DHTML Menu By Milonic JavaScript

Português » As Mensagens » Meu Anjo Daniel »

12 de Outubro de 1986

12 de Outubro de 1986

- A paz esteja contigo. Toda a palavra que sentes não ser justa e te perturbar, tens licença para a corrigir. Eu, Deus, dou-te essa sensibilidade. Vassula, sentes-te feliz?

- Mais que feliz, eu sinto-me verdadeiramente confundida (não posso descrever o que sinto, quando sinto em mim o Amor de Deus).

(Mais tarde, foi o meu Anjo que veio).

- Eu sou Dan; estou diante de ti.

- Dan! Como é possível?

- Lembras-te do que te ensinei?  Está  atenta em reconhecer e discernir. Trabalha deste modo e farás progressos. Glória a Deus!

- Porque vieste?

- Porque te amo muito. Apoia-te em Javé, porque Ele é teu Redentor.

- Porque vieste?

- Eu  mesmo pedi para vir.  Lembra-te: apoia-te em Deus; eu amo-te, fica-o sabendo.  Apoia-te em Javé e vai  em paz (10). Eu, Dan, abençoo-te, em Nome de Deus Pai, de Seu Filho Bem-Amado Jesus Cristo e do Espírito Santo. Eu sou servo de Deus.

- Lembras-te de como eu estava, há oito meses?

- Lembro: estavas indiferente a Deus.

- Sim. Lembras-te de quando o Nome de Deus foi men-cionado e escrito por ti?

- Sim.

- Tu disseste: "Deus está junto de ti e Ele ama-te". Era como se me tivesses dito: "hoje, está bom tempo". Tal era a minha atitude.

- Pior ainda...

- E depois, todos os ataques que sofri; sentia-me como se estivesse a passar pelo Purgatório.

- Aceita-o assim mesmo.

- Imagino que é como por onde se passa, depois da morte: o PURGATÓRIO. Depois, uma vez purificados, tudo é mais claro. Somos mais puros e mais elevados... Eu amo de tal maneira Deus!... Deus quererá realmente que nós sejamos íntimos com Ele?

- Sim; chama-O; volta-te para Deus.

- E posso?

- Sim; a Luz está aqui (11)... Eu amo-te; Eu ajudar-te-ei; Eu sou a Paz, sente-Me (12). Eu abrigar-te-ei. Eu proteger-te-ei.

(Deus pediu-me que escrevesse a Sua Mensagem, a que nos tinha dado no dia 8 de Outubro de 1986).

 

- Sim! A paz esteja contigo. Sou Eu, Deus, que te chamo, agora. Eis a Minha Mensagem:

Lembrai-vos de que Eu, Deus, vivo; Eu vivo: Eu existo; ainda duvidais disso? Estais ainda em vias de analisar de que modo? Ireis, então, passar toda a vossa vida a analisar-Me, a diagnosticar-Me em discussões sem fim, se existo ou não? Porquê? Escutai-Me: quando, no princípio, Eu Mesmo criei a terra, estava repleto de alegria. Semeei as estrelas e chamei cada uma pelo seu nome. Mais tarde, com amor e prazer, criei-vos a vós; com as Minhas próprias Mãos, formei-vos, dando-vos o sopro da vida. Elevei-vos e abençoei-vos. Eu sou vosso Pai Santo.

Depois, enviei-vos homens ponderados para vos guiar e vos ensinar como toda a Criação começou. Eu Próprio Me revelei a vós (13), para vos ensinar como começaram as vossas fundações, Quem é vosso Criador. Eu, Deus, sou vosso Pai. E, agora, geração após geração, vós continuais a passar-Me ao crivo, a analisar-Me, mentendo-vos numa perpétua escuridão, fugindo-Me, criando o caos entre vós. Não podeis, então, compreender quanto vos castigais uns aos outros, criando guerras, odiando-vos uns aos outros, liquidando raças e cidades, deixando as vossas pátrias desoladas, fazendo viúvas as vossas mulheres, fazendo de vossos filhos uns pobres orfãos, verdadeiras manifestações de ódio? Para onde? Para onde foram todas as Minhas bençãos? Para onde foi o amor com que Eu Próprio vos tinha abençoado? Que é feito de Meus filhos? Onde estão ou para onde foram? Já não consigo reconhecê-los (14); Para onde foram eles? O Mal chamou-os, contratando-os ou aliciando-os à revolta, com armas, para apagar tudo o que neles resta de luz, para os destruir completamente. Eu sofro e choro por ver os Meus filhos bem-amados perdidos para sempre! Será que Eu irradio cólera, ódio ou destruição? Tereis, porventura, acreditado que Eu sou um Deus de Paz e de Amor? Escutai-Me, ó filhos, criados pelas Minhas Próprias Mãos, vindos de um berço que Eu Mesmo fiz para vós, vindos das Minhas Mãos que vos tiveram sobre o Meu Peito, abençoados do fundo do Meu Coração, curados por Meu Filho Bem-Amado Jesus Cristo, amados e queridos por Mim, que é feito de vós? Para onde pensais vós que ides? Escutai-Me: Regressai a Mim, voltai a Mim, a Mim que vos amo. Aprendei de Mim; Eu sou Santo, sede santos, vivei santamente. Não Me rejeiteis, dizendo que Me não conheceis e mesmo que jamais Me conhecestes! Pensastes, porventura, que jamais existi e que a Minha Palavra se teria proclamado apenas para distrair os Hebreus? Acreditai na Minha Palavra, porque Eu sou o seu Autor. A Minha Palavra é viva, como Eu sou vivo; se assim não fosse, vós não teríeis podido existir. Escutai-Me: a vida é apenas uma breve passagem e vós não fazeis mais que passar brevemente por ela. Com uma vida verdadeiramente eclipsada, como podereis vós sentir-vos felizes? Como poderá alguém de vós acreditar que sois capazes de sobreviver na escuridão? Cana alguma poderá viver sem luz. Eu sou a Luz e, estando em Mim, vivereis. Eu brilho, a fim de que cada um de vós viva e esteja na Minha Luz. O Meu Coração sofre, por ver-vos nas garras do mal, mantendo-vos na escuridão. Eu posso ouvir-vos a todos: quanto duvidais e quanto Me analisais, quanto virais os vossos rostos para longe de Mim, recusando-vos a ouvir, recusando-vos a ver! Fechastes-Me as vossas portas... Os Maus! Os Meus próprios filhos analisam-Me. Muitos de vós não Me acreditais! Como é que vós Me esquecestes? Como é que um filho pode assim esquecer o seu próprio pai ou ter a menor dúvida de que ele mesmo tem um pai? Haverá na terra um filho que acredite jamais ter tido um pai? Apresentai-Me um só filho que acredite ter vindo de si mesmo... Porquê? Por que razão alguns de Meus filhos Me causam tanta pena e sofrimento?

Eu, Deus, sou vosso Pai, vosso Criador e amo-vos a todos. Reconhecei-Me... Não duvideis de Mim; não tenhais medo de Mim; tende medo de Mim, apenas quando vos revoltardes contra Mim. Porque Me fugis? Tende o Céu por lar; a Minha Casa é a vossa casa. Filhos, filhos, rejeitar-Me-eis porque Eu, Deus, Me não ajusto ao vosso mundo científico, que vós próprios criastes? Tentais destruir assim a vossa vida espiritual? Zombais daqueles que ainda têm fé em Mim, chamando-os sonhadores? Esses de que vós zombais, chamando-os sonhadores, são justamente aqueles que estão despertos, e Minha Casa será a sua casa, partilhando Comigo tudo o que Eu tenho e, nas Minhas pastagens de repouso, eles mesmos repousarão, não vindo jamais a sentir falta de nada, e nunca mais vindo a sofrer. Eu sou Santo; por conseguinte, sede santos, vivei santamente. Glorificai-Me; recebei-Me; acreditai em Mim e amai-Me; vivei na Minha Luz. Agora, escutai-Me:

Eu, Deus, revelo-Me de novo a esta vossa era. Sim!, neste vosso tempo. Eu sou o mesmo; Eu estou sempre convosco.

Glorifica-Me e lembra-te: Eu chamar-te-ei, Vassula. Tem a Minha Paz; Eu Mesmo te guiarei; Eu amo-te. Lembra-te: Eu Próprio vos reunirei.

 

(Mais tarde)

 

- Sentes-te feliz por estares Comigo? Agora, abandona os teus temores e sente-te feliz. Eu, Deus, sou o mesmo; Eu conduzo os Meus do mesmo modo; Eu abençoo-vos a todos. Aprende, Vassula, que sou Eu, Deus, Quem vos conduz (15). Mantém-te junto de Mim, não tenhas nunca medo de Mim; medita mais na Minha Santidade, Minha filha. Agora, escreve isto:

Eu sou Javé que te conduz. Filha da Minha escolha, no começo dos tempos, Eu Mesmo conduzi os profetas hebreus, ensinando-os, guiando-os e ajudando-os a reconhecer-Me. Eu, Javé, sou o mesmo Deus (16). Eu tenho conduzido muitos homens ponderados. Eu, Deus, procedo da mesma forma. Pretendo reconduzir-vos todos a Mim. Tenho-vos visto dispersar-vos, abandonando-Me e esquecendo-Me. Esperei que se consertassem as vossas legislaturas. Lembrei-vos de que a vossa vida não é mais que uma breve passagem pela terra. Lembrei-vos que vos abençoava. Eu sou lento em cólera. Eu, Deus, sou cheio de amor.

 


(10) No dia anterior a esta mensagem, tinha confessado a Deus que amava o meu Anjo Daniel, e que, com ele, me sentia consolada e em paz; mas Deus pediu-me que deixasse agora Daniel para estar com Ele, porque Ele Próprio me desejava ensinar. E eu tinha ficado muito triste com o pensamento de que não mais falaria a Dan.
(11) O Meu Anjo deu lugar a Jesus e foi Jesus que respondeu.
(12) Jesus queria que eu sentisse a Sua Presença.
(13) As pessoas que, como eu, tinha esquecido Deus.
(14) Foi cheio de pena que Deus disse estas palavras, porque Deus criou o homemà Sua Própria imagem e agora esta imagem foi destruída pelo próprio homem.
(15) Tinha dificuldade em admitir que era mesmo o Altíssimo que me falava de uma forma tão simples: o meu espírito vacilava.
(16) Cf. Ex 3,15: "Javé, o Deus de nossos pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaac, o Deus de Jacob...".

 
As Mensagens
Listagem Cronológica
Listagem Alfabética
Pesquisa nas Mensagens
Mensagem Aleatória
Meu Anjo Daniel
Manuscrito Original das Mensagens
Livro Online

Listagem Cronológica
Uma Lista Completa das Mensagens em Ordem Cronológica
 

Listagem Alfabética
Uma Lista Completa das Mensagens em Ordem Alfabética
 

Pesquisa nas Mensagens
Pesquise no texto das Mensagens
 

Mensagem Aleatória
Selecione uma Mensagem Aleatóriamente
 

Meu Anjo Daniel
O amanhecer das mensagens. Vassula conversa com seu anjo da guarda Daniel
 

Manuscrito Original das Mensagens
O Manuscrito original das Mensagens online
 

Livro Online
As Mensagens agora estão disponíveis para leitura como um livro online
 

 
 
MENSAGEM DO DIA:

Tu Glorificas-Me Com O Teu "sim"
 
MENSAGEM ANTERIOR:

Eu Sou O Autor Deste Livro
 
 
 



Pesquisa Rápida

© Vassula Rydén 1986 Todos Direitos Reservados
X
Enter search words below and click the 'Search' button. Words must be separated by a space only.
 

EXAMPLE: "Jesus Christ" AND saviour
 
 
OR, enter date to go directly to a Message