DHTML Menu By Milonic JavaScript

Português » Testemunhos » A Posição da Igreja » Padre Ion Bria, Professor de Teologia Ortodoxa »

Padre Ion Bria, Professor de Teologia Ortodoxa

Um antigo Diretor da  Unidade  1 – Unidade de Renovação do Conselho Mundial de Igrejas, Genebra, comenta sobre o livro "Fogo do Amor", uma coleção de trechos da "Verdadeira Vida em Deus", que fala do Espírito Santo.

Dentro da comunhão do povo de Deus, o compromisso com Cristo constitui o fundamento e o centro da vida e ministério de todos os crentes, sacerdotes, mestres e bispos. Alguns são chamados a um discipulado no qual sua identidade pessoal e fidelidade a Cristo é de suma importância, ou a um chamado distinto que pode representar uma intensificação de uma íntima familiaridade com o Cristo ressuscitado. Desta íntima proximidade e abundante diálogo, o fiel discípulo está comprometido, sob um voto solene, a repetir esta alegria única. Ele / ela não é enviado para revelar uma nova revelação, mas para recontar e reescrever novamente o que já foi revelado e manifestado; "Caríssimos etc ..." (Epístola de São Judas 3).

Fogo do Amor  é uma história escrita por um lembrete da Advertência. Neste estágio da história e neste lugar e situação específicos, o nome da advertência é Vassula. Sua análise é realista. Enfrentando a atual descrença humana, a desobediência à igreja, a falsa profecia, todos falando "a língua do mundo", não há tempo para complacência e falta de disciplina. Cristo quer uma comunidade disciplinada com fidelidade disciplinada a Deus. Onde há fé, Deus opera através do fraco e do impotente, mas onde não há arrependimento e fé, a fraqueza é  fraqueza. Há uma urgência de tempo, pois os intrusos e "vendilhões" de Cristo estão aumentando a ignorância de Deus, pervertendo e minando a graça de Deus, e rejeitando nosso único Mestre e Senhor, Jesus Cristo (Judas 4). Ao dizer-se: Cristo ressuscitou, vai-se além de denunciar este mundo. A pessoa se torna uma testemunha do novo mundo que não passará. Esta introdução não pretende canonizar o conteúdo e o método das Conversas Espirituais de Vassula, nem julgá-la como uma escritora hábil em vários estilos: doxológica, sentimental, poética, penitencial. Pelo contrário, é para ver como os dois braços de Deus, o Filho e o Espírito, (Santo Irineu, aproximadamente 130-2), tomam uma discípula e fazem obras poderosas através dela.

Jesus Cristo nos ensinou a Palavra de Deus, sendo Ele mesmo o Logos de Deus vivo. Quando os judeus censuraram Jesus por não ter sido ensinado, respondeu-lhes  Ele: "Minha doutrina não é minha, mas daquele que me enviou. Se alguém quer cumprir sua vontade, reconhecerá se minha doutrina é de Deus ou se falo por mim mesmo." (João 7-16,17). Jesus insistiu no conteúdo do amor: "Se alguém me ama, guardará minha palavra e meu Pai o amará e a ele viremos ... Quem não me ama não guarda minhas palavras, e minha palavra não é minha, mas do Pai que me enviou." (João 14, 23-24). E a Boa Nova tem uma certa objetividade. Ele se refere a "Meus mandamentos", ao que está escrito no Livro dos Salmos (Lucas 20,42), na Lei de Moisés, nos Profetas (Lucas 24,44). Jesus não permaneceu no deserto, mas explicou as passagens das Escrituras no Templo e nos encontros na estrada (Lucas 24,27-32). É precisamente por Seu ensinamento que Ele criou um círculo de discípulos: "Porque as ensinava com autoridade e não como os escribas." (Mt 7,29). Toda a Sua vida e ministério estão em "conformidade" com a oikonomia do Deus da Salvação. Ele se consumia pelos assuntos do Pai, (Lucas 2,49). Ele percorreu a Terra Santa, mas finalmente voltou para Jerusalém, onde Sua Crucificação se tornou Sua glorificação.

O Cristo ressuscitado está agora ativo no Espírito, como fica claro no dia de Pentecostes. Ele precisa do Espírito para se comunicar conosco, portanto Ele nos ordena: "Não extingais o Espírito". O Espírito é a Verdade, que "vos ensinará tudo o vos recordará tudo o que vos disse." (João 14,26). O Espírito é o seu testemunho, "outra testemunha" (João 5,6), "pois não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará as coisas futuras." (João 16,13). Mas o Espírito é liberdade, como o vento soprando onde quer.  Onde há falsos mestres e ensinamentos, o Espírito repete estritamente o que Jesus disse.  Onde há discípulos fiéis, o Espírito revela as jóias ocultas da sabedoria de Deus. O Espírito completará em nós o perfeito amor de Cristo ressuscitado. "Não digas que tudo o que tenho a dizer-te foi dito; por que me limitar como a si mesmo?". Jesus dá dons, habilidades, ministérios, através do Espírito Santo. O Espírito Santo, que está presente em todos os lugares e preenche todas as coisas, sai para alcançar o mundo inteiro.

"Vós sereis também minhas testemunhas.". Aqui está o papel dos lembretes da Advertência e testemunhas da Testemunha, que não são selecionadas e nomeadas para um cargo, mas abençoadas e ungidas para testemunhar que Cristo ressuscitou! "Estou livre para lhes enviar novos portentos e novas maravilhas". Sua qualidade é amor e lealdade perfeitos, e quando é necessário, Jesus Cristo pede que reescrevam Sua mensagem. Que lição sobre o caráter "schola" do cristianismo! O Evangelho não é imposto por decreto imperial, decreto de um magistério, decisões de um conselho, por opressão intelectual ou conformismo cultural. O cristão é um escolástico absorvido em um colóquio de mestre-discípulo e comunicações mútuas gratuitas. Poderia ser transformado em conversão, renovação da mente e do coração. Os escolásticos dirão: "Prometo permanecer fiel a Ti; este é o meu voto solene; ajuda-me a guardar este voto para todo o sempre". O discípulo do Mestre continua sendo um aluno, um estudante.

O Fogo do Amor profere uma palavra pesada e alerta para o cristianismo ecumênico. O símbolo de "três barras de ferro" é verdadeiro e corresponde à "rigidez" de igrejas petrificadas no sono e letargia da divisão. Isso também é uma questão de compromisso com Cristo. Em Sua Mensagem, Cristo pede algumas "reparações" urgentes, pelo menos celebrar a Páscoa em uma data comum. Somente o fogo do Espírito pode derreter e dobrar as barras imóveis. Se não, Jesus rejeitará os cristãos como "madeira podre". Numa época em que tantos grupos sectários e fundamentalistas retêm toda a nossa atenção e não deixam tempo para a lembrança de Deus, os cristãos não podem ficar completamente surdos à persuasão e ao conselho de Vassula em relação a novos sinais de unidade, aqui e agora. Há algo de universal nesta mensagem, lembrando que "pois todos vós sois um só em Cristo Jesus." (Gal 3,28).

A tradição não especifica limites ao material e ao meio a serem usados na comunicação da mensagem do Evangelho, exigindo apenas que seja apropriado. A prática histórica mantém um número restrito de ministérios de ensino: pastores, padres, professores, teólogos e bispos. Poderíamos interpretar a Tradição como estando preocupada com outros tipos de comunicação, por exemplo lembretes carismáticos excepcionais? Proporciona base suficiente para uma visão tão abrangente quanto possível daqueles que são portadores de uma visão de Cristo, comunicando-se através de palavras escritas, recebidas de cima? A Igreja então tem que reconhecer os dons dos fiéis, desenvolvê-los e integrá-los na vida de todo o Corpo. Discernindo-os, restringindo alguns e encorajando outros.

O autor do Fogo do Amor possui um testemunho visível de sua experiência através de suas mãos. A tarefa da voz e da mão da Advertência não é mecânica. Ela tem que lidar com sua humanidade, forças, fracassos e fraquezas. Ela precisa vir diante de Deus em penitência e oração. Ela precisa ser sustentada pela comunhão dos crentes e santos. Sua teimosia em dizer "Cristo Ressuscitou" como uma oração incessante pode irritar muitos. Ela está sob o escrutínio daqueles que estão questionando a objetividade e a história de suas aparições, revelação e previsões. Sua força apontando para além de si mesma, para Cristo. Ela deve estar ciente de que assume um grande risco, porque sua autoridade é uma autoridade de súdita, ela mesma sob o julgamento e correção de Deus. O Cristo ressuscitado, como a viúva, continua incomodando-a (Lucas 18,5). Sua disponibilidade, sendo tardia, já é uma graça, permitindo ao Senhor transformá-la e usá-la: "A esse repeito três vezes pedi ao Senhor que o afastasse de mim. Respondeu-me, porem: 'Basta-te a minha graça, pois é na fraqueza que a força manifesta todo o seu poder'. Por conseguinte, com todo o ânimo prefiro gloriar-me das minhas fraquezas, nos opróbrios, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias, por causa de Cristo. Pois quando sou fraco, então é que sou forte. "(2 Cor 12,8-10).

 

 
Testemunhos
A Posição da Igreja
    Modificações pela CDF (2005)
    O Patriarca de Alexandria e Toda a África, Theodoros II
    Cardeal Franjo Kuharic
    Cardeal Napier, Arquidiocese de Durban, África do Sul
    Cardeal Sfeir
    Cardeal Telesphore P. Toppo, Arcebispo de Ranchi
    Arcebispo Vincent Concessao, Arcebispo de Nova Deli
    Arcebispo Frane Franic
    Arcebispo David Sahagian
    Arcebispo Serafim
    Bishop Joäo Terra
    Bispo Anil Joseph Thomas Couto
    Arcebispo da Igreja Ortodoxa Autocéfala Ucraniana na América do Sul
    O reverendíssimo Riah Abu El-Assal, Bispo Anglicano em Jerusalém
    Bispo Karl Sigurbjörnsson
    Boas Vindas do Bispo Theofylaktos
    Bispo Georges Kahhale
    O reverendo Gavin Ashenden
    Padre Ion Bria, Professor de Teologia Ortodoxa
    Popa João Paulo II
    Mais sobre a CDF
    Bibliografia Internacional
    Encontros com Vassula ao redor do Mundo
    Caridosos ‘Atos de Amor’
    Ecumenismo & Espiritualidade
    O Enigma Vassula
Clérigos Cristãos, Religiosos, Teólogos e Estudiosos
Outras Religiões
Testemunhos Leigos
Testemunhos de Prisioneiros

A Posição da Igreja
Informação a respeito da Igreja e da e a espiritualidade de A Verdadeira Vida em Deus
 

Clérigos Cristãos, Religiosos, Teólogos e Estudiosos
Testemunhos por Ortodoxos, Católicos Romanos e clérigos Protestantes, religiosos, teólogos e estudiosos
 

Outras Religiões
Testemunhos de religiões não Cristãs
 

Testemunhos Leigos
Uma coleção de pequenos testemunhos de pessoas leigas ao redor do mundo
 

Testemunhos de Prisioneiros
Uma coleção de testemunhos de prisioneiros ao redor do mundo
 

 
 
MENSAGEM DO DIA:

Minha Filha, A Tua Mãe Toma Cuidado De Ti
 
MENSAGEM ANTERIOR:

Eu Virei A Vós Inesperadamente, Numa Coluna De Fogo Ardente!
 
 
 



Pesquisa Rápida

© Vassula Rydén 1986 Todos Direitos Reservados
X
Enter search words below and click the 'Search' button. Words must be separated by a space only.
 

EXAMPLE: "Jesus Christ" AND saviour
 
 
OR, enter date to go directly to a Message