo de Deus - a unificação da Igreja - perdão - e reconciliação. Vassula cobriu muitos temas das Mensagens, sem deixar de falar sobre o poder e os dons do Espírito Santo. Nesse momento, sua fala despertou a audiência para prestar toda a atenção quando citava as palavras de Cristo das Mensagens. Por quase duas horas, Vassula ocupou toda a atenção de todas as 600 pessoas no auditório, comovendo-as profundamente.

Em Concourse,  em Sydney

Sexta-feira, 9 de maio

O dia começou com uma entrevista para a estação de televisão Al Horeya (TV  aberta), um canal egípcio que transmite dos EUA. A entrevista foi muito bem e, de vez em quando, a entrevistadora Elaine, fazia perguntas a Vassula em árabe e ela respondia, também em árabe. Durante a entrevista, Vassula se referiu a Nossa Senhora, dizendo que o Egito protegeu e alimentou a Sagrada Família durante os anos de perseguição de Herodes. Assim, Deus tem um amor especial para com este país.

Uma vez terminada a entrevista, os organizadores providenciaram a visita da cidade de Sydney. O dia terminou com um jantar de despedida em frente ao enorme Teatro da Ópera. Como Vassula e eu tínhamos que acordar às 5:00h da manhã  seguinte, nosso tempo junto com o grupo da TLIG Sydney teve que ser curto. Devido a nossa partida no próximo dia, todos estavam muito emocionados, mas felizes por terem Vassula lá com eles mais uma vez.

Sábado 10 de maio em Melbourne

O grupo que seguia Vassula à próxima parada em Melbourne era composto por: Suzy, Shane, Terry e Achilles. A família de John Sieff, Elaine e seu filho Daniel seguiram de carro, pois estavam carregando todo o equipamento de gravação de vídeo para a reunião. Catherine Gashi, organizadora da TLIG Melbourne, juntamente com o resto do time local, nos recebeu.

Apresentação das Mensagens na Prefeitura de Kingston, Melbourne

Tudo estava pronto para o programa da noite; tudo estava perfeitamente organizado até o menor detalhe. O salão estava cheio, aproximadamente 700 pessoas -  louvado seja o Senhor! Para muitos deles, foi a primeira vez que viram Vassula, depois de ter ouvido falar das mensagens recentemente. Louve o Senhor novamente por esta graça!

Multidão na Câmara Municipal de Kingston, Melbourne

Nesta reunião, sabendo que  havia muitos iniciantes e pessoas que nunca a ouviram falar ou sabiam muito pouco das Mensagens, Vassula concentrou-se especialmente no início de sua missão, a conversa com o Anjo da Guarda, Deus Pai e Jesus Cristo.

Ela falou sobre a intimidade com Deus e a oração incessante, explicando que ter Deus em nossas mentes durante o dia e, enquanto fazemos nossas tarefas com Ele, é o "nós" que Jesus lhe ensinou: a oração incessante. A reunião terminou com uma oração e depois disso, a maioria dos recém-chegados apressou-se a receber os livros com as mensagens, de modo a lerem para si mesmos as palavras de nosso Senhor. No final do nosso dia, depois de um jantar leve, voltamos para o hotel para nos preparar para a próxima parada: Canberra.

Ícone de Humilhação Máxima perto de Vassula falando - Kingston City Hall, Melbourne

Domingo, 11 de maio Canberra

Chegamos a Canberra no início da tarde. O grupo nos recebeu com muita alegria. No lobby do hotel, o grupo organizador reuniu-se com Vassula para os últimos detalhes do testemunho e coordenou os bilhetes para os próximos vôos. Após o almoço, partimos para a Universidade Nacional Australiana onde a reunião aconteceria.

No Centro Manning Clark, Universidade Nacional Australiana

Às 5:00 da tarde, Vassula começou a falar sobre como o Senhor nos ensina passo a passo para chegar a níveis mais elevados de espiritualidade, uma espécie de espiritualidade ascética e que as Mensagens devem ser lidas desde o início. Vassula cobriu quase todos os mesmos tópicos que ela normalmente cobre em suas palestras de testemunho. A reunião encerrou com Vassula orando por cura.

Segunda-feira, 12 de maio,  Brisbane

Chegamos no início da manhã em Brisbane. O clima era muito agradável como é nesta época do ano. O grupo local nos recebeu e todos nos dirigimos no mini-ônibus para o hotel, cantando e louvando o Senhor. Depois de um breve descanso, fomos ao salão para a reunião de Vassula.  Havia mais de 400 pessoas. Após a introdução, um coro de jovens maravilhosamente grande cantou hinos e louvores a Deus por quase meia hora. Alguns deles eram de outras ilhas do Pacífico.

Multidão  ouvindo atentamente no Logan Entertainment Centre, Brisbane

Eles cantaram lindamente. Mais uma vez, Vassula dirigiu-se ao público compartilhando as mensagens de Nosso Senhor com novas pessoas, servindo  nosso Senhor dessa maneira. Isso me lembrou uma mensagem que Jesus deu a ela no início, quando Ele disse a ela: "Seja Minha rede!" Na verdade, isso era o que ela estava fazendo. Sim, todos nós podemos ser transformados em uma rede para pegar almas e trazê-las para o Rei dos Reis!

Discurso de Vassula no Logan Entertainment Centre - Brisbane

Quando estávamos saindo do local, fomos informados de que uma senhora, que estava no auditório, trouxera também o filho, um jovem de vinte anos, que tinha um problema. Quando Vassula se preparava para se afastar do local, a senhora chamou-a pedindo ajuda da varanda do teatro. Vassula não a ouviu porque o coro estava cantando. E então partimos. Ao sair, Elaine disse a Vassula que o filho da senhora, que conhecia, tinha um grande problema. Era psicológico ou poderia ser  uma possessão. Quando Vassula estava orando e pedindo a todos que orassem juntos a oração de libertação, o jovem reagiu, caiu no chão e entrou em um estranho tremor de seu corpo, rosnando como um animal como em dor. Elaine implorou a Vassula para fazer algo sobre isso. Vassula disse que o menino deveria ir a um padre, um exorcista e ver o que ele tem. Elaine disse que a família tinha levado o menino a um exorcista e ele disse que o menino não tem espírito maligno. Vassula sentiu pena pela mãe e no final aceitou ir ver o menino, mesmo que isso significasse que fizéssemos uma longa viagem de uma hora ou mais. No entanto, Vassula aceitou o convite para ir  até eles.

Quando entramos na casa, Vassula pediu-lhes que trouxessem o jovem. A mãe disse que não se movia, e quando soube que Vassula estava indo vê-los em sua casa, entrou no banheiro e se escondeu em um canto. Vassula foi até ele. Ele estava sentado no chão, com a cabeça inclinada e ele estava cobrindo o rosto com os braços. Ele estava todo torcido, nunca querendo olhar para Vassula. Ela pediu-lhe educadamente para se levantar e ir com ela para a sala de estar para sentar, enquanto, ao mesmo tempo, segurando o braço para levantá-lo. Ele não resistiu a ela; ele a seguiu, mas o tempo todo se recusava a encontrar seus olhos e encará-la. Vassula pediu-lhe para orar com ela a oração de libertação. Ele parecia acalmar-se e começou a orar com ela, mas depois de 3 linhas, ele parou e rosnou novamente. Suas mãos tortas estavam ficando rígidas e ele estava movendo a cabeça rapidamente para cima e para baixo. Tudo terminou, após uma hora de oração, o Rosário, a oração de São Miguel, etc. Vassula pediu-lhe que a olhasse; Ele o fez relutantemente e então ela lhe fez uma pergunta: "Quando você está com amigos bebendo, você se comporta assim?" Sua resposta foi "não". Ela disse: "Você está programado para se comportar dessa maneira, como se fosse possuído. Você não está." Ela descobriu que o menino está bravo com Deus, porque ele não recebeu o que ele queria. Ele disse a ela isto. Vassula só então ergueu a voz e disse-lhe: "É tudo sobre você! E o que você quer! Você não aceita o que Deus lhe dá, você é cheio de si mesmo, com seu ego, e você está comandando e exigindo de Deus o que você deveria ter. Morra para si mesmo e aceite o que Deus quer dar a você."  Vassula percebeu que ele não só pediu a Deus que lhe desse o que queria, mas exigiu de Deus que sentisse Sua presença mais. Vassula completou sua assistência para o menino quando a mãe entrou e Vassula disse a ela: "Seu filho não odeia Deus como ele declara a todos, mas pelo contrário, ele adora a Deus, ele está loucamente apaixonado por Deus e quer mais de Ele para senti-Lo, é o que há de errado com ele, ele quer se sentir amado por Deus. "O menino então explodiu em lágrimas que, por sua vez, confirmaram o discernimento de Vassula. "Ele está", ela disse a sua mãe ", também com raiva de você e ele se vinga de você. Se você quer que ele mude, você deve dar-lhe espaço, e se ele entrar nesses ataques, ignore-o. Eventualmente, ele vai sair disso. Apenas ore por ele e não o obrigue a orar ou seguir suas instruções. "

 

Terça-feira, 13 de maio

Este dia foi uma espécie de dia relaxante. Saímos por volta das 10h da Costa do Ouro na casa de Suzy Vardanian, onde convidou seu grupo de oração e outros para reunir conosco para orar. Juntos, tínhamos cerca de 40 pessoas no total.

Grupo de oração na casa de Suzy Vardanian - Gold Coast

A casa de Suzy faz com que nos sintamos à vontade imediatamente. Está em uma boa localização junto a um rio. Uma vez  todos reunidos, rezamos o Rosário seguido de um tempo de louvor e adoração, inspirando todos naquela grande sala de estar. Essa sala de estar parece mais uma igreja. Suzy tem muitas estátuas religiosas, ícones, imagens etc. e a maioria deles está derramando óleo e escarchas. Escarcha pode ser chamado em linguagem simples, brilho. O brilho está em muitas cores. É um fenômeno ou, se você quer, um sinal do alto que Deus dá a quem Ele quer. Ouvi dizer que o óleo e o brilho também têm poderes de cura. O grupo de oração parecia estar acostumado a ver esse fenômeno, pois não estavam tirando fotos ou fazendo perguntas.

Quando a oração terminou, Vassula perguntou se alguém queria fazer perguntas sobre as Mensagens. Começou um diálogo de perguntas e respostas e as pessoas pareciam estar muito entusiasmadas. Os tópicos variaram desde questões familiares a problemas que ocorrem em todo o mundo hoje, onde quase todos os países estão em guerra. Um delicioso buffet seguiu nossa discussão, terminando com uma foto de grupo com vista para o rio.

Foto do grupo na casa de Suzy

Quarta-feira, 14 de maio. Ilhas Salomão

Depois de uma despedida comovente de nossos amigos australianos, nós nos dirigimos para as Ilhas Salomão. A agenda do dia foi carregada. Depois de uma viagem de 3 horas, começamos a aproximar-nos para pousar em uma grande ilha parcialmente coberta por selvas, montanhas e pequenas aldeias espalhadas. No aeroporto, originalmente construído pelos japoneses na Segunda Guerra Mundial e recentemente renovado, o grupo local da AVVD estava esperando para receber Vassula, Elaine, Shane, Mary, Suzy e Terry. Ao sairmos do aeroporto, os ilhéus dançaram para nós uma dança cerimonial bem preparada.

Boas vindas com roupas cerimoniais nas Ilhas Salomão, Honiara

Foi engraçado porque, do nada, dois homens pularam com uma grande espada falsa que cercava Vassula como se a matariam. Era uma dança de boas vindas ... então uma menina adorável apareceu vestida ou por outra,  semi vestida, homenageando Vassula com uma guirlanda e pegou sua mão para guiá-la debaixo de um abrigo onde muitos outros vestidos com roupas cerimoniais iriam realizar uma dança tribal.

Depois da recepção cerimonial e das danças folclóricas com as roupas tradicionais, Vassula foi levada rapidamente para o gabinete do primeiro-ministro, Sr. Gordon Darcey Lilo. Ambos trocaram presentes de boas-vindas, com o primeiro-ministro dando a Vassula um lindo colar de coral artesanal que ele colocou ao redor de seu pescoço e Vassula dando-lhe o Volume Único contendo todas as mensagens da AVVD e uma cópia do ícone da Humilhação Máxima que ela havia pintado. A discussão de 30 minutos entre eles abordou tópicos sobre os recentes desastres ocorridos no país, a Unidade da Igreja e as mensagens da AVVD. Vassula disse à Sua Excelência que Deus não tinha se esquecido de seu país e, embora fosse o número 84 na lista de países que visitou, Deus queria que ela visitasse seu país para que as pessoas saibam de Sua Divina Mensagem. O primeiro-ministro destacou que as Ilhas Salomão é um país cristão com pessoas tementes a Deus e disse: "Por favor, reze pelas Ilhas Salomão e deixe nosso povo saber o que Deus quer para nós e Suas Instruções Divinas para o nosso país".

Em homenagem à visita de Vassula, um jornalista do jornal oficial Solomon Star News, presente naquele dia, escreveu na primeira página do jornal com uma grande foto dizendo: "Profetisa aqui para pregar".

Cerimonial de recepção e danças folclóricas, Aeroporto de Honiara

Vassula e o Primeiro Ministro, Sr. Gordon Darcey Lilo trocando presentes de boas-vindas

No caminho para o hotel, pudemos ver toda a extensão do desastre  causado pelo recente tornado que destruiu casas e estradas e arrancou árvores. Muitas pessoas desaparecidas foram relatadas e percebemos como a pobreza estava em um nível alto. Observamos os arredores das ilhas e o dia foi livre  para ajudar os preparativos necessários para a próxima reunião.

Quinta feira, 15 de maio

As entrevistas com a mídia e notícias foram organizadas na sala de conferências do hotel Mendana às 10h30. As perguntas dos meios de comunicação foram muito respeitadoras, ainda que sondando. Um dos repórteres fez a pergunta: por que há tanto pobreza e miséria em seu país? Vassula respondeu ao se referir à mesma pergunta que ela havia feito ao Pai quando ela estava em Bangladesh. Ela estava olhando pela janela e vendo toda a miséria das pessoas e pediu ao Pai que fizesse alguma coisa. Ele não respondeu, mas imediatamente pediu-lhe para orar o  Pai Nosso. Ele deu a ela a visão para entender que todas as misérias podem ser resolvidas pela oração.

As entrevistas com a mídia na sala de conferências Mendana Hotel

Vassula falou sobre o desejo da AVVD de abrir uma Beth Myriam nas Ilhas Salomão com a ajuda da Associação Australiana.

Algumas perguntas foram sobre seu livro O Céu é Real Mas  o Interno Também é.  Ela disse que o livro era atrair os jovens, aqueles que não estavam interessados em nada religioso, para conversar com eles em seu idioma, para interessá-los. É um livro chamariz para perceber que Deus está chegando.

Uma pergunta e resposta me fizeram sorrir:

M. "Por que você escolheu vir às Ilhas Salomão?"

V. "Você acha que Ele iria esquecê-los?"

Vassula continuou a falar sobre como testemunhou a "outros" como os budistas, os hindus e os imãs e como eles gora vem para as peregrinações da AVVD viajando juntos como um só povo.

Um dos repórteres comentou sobre o fato de que as Ilhas Salomão são um país cristão, então por que ele precisa ser convertido? Vassula respondeu: você sempre pode ser convertido mais, não há limites. Você continua a escalar a escada. Você nunca pode conhecer Deus o suficiente. As mensagens ajudam você a conhecer melhor a Deus e se aproximar dele. "Como um exemplo de alguém que desejava se aproximar de Deus, Vassula lembrou um momento em que ela conheceu uma freira de uma ordem particular, que estava vivendo em total reclusão, não falando e passando por jejum. Ela havia pedido a visita de Vassula. Esta freira estava atrás de uma tela e passou um pedaço de papel embaixo da tela para Vassula com as palavras: "Você pode me abençoar e colocar sua mão embaixo?" Vassula fez o que havia perguntado. Um momento depois, a freira escreveu de volta dizendo que queria experimentar Jesus perto dela; Quando Vassula a tocou, viu a mão de um homem e sentiu Jesus. Ela estava procurando por essa experiência havia 13 anos.

À tarde, por volta das 2 da noite., A temperatura aumentara bastante, estava quente e úmida. Dirigimos para chegar ao Gabinete de Sua Excelência o Reverendo David Vunagi, Arcebispo de Melanésia (Igreja Anglicana). Uma discussão muito agradável seguiu sobre a Unidade da Igreja, um tema altamente favorecido pelo Arcebispo. Vassula apresentou-lhe os presente: Volume Único da VVDD, o livro de oração e o ícone do Santo Sudário que Vassula pintara. 

Reunião no Gabinete de Sua Excelência o Reverendo David Vunagi, Arcebispo de Melanésia (Igreja Anglicana)

Enquanto o calor era alto ao meio dia, os organizadores acordaram que a reunião acontecesse após o horário de trabalho, à noite. A grande sala de reuniões ao ar livre hospedou mais de 3.000 participantes alegres. Um coral juvenil cantou hinos inspiradores e louvores ao Senhor. As primeiras filas foram preenchidas  com crianças pequenas, cerca de 6-8 anos de idade. Elas também festavam muito atentas e ficaram caladas o tempo todo, ouvindo Vassula.

.1ª. reunião  nas ilhas Salomão, no Maranatha Hall

Após uma breve apresentação, Vassula falou por quase 1 hora e 30 minutos, cativando o público. A chuva começou a cair no telhado de lata fazendo muito barulho, mas tudo isso parecia natural e ninguém parecia incomodado. A música do grande coro e banda pentecostal era alta e majestosa, atraindo pessoas da área. Lentamente, o local foi preenchido, incluindo muitas famílias com crianças. Foi uma benção incrível para ver os ilhéus, principalmente o pentecostal, recebendo as palavras de Vassula com tanto entusiasmo. Sempre que as palavras de Vassula tocaram seus corações, eles responderam vocalmente e com as mãos levantadas ou batendo palmas. Era como se o Espírito as tivesse despertado. A palestra de Vassula era muito íntima, pessoal e suave e parecia ser moldada para a espiritualidade das pessoas. Ela falou sobre o Pai, o Espírito Santo, por que Deus vem dessa maneira, sobre intimidade, arrependimento e Unidade.

Algumas pessoas disseram que foram tocadas por sua maneira, sua suavidade na maneira como ela falou. Alguns disseram que ouviram através dela o amor do Senhor; eles sabiam que essas palavras eram d´Ele.

Falando em Honiara

Como esta foi a primeira vez que Vassula foi convidada para as Ilhas Salomão, essa reunião foi uma verdadeira benção! Os grandes esforços de todos os membros do grupo de oração da AVVD para este evento foram possíveis de forma milagrosa, já que as Ilhas Salomão enfrentaram problemas financeiros devido aos recentes desastres que abalaram essas ilhas.

Sexta-feira, 16 de maio

Com a Sua Excelência o Reverendo David Vunagi, Arcebispo da Melanésia indo para o encontro ecumênico na Igreja Anglicana

Vassula foi convidada a ter ainda mais uma reunião, mas desta vez só participariam clérigos de diferentes Igrejas e representantes educacionais. Seria um encontro muito importante, pois esta seria a primeira vez que uma reunião ecumênica aconteceria nas Ilhas Salomão. Foi realizada nas instalações da Igreja Anglicana. As Igrejas presentes eram a  anglicana, a católica romana, a pentecostal, a Igreja Adventista do Sétimo dia e a Igreja unida. A Igreja Ortodoxa não estava presente.

Sua Excelência o Arcebispo David Vunagi, convidou todos e deu uma palestra de abertura.

Apresentação pelo Arcebispo
Palestra de Vassula ao clero

Os representantes neste encontro eram:

Arcebispo da Igreja Anglicana da Melanésia: Reverendo Bispo David Vunagi

Vigário da Diocese da Melanésia Central: Bispo Johnny Kuper

Decano da Catedral de São Barnabé: Reverendo David Wairamo

Reitor da Paróquia de Todos os Santos: Reverendo Philip Rogongtha

Reverendo Philemon Akao

Reverendo Milton Philip

Líder da Sociedade de Homens da Catedral de Barnabas: Sr. Michael Saru

O Presidente da Catedral de São Barnabé: Sr. Fox Irokalani

Diretor da Escola Secundária de São Nicolau: Sra. Christina Vunagi

Capelão de São Nicolau Secundário Escola: Reverendo Bako

Representante da Associação Cristã das Ilhas Salomão: Pastor Alick Hagi

Palestrante da Universidade Nacional das Ilhas Salomão:

Ir. Atanásio: irmão franciscano

Ir. George Ngangafu: irmão franciscano.

Issac. Kiriau: membro do Coro da Igreja Vura

M. Clemente: Empresário

Todos vieram para ouvir Vassula. Depois de dizer algumas palavras sobre o início de sua missão, Vassula concentrou-se especialmente nos problemas práticos que os membros de todas as igrejas em todo o mundo abordam sobre a Unidade. Ela explicou que Jesus pede que todos se unam em humildade e amor: as chaves da Unidade na diversidade. Vassula mencionou que os meios para alcançar essa unidade são através da oração. Enquanto continuava com o tema da Unidade, Vassula relatou uma história sobre esse tempo em que  ela foi convidada a falar com um grupo, mas não sabia que era um grupo de Chefes de Voodoo. No final da reunião, um dos chefes lhe disse: "Você tem muita coragem para nos falar!" Ele então perguntou se eles também tinham o Espírito Santo. Ela respondeu que eles têm o Espírito Santo, pois têm as virtudes de respeito, caridade e bondade.

Interessantemente, uma grande quantidade de perguntas foi colocada pelos clérigos presentes:

P. Como você se vê, acima da Igreja?

V Me vejo dentro da minha Igreja, mas não tenho nenhum problema em ir a outras igrejas.

P As enchentes nas Ilhas Salomão são um castigo de Deus?

V Deus não está focado nas Ilhas Salomão, você não é pior do que outros, veja Lucas 13, 1-5. É um sinal de que o mundo está indo mal; que as pessoas não estão se arrependendo, nenhum ato de imolação ou ato de amor. O Senhor diz: "Você está se destruindo".

Q Como o Senhor fará a Unidade?

V Por nossas orações, ao fazer as datas da Páscoa a mesma, haverá um grande fluxo do Espírito Santo para nos levar à Unidade.

Q Qual é o seu conselho para as igrejas fragmentadas?

V Uma vez que a unidade venha, as igrejas dispersas se juntarão como um ímã.

Todo mundo ficou entusiasmado com as respostas que Vassula deu e, ao mesmo tempo, surpreso que a unidade possa tão simplesmente ser alcançada.  Vassula terminou sua palestra falando sobre as peregrinações; elas são unidade em ação e essa unidade é uma unidade na diversidade: uma unidade tangível.

Ao encerrar o encontro, o representante da Comunidade das Igrejas cristãs das Ilhas Salomão pronunciou um discurso agradecendo a Vassula e ao grupo da VVSD. Ele revelou que as Igrejas das Ilhas Salomão não estavam trabalhando juntas e, em vez disso, se disputavam entre si. Este evento os uniu e abriu os olhos para a importância da Unidade entre si. A mensagem foi verdadeiramente pungente para eles. Ele também expressou o desejo de todos os representantes cristãos presentes para ajudar com a criação da Beth Myriam em sua localidade.

Esse encontro ecumênico foi uma verdadeira benção. Todos queriam saber mais sobre as mensagens, muitos livros da AVVD, DVDs e CDs foram comprados juntamente com a entrega de muitos cartões de oração.

Distribuição de livros


Jimmy Maeigoa, a pessoa de contato da AVVD das Ilhas Salomão, fez o seu melhor desde 2006 para espalhar as mensagens em toda a ilha, aumentando o número de membros do grupo de oração. Com a ajuda de seu amigo Pastor Peter Kenneth e a influência de Suzy Vardanian do grupo australiano de AVVD, o resultado final só poderia continuar sendo tão grande! Louvado seja o Senhor!

Depois desta bela experiência nas Ilhas Salomão, a missão de Vassula para essas terras distantes foi concluída.

É uma oportunidade incrível de ter a chance de ser testemunha das bênçãos e das graças que nosso Deus amado derrama sobre as pessoas que abrem seus corações para Ele e acolhem-no através de Vassula.

Esperança

 
Missão
Encontros com Vassula ao Redor do Mundo
Relatos dos Encontros com Vassula
    2014 - Relatos
        O Triunfo de Cristo e Nossa Senhora no Congo
        Palestra de Vassula em Três Cidades Japonesas
        Um Retiro Espiritual para Vadstena, Suécia
        Austrália e Ilhas Salomão
        Vassula em Medjugorje para a Páscoa
        Vassula em Jersey City, NJ, EUA - março de 2014
        Retiro de AVVD México 12-16 de dezembro de 2014
        Palestra de Vassula na Holanda
        Missão na Bélgica 2014
        Vassula no Retiro Ecumênico de AVVD em Fátima, Portugal
        Vassula dirige-se à Comunidade Evangélica
    2015 - Relatos
    2013 - Relatos
Evangelização
Fundação

Encontros com Vassula ao Redor do Mundo
Listagem de todos os encontros
 

Relatos dos Encontros com Vassula
Relatos detalhados de alguns encontros com Vassula
 

Evangelização
The echos of the Echo ... Witness meetings and an invitation from Jesus to evangelise
 

Fundação
Resumo do que é a Fundação para A Verdadeira Vida em Deus, o motivo da sua criação, a missão que lhe foi confiada e as formalidades
 

 
 
MENSAGEM DO DIA:

Se O Mundo Te Odeia, É Porque Tu Me Amas
Reza Por Aqueles Que Tramam Incríveis Maquinações Contra O Meu Espírito Santo

 
MENSAGEM ANTERIOR:

Cresce No Meu Espírito
 
 
 



Pesquisa Rápida

© Vassula Rydén 1986 Todos Direitos Reservados
X
Enter search words below and click the 'Search' button. Words must be separated by a space only.
 

EXAMPLE: "Jesus Christ" AND saviour
 
 
OR, enter date to go directly to a Message