INÍCIOÍNDICEPESQUISA
A MINHA CASA NO OCIDENTE ESTÁ A SER SAQUEADA
O ORIENTE E O OCIDENTE SERÃO UM SÓ REINO

24 de Outubro de 1994


Vassula do Meu Sagrado Coração 1 , gostarias mais que Eu te chamasse "Vassula do Pantocrator"? Tu estás consagrada ao Meu Nome. Eu sou Um 2 e O Mesmo, mas os homens dividiram-Me em partes. Aquele que semeia a divisão colhe destruição. O que semeia o preconceito colhe loucura. Não ouviste dizer que o louco cruza os braços e destrói a sua própria carne? Toda a carne que os cobria desapareceu, como também a sua respiração; nada ficou deles, a não ser ossos ressequidos.

Os Meus Nomes são Santos
3 , mas os homens trataram-Me com um ar de superioridade e expulsaram-Me da Minha própria Casa, da Minha própria Cidade e, agora, do Meu próprio Santuário 4 : estão a oprimir-Me e a carregar-Me pesadamente. Inchados de orgulho, sentem-se contentes por viverem numa terra deserta. Mas Eu estou decidido, nestes dias que se aproximam, a revelar a Santidade do Meu Nome Grandioso, que é profanado, por causa da vossa divisão.

Eu digo-te, filha: Vês
5 como os do teu Povo estão a viver despreocupados e numa terrível apatia, quando se trata de trabalhar pela União? Eu não permitirei mais isto. Vou estender a Minha Mão, mesmo até às partes mais remotas da tua Nação e derrubarei esses vendilhões 6 que impedem o Meu Povo de se unir. Eu elevei-te para seres um sinal de União, um sinal da Minha Misericórdia, um sinal do Meu Poder; mas as paixões do seu ostensivo orgulho fizeram-nos cegos. Hoje, Eu posso dizer: "Deixai que os seus ossos se consumam e ficarei vingado". Eu Mesmo posso enviuvar a tua Nação; mas, na Minha Misericórdia, e por força do Meu Amor, Eu erguerei do Leste pelo menos um que dirá ao seu irmão 7 : "Vem e caminha na minha terra, vem e come à minha mesa, vem e bebe comigo; os meus odres estão a transbordar de vinho novo; vamos, juntos, apascentar os nossos cordeiros e fazer um Éden, das nossas pastagens. "Nosso Deus! Vede o que as nossas mãos fizeram do Vosso Santuário!".

A Minha Casa, no Ocidente, está a ser saqueada. Eu pedi-lhes que se unissem sob a direcção de Pedro
8 , mas eles não compreenderam e estão a fazer justamente o contrário. Muitos, dos de dentro daquela Casa, estão a dizer: "Porque é que nós temos de ter um guia 9 , e especialmente este guia?". Eu avisei-vos de que cardeais se revoltariam contra cardeais, bispos contra bispos e sacerdotes contra sacerdotes. Eu Próprio escolhi Pedro, para alimentar e guardar os Meus cordeiros; mas o espírito de Rebelião, agora bem próspero, atingiu o máximo de rebelião. Esta era a grande tribulação de que Eu Mesmo vos tinha avisado 10 .

A Minha Casa, no Ocidente, está a ser saqueada; mas o vento do Leste erguer-se-á e, juntamente com o Meu Sopro, destruirá o saqueador. Muitos membros da tua Nação contestam o Meu apelo à União e habituaram os seus passos a caminhar à sua maneira. A si mesmos se chamam ricos; mas, afinal, onde estão as suas riquezas? Como é que vos tornastes vinha degenerada? Podereis dizer que não pecastes? Acaso existe algum lugar, onde não tivésseis pecado? Tu, o amigo dos Meus Santos, o filho da Minha própria Mãe! Porquê? Por que razão te tornaste tão obstinado? Que significam, para Mim, as tuas infindáveis cerimónias, quando a verdade é que tu Me louvas apenas com os lábios? Sim, tu conservaste as Minhas Tradições e esta é a razão pela qual a Minha Espada não virá sobre ti; mas, apesar disso, tu pões de lado os Meus dois maiores Mandamentos e não os segues. Por que razão separas tu a Tradição dos Mandamentos?
11 Mesmo que te cubras a ti próprio com mirra e incenso, Eu, ainda assim, detectarei a mancha da tua culpa. Abre a tua boca, agora, e deixa-Me alimentar-te, para que possas comer avidamente a Vida. Não digas: "Nós iremos pelo nosso próprio caminho". Volta a Mim e reconhece a tua culpa!

E tu, filha, grita em alta voz a Minha Mensagem e profetiza; diz: Eu conheço tudo sobre a Minha Casa da margem ocidental, junto ao Rio da Vida e sei também quem, nesta Casa, Me permanece fiel. Filha, o que é que tu vês fora desta Casa?

- Eu vejo um leão, rondando essa casa, ansioso por entrar na Vossa Casa, por uma janela lateral.

Sim, o leão deixou o seu covil. Filha, um espírito destruidor está pairando. Anjo após Anjo seguem para avisar-vos a todos e dizer-vos que a Minha Cidade, na margem ocidental, será violentada pelo saqueador (e com que violência!...)
, para se opor, para contradizer a Minha Lei, as Minhas Tradições e a Minha Divindade. O País inteiro tornar-se-á um horror. Os vossos Santos, os Meus Mensageiros e os Meus Profetas serão impedidos de continuar o seu trabalho... e, sobre vós, cairá uma profunda escuridão, enquanto o inimigo, que é um erudito, estiver a banir o Meu Sacrifício Perpétuo, pensando que os seus actos continuam a ser despercebidos, com os seus secretos pecados.

A Minha Mão cairá sobre ele repentinamente, destruindo-o por completo. Essa noite foi profetizada nas Sagradas Escrituras; mas ele, juntamente com outros, pôs o seu juramento na boca da Besta, com entusiasmo, honrando unicamente a Besta, por lhes ter dado o seu poder. Ai dos adoradores da Besta! Eles hão-de gemer e lamentar-se.

- Eu não vejo nenhuma cidade, e a terra é arenosa e plana como num deserto; mas vejo também um rebento verde, brotando desse deserto.

- Escuta e escreve: "A Glória brilhará da margem do Leste. É por isso que Eu digo à Casa do Ocidente: Virai os vossos olhos para o Leste. Não choreis amargamente sobre a apostasia e a destruição da vossa casa. Não entreis em pânico, porque amanhã comereis e bebereis, juntos, com o Meu rebento da margem Leste: o Meu Espírito unir-vos- á. Não ouvistes que o Oriente
(Leste) e o Ocidente serão um só Reino? Não ouvistes que Eu Mesmo lhes estabeleci uma data?" 12 .

Vou estender a Minha Mão e gravar num bastão as palavras: margem ocidental, casa de Pedro e de todos aqueles que lhe são fiéis. Depois, num outro bastão, gravarei: margem oriental (Leste)
, casa de Paulo e de todos os que lhe são fiéis; e, quando os membros das duas casas disserem: "Senhor, dizei-nos o que desejais, agora", Eu Próprio lhes direi: Tomarei o bastão em que gravei o nome de Paulo, juntamente com todos os que lhe são fiéis e colocarei o bastão de Pedro, com todos os que lhe são fiéis e uni-los-ei. Dos dois, Eu Mesmo farei um só bastão e segurá-los-ei num só. Eu juntá-los-ei com o Meu Novo Nome. Esta será a ponte entre o Ocidente e o Leste. O Meu Nome Santo unirá a ponte. Então, vós mesmos fareis permuta daquilo que possuís, através desta ponte. Eles não mais agirão sós, mas juntos; e Eu reinarei sobre todos eles.

Aquilo que Eu planejei acontecerá e os homens, filha, dir-te-ão que estes sinais não vêm de Mim; diz-lhes: "Não tenhais medo. Não ouvistes dizer que Ele é o Santuário e também a pedra de escândalo
(a pedra angular)? O Rochedo que pode deitar abaixo as duas Casas, mas volta a erguê-las como uma só Casa?". É isto que tu lhes dirás, filha. Eu, Deus, estou contigo. Eu inundarei, com o Meu Espírito, muitos mais corações. Vem, Eu amo-te. Recebe a Minha Paz.



Eis a minha visão:

Este icon, de 40 cm por 70 cm representa, à esquerda (Ocidente), São Pedro e, à direita (Leste), São Paulo. Juntos, como dois pilares, sustentam a única Igreja que contém a Sagrada Eucaristia, Carne e Sangue de Cristo, o Sumo Sacerdote, que está sentado no trono, por cima deles. Os próprios Pedro e Paulo formam a ponte da profecia. Entre eles, corre o Rio, o Espírito Santo




1 pensei que, chamando-me deste modo, os Ortodoxos continuariam a opor-se a mim, por causa da terminologia católica romana
2 é o mesmo Cristo
3 os diferentes nomes de Cristo, por exemplo: Pantocrator, Divino Coração, Ictus, Alfa e Omega, Emmanuel, etc...
4 não só Cristo é expulso de Sua própria Casa, por causa de uma questão de terminologia, mas, no Ocidente, alguns começaram a abolir o Sacrifício Perpétuo
5 em muitos encontros ecuménicos, os Ortodoxos, convidados, têm estado ausentes
6 neste contexto, "vendilhões" designam os que preferem os seus interesses aos de Cristo
7 o irmão do Ocidente
8 Mensagem de 3 de Junho de 1988
9 referência à Mensagem de 16 de Maio de 1988
10 cf. Mt 24,21 - Referência à Mensagem de 16 de Maio de 1988
11 o que significa que se deve dar tanta atenção a estes dois grandes Mandamentos como à Tradição
12 compreendi que Cristo Se refere a todas as Suas Mensagens sobre a União, que nos convidam todas a unificar as datas da Páscoa. À falta de melhor, isso viria a saciar a Sua Sede de União. Cristo prometeu que, se uníssemos as datas da Páscoa, Ele faria o resto