DHTML Menu By Milonic JavaScript

Português » Espiritualidade » Discursos » Vassula em Le Mans, França, 1999 »

Vassula em Le Mans, França, 1999

No sábado 16 de outubro de 1999, Vassula esteve em Le Mans, França. Esta data foi providencial: era ao mesmo tempo a celebração litúrgica de Santa Margaret Mary Alacoque, ou Margarida Maria Alacoque (nascida em Vesosvres, em 1647; falecida em Paray-le-Monial em 1690) e o aniversário da eleição pontifícia do Papa João Paulo II. Por conseguinte, naquele dia, o Sagrado Coração de Jesus estava, de algum modo, unindo Suas mensageiras: Santa Margarida (Margaret) Maria e Vassula.

Em torno de 14h30, o Palácio dos Congressos já estava cheio, com 1400 pessoas vindas de toda a França e mesmo de países mais distantes como o Benin, Togo, Índias Ocidentais, Madagascar, Vietnam e Ilha da Reunião. Após calorosas boas vindas, Andre Roueil apresentou o Padre Theophilus, que começou dando as boas vindas às pessoas de Madagascar na Malásia, depois falou-nos sobre o carisma presente da profecia. Vassula então deu a seguinte palestra:

Esta tarde escolhi mensagens a respeito do Sagrado Coração, uma vez que hoje falarei sobre o Sagrado Coração. Escolhi o que é o coração do Sagrado Coração, por isso mensagens que nos contam como é o Coração de Deus. Como os leitores de A Verdadeira Vida em Deus sabem, essas mensagens cobrem muitos assuntos; não é só a introdução ou apresentação do Sagrado Coração.

Há outras mensagens - poderia dizer páginas inteiras - que nos apresentam o Espírito Santo, a terceira Pessoa divina da Santíssima Trindade. Isto porque não conhecemos bem o Espírito Santo; nós o conhecemos muito pouco. Por isso, Jesus ensina-nos; de fato, o próprio Espírito Santo fala. Há pessoas (fiéis aos ensinamentos da Igreja e que vão à Igreja regularmente) que algumas vezes me dizem: " Mas o Espírito Santo, Ele é uma pessoa, um símbolo ou uma pomba? O que Ele é?"

Nosso Senhor nos conhece e atualmente estamos vivendo nesta apostasia (e não devemos ficar surpresos se houver algumas reações negativas); e como Jesus diz em muitas mensagens: "Ecclesia reviverá". Ecclesia é uma palavra grega que significa Igreja. Isto dá muita esperança porque Ecclesia - a Igreja - viverá. Bem no início, Nosso Senhor me perguntava coisas que eram como montanhas diante de mim porque- para os que não me conhecem - Eu não ia a Igreja, nunca fui ao catecismo ou escola dominical, eu não sabia nada. Todos os ensinamentos de A Verdadeira Vida em Deus me foram dados interiormente, pela Voz de Deus, algumas vezes em locuções ou, algum tempo mais tarde, eu recebia como luzes projetadas no meu intelecto: O que Deus pensava, o que Ele queria que eu escrevesse, sem nenhuma palavra falada, mas eu entendia o que Ele queria dizer e escrevia.

Mas eu gostaria de contar antes, o que aconteceu recentemente durante minhas viagens. Dois meses atrás, fui convidada ao Japão. Não foi a primeira vez que eu fui ao Japão, foi a terceira vez. Mas o que foi surpreendente e diferente dos convites prévios é que este em particular veio de Hiroshima - onde a bomba atômica explodiu - e veio de monges Budistas, que queriam ouvir o testemunho de um Cristão. Eles queriam saber mais sobre Jesus e Maria. Fiquei surpresa por este convite, mas pensei que eles queriam saber mais sobre Paz, A Unidade de Deus, que agora nos chama. Fui a Hiroshima e havia alguns Católicos, até um Bispo, e três monges Budistas, entre eles o superior, chamado "bonze", que me deu as boas-vindas e também alguns Budistas leigos. Eu não sabia que Monges Budistas Japoneses têm permissão de se casar; disseram-me que suas esposas leem A Verdadeira Vida em Deus. No hotel, no meu quarto, abri um pequeno caderno de A Verdadeira Vida em Deus e deparei-me com estas palavras:

Mesmo os estrangeiros, até mesmo esses, escutaram Minha Voz e compreenderam Minhas Palavras (20 de Setembro de 1989)

Quando lemos A Verdadeira Vida em Deus, Nosso Senhor nos dá muitas profecias, quer dizer, Nosso Senhor diz coisas que não entendemos imediatamente, e depois, quando lemos outra vez - com tudo o que ocorreu durante aproximadamente 14 anos, - vê-se que tudo o que Ele disse se cumpriu. Ele me fez entender que mesmo pessoas que nunca souberam quem é Cristo, que não são cristãs, devem desejar, no nosso tempo, ouvir Sua palavra. E quem está trabalhando aí? É o Espírito Santo. O Espírito Santo está trabalhando agora e falamos de um novo Pentecostes, de um segundo Pentecostes.

Não se pode esperar pelo dia deste Novo Pentecostes, porque ele já começou. Deus fala muito alto e com símbolos muito fortes. Mesmo nas Sagradas Escrituras, quando você vê expressões como "as estrelas cairão sobre a terra" etc... aquelas são expressões de Deus. Eu me dei conta de que as expressões de Deus não se realizam de um modo material; isto significa que a profecia pode acontecer na sua frente, sem que você perceba, porque o que está acontecendo é quase natural. Por exemplo, Nosso Senhor fala deste Segundo Pentecostes e da nova era que virá e que será repleta do Espírito Santo e que haverá o fogo purificador. Eu quase não entendia como tudo isto iria se produzir. Será um dia de Segundo Pentecostes, quando todo mundo falará e cantará simultaneamente em línguas e profetizará? De fato, o que é aquele Segundo Pentecostes pelo qual o Papa João XXIII rezou tanto, para renovar a Igreja?

Finalmente, apenas quando Deus o desejou, foi durante um testemunho que eu dava em Francês na frente de uma câmara de TV que, subitamente, fui inspirada a entender o que é o Segundo Pentecostes. Quando a inspiração vem de Deus, quero saltar de alegria, desde que isto é tão extraordinário. Eu sinto esta alegria: é isto. Não sou eu quem o descubro, é Deus quem o revela. Então compreendi que o Segundo Pentecostes começou há alguns anos. O segundo Pentecostes é individual. Tome, como exemplo, alguém morto espiritualmente por vários anos; você pensa que é sem esperanças, que ele nunca vai encontrar Deus e que não está interessado em espiritualidade absolutamente; subitamente o que acontece? É o Espírito Santo: ele ouve uma palavra ou lê uma sentença; é o Espírito Santo que o eleva e o ressuscita espiritualmente.

Como vemos a diferença entre uma pessoa que observa sua religião, que sempre praticou sua religião e lhe foi fiel e a mesma pessoa, quando foi renovada pelo Espírito Santo? Aqueles que foram renovados agora pelo Espírito Santo estão repletos do fogo ardente do Espírito Santo. Eles tornam-se testemunhas e estão repletos de zelo por Deus. Eles realmente apenas testemunham e põem Deus antes de qualquer outra coisa. São como pessoas novas e este Fogo está sempre presente, ou seja, Ele está neles, ardente, e eles são testemunhas e se tornam apóstolos dos últimos tempos. Como eu viajo muito, vejo este fervor em todo lugar. Quando alguém encontra Deus, este é o Novo Pentecostes, é o Segundo Pentecostes individual, no interior de cada um.

E isto se multiplica, e alcança agora mesmo os Budistas. Em Bangladesh onde estive recentemente, havia 5000 pessoas no encontro, mais da metade deles, Muçulmanos. Eles escutam esta Mensagem divina, um chamado ao Amor, um chamado à Unidade, um chamado à Reconciliação. Este é o chamado mais forte em A Verdadeira Vida em Deus: Reconciliação. Sem reconciliação, não há unidade e isto mostra falta de amor. Mas como Deus é todo misericordioso, Ele nos diz através das Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus, como dar o primeiro passo, como alcançar reconciliação. É através do arrependimento porque, quando alguém se arrepende, o fruto do arrependimento é amor e então, com amor, pode-se fazer tudo e ficar reconciliado; e cada um sabe muito bem que enquanto permanecemos divididos, isto não está de acordo com o pensamento de Deus, é contrário ao pensamento de Deus; é o Diabo, o divisor, que nos mantém divididos.

A reação dos Budistas foi extraordinária. Falei da Virgem Abençoada, também das Suas mensagens. Falei de Jesus, de Seu Amor. Falei da Santíssima Trindade. Eu disse tudo, como tinha de fazer e esperei pela reação deles. Então o "bonze" veio em direção a mim e o que ele disse estará no próximo Boletim Informativo de A Verdadeira Vida em Deus. Os Budistas já deram um passo em direção ao Cristianismo, para descobrir a Santíssima Trindade; consequentemente isto foi um triunfo de Jesus no Japão, desta vez, porque se eles já aceitarem as Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus, a espiritualidade trinitária, há muita esperança para o Japão, e cada vez que vou ao Japão encontro pessoas prontas a serem batizadas. Eram pagãos, nem mesmo Budistas, e subitamente tornam-se cristãos. Conversões ao Cristianismo ocorrem constantemente no Japão e isto graças ao Espírito Santo.

Gostaria ainda de dizer uma palavra sobre os passos a seguir em A Verdadeira Vida em Deus. Ela é um chamado à reconciliação, à unidade, nas famílias, nações e também dentro da Igreja, a Unidade à qual Cristo nos chama: unir Sua Igreja. Mas A Verdadeira Vida em Deus também nos ensina sobre o Espírito Santo e também é uma revelação do Coração de Maria, ou seja, quem é Maria, o que é o Coração de Maria...isto constitui todo um ensinamento sobre Maria. Em A Verdadeira Vida em Deus também há mensagens graves e até tristes a respeito da condição na qual a Igreja se encontra atualmente. Mas quando Deus fala- precisa-se saber sempre- quando Deus fala, Ele diz o que Ele encontra de errado conosco (porque podemos dizer que ninguém é realmente perfeito) mas como Ele é Pai, Ele di-lo e com amor e quando Deus fala, sempre termina com uma nota de esperança. Deus eleva a alma, Ele nunca esmaga a alma e é assim que reconhecemos Deus, Seu Amor, Seu Esplêndido Amor. Se Ele intervém, não é no meu interesse pessoal, mas no interesse da Igreja, de todo o mundo. Nós somos Igreja e é para o benefício da Igreja que Deus fala.

Eu gostaria agora de rezar uma oração antes de dar a vocês algumas passagens do Chamado Divino que eu chamo de Chamado Nupcial, porque o Coração de Deus é a Camara Nupcial que todos nós devemos alcançar e adentrar.

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Em Vossa grande condescendência
Vós tendes, ó Amante de toda a humanidade,
cantado para nos alegrar;
como um esposo
que prepara um banquete para sua esposa,
preparastes para todos nós
um banquete real,
a fim de que possamos todos nós festejar
na liberalidade de Vossa casa;
Vós nos destes de beber
do Vosso rio de prazer;
sim, pois Convosco, meu Senhor,
se encontra a Fonte da Vida;
em Vossa Luz, nós vemos a Luz.
Como a corça anseia por águas correntes,
assim minha alma anseia por Vós,
ó meu Deus,
Minha alma tem sede de Deus,
do Deus da Vida, do Deus da Esperança,
do Deus da Consolação;
deixai nossa alma gozar de Vossa doçura;
educando-nos ao Vos dirigirdes a nós,
do modo o mais encantador

Amém

 

(22 de junho de 1998)

Quando estive no Japão, em Tóquio, Na Universidade de Sofia, havia um professor, um Jesuíta, Padre Valera. Ele é um teólogo de alto nível e algumas vezes, quando ele fala, eu não entendo coisa alguma. É uma linguagem que me ultrapassa, talvez um pouco técnica, que torna difícil para que eu entenda e peço a ele que explique para mim da maneira mais simples, o que ele quer dizer, então ele me repete o que tinha dito. Ele me disse uma vez que tinha descoberto uma coisa extraordinária em A Verdadeira em Deus. Perguntei-lhe o que era. Ele respondeu "A Lectura Divina que perdemos". Eu então perguntei-lhe: "O que é Lectura Divina?" Ele me respondeu que houve um tempo em que a Igreja Católica aprendia a interpretar a Bíblia não através da leitura de uma passagem e interpretação daquilo que havia sido lido, mas tomando passagens diferentes e comparando-as para chegar a uma explicação.

E se você lê A Verdadeira Vida em Deus, Jesus nos ensina, por exemplo, sobre a apostasia. As pessoas perguntam-me como eu recebo as mensagens. Jesus quer que eu sempre tenha uma Bíblia comigo, porque Ele me dá passagens para explicar e, algumas vezes copiar em A Verdadeira Vida em Deus, à medida que Ele me explica estas passagens. Depois tudo acontece tão rapidamente; por exemplo, Ele não diz: "abra a Bíblia no capítulo 28,1 de Ezequiel" Não. Ele não desperdiça Seu tempo desta maneira. Ele diz: " Abra a Bíblia". Logo, com confiança total, cega, abro a Bíblia ao acaso e Ele diz: "escreva." Então a Bíblia se abre exatamente onde deveria abrir. Ele é rápido assim e eu escrevo. Ele me diz: "pare, agora; agora sou eu quem vai ditar" e Ele dita. Logo, subitamente, Ele diz: "Pare; abra a Bíblia". Eu Abro a Bíblia aleatoriamente e Ele diz: "Escreva". E tudo se passa numa velocidade extraordinária.

Ele não me diz: "abra a Bíblia, Eu vou explicar para você." Por exemplo, na apostasia, Ele me diz: "Abra". Eu abro e encontro o livro de Daniel; escrevo esta passagem. Ele me diz: "Abra a Bíblia outra vez." Eu caio em Ezequiel 28, que também revela a apostasia, o rebelde, o espírito de rebelião. "Abra a Bíblia novamente". Eu abro a Bíblia em 2 Tessalonicenses 2, onde São Paulo também fala de apostasia, do rebelde e do espírito de rebelião. E uma vez mais: "Abra a Bíblia". Eu abro A Bíblia e caio no Apocalipse, etc.

Assim é como acontece em A Verdadeira Vida em Deus. Se você observa as passagens bíblicas, aprende que aconteceu exatamente como eu acabei de descrever. Ele me disse: Abra, é isto. Então, tudo isto posto junto, há um significado." Padre Valera me ensinou que isto é chamado "Lectura Divina".

E também, por exemplo, para as Duas Testemunhas, os dois Corações que testemunham. Os Dois Corações, eles são Jesus e Maria, os Dois Corações que irão triunfar no Fim dos Tempos; eles irão triunfar porque Jesus triunfará. Algumas vezes as pessoas perguntam: "mas quando, quando?" Quando observamos tudo o que está acontecendo, dizemos: " mas Jesus, é o seu tempo agora? Porque Você estava dizendo que era o meu tempo; meu tempo é curto mas o Seu são mil anos. Mas o seu tempo deve estar começando." O triunfo está próximo. A luta é grande porque Satanás não desiste e ele está sempre querendo enganar as pessoas. Ele quer sempre mantê-los divididos."

Mas a respeito dos Dois Corações: Um dia Nosso Senhor me disse: "Abra a Bíblia". Eu caí em Apocalipse 11, As Duas Testemunhas. Era Véspera de Natal e Ele me disse: "este é um presente de Natal para você". Ele nos conta como acontece. Ele descreve aquela passagem: as duas testemunhas são os Dois Corações de Jesus e Maria, porque hoje, Eles profetizam. Maria aparece por toda parte e Jesus também. Isto é um testemunho e Eles usam instrumentos para transmitir a Palavra Deles; seu testemunho é muito atacado, e isto todo mundo sabe. Eles são atacados porque o mundo tornou-se tão racionalista que não crê mais no divino, que não crê mais em milagres, que não acredita que Deus está vivo, que Ele pode falar.

Quando Jesus explicou Apocalipse 11 para mim, Ele disse: "abra também Zacarias 4,4. Os dois ramos da oliveira, as duas lâmpadas que brilham no escuro, eles também vão juntos, e isto ajuda a entender aquela passagem: Que ninguém diga 'os Dois Corações, isto não está na Bíblia' ". Nós não entendemos mais a Bíblia, então Jesus agora nos mostra que se colocamos uma passagem com a outra, lá é onde Ele já está falando dos Dois Corações.

Nosso Senhor me disse um dia:  Eu desejo que testemunhes Minha Santidade e Minha Divina Doçura, Sê como um livro sonoro, um livro escrito pelo Deus Trino. (25 de Setembro de 1997)

Infelizmente, especialmente na minha Igreja Ortodoxa, perdemos o significado da doçura de Deus. Nós o transformamos num Deus que é apenas um Juiz, rígido e que condena. Mas isto é certamente devido ao coração do homem que ficou assim, e então vê Deus deste modo. Nós perdemos o significado da doçura de Deus. Assim, como Ele me pede para testemunhar Sua Doçura, hoje, eu vou testemunhar a doçura do Coração de Deus.

Então, agora, vamo-nos fechar no Coração de nosso Salvador e buscar compreender o Deus Invisível através da simplicidade e pureza de coração. Vamos procurar entender Seu Amor exuberante na união divina e na intimidade que Sua Majestade se dignou a nos oferecer, rendendo-nos completamente a Ele. Tentemos compreender o que Deus quer dizer quando Ele fala de Sua Doçura. Isto é o que Nosso Deus fala em uma mensagem:

...carne e sangue alimentarão sempre o mal e sentirão prazer em fazer o mal; essas almas não falam de Minha doçura nem de Minha divindade, porque suas mentes não sabem separar Minha Divina doçura dos desejos de sua própria carne e sangue; não, eles não veem que há uma diferença; quando falo, Minha pomba, com Meus Lábios úmidos de graça, de santidade e de doçura, eles não entendem Minhas falas e não imaginam Minha pureza em Minha Magnificência; seus corações são tão duros que se lhes torna impossível imaginar o brilho e a Divindade do Meu Coração; eis porque estes corações são eclipsados pela Minha Luz e, em seu corpo perecível e pensamento, acusam-Me de que Minhas Palavras são excessivas e sentimentais; esses são aqueles de quem Eu digo: eles Me são estranhos e não Me conhecem... (25 de Setembro de 1997)

 

...inscrevei em vosso coração, no coração de todos vós, esta verdade fundamental: o Senhor Deus conhece os que são Seus e por isso permite-lhes chegar perto Dele; esses estão destinados a atingir a perfeição na união divina e íntima Conosco; eles são chamados a ser transfigurados em Nós e a ser Um Conosco; seu antigo eu não mais existirá, mas de um modo inefável que sempre dei aos Meus santos, Eu os deificarei em Nossa união; através de Mim deificarei todos a quem estou unido, e eles não mais falarão com sua própria mente, mas do modo que Eu falarei; suas ações serão Minhas ações... (22 de junho de 1998)

Para alcançar esta perfeição que Deus pede de nós, temos que seguir passos e estes são encontrados em A verdadeira Vida em Deus. O primeiro chamado de Deus Pai não foi: " Vassula, Eu sou Deus Pai; venha, eu quero dar-te mensagens; escreve", então Deus me daria mensagens. Não, não aconteceu desta forma absolutamente; foi feito progressivamente, através de muitos passos. Deus não queria que eu saísse pelo mundo - Ele não me enviou pelo mundo - para proclamar Sua Palavra, a menos que eu O amasse da maneira que Ele gostaria que nós O amássemos: não se pode servir a Deus e glorificá-Lo se não se ama a Deus. Devemos amá-Lo, devemos saber como amá-Lo.

Ele falou comigo verdadeiramente ternamente, como um pai, e me disse: "Ama-me; mas para amar-Me, você deve chegar mais perto; você não deve ficar tão longe; Eu quero que você fique íntima Comigo." Mas não ousei, embora com meu anjo da guarda, tenha ousado. Costumava falar-lhe de uma maneira simples, como a um amigo, era íntima com meu anjo da guarda. Mas quando Deus falou, eu estava como um estudante quando o diretor entra na classe, que fica quieto na sua cadeira, todo esticado e duro. Eu não entendia esta intimidade que Deus solicitava. Isto é válido para você também, não é apenas para mim. Ele quer que relaxemos com Ele, tenhamos um coração simples, puro, sem pensamentos maliciosos ou desconfiados. Então Ele disse: "Venha a mim," mas eu não podia. Finalmente, isto foi o que Jesus fez: foi no começo, quando eu estava falando com meu anjo; estava relaxada; meu anjo estava falando comigo e eu costumava responder-lhe; subitamente, eu não sabia que Jesus tinha tomado o lugar do meu anjo sem que eu notasse, e continuei a ser íntima, direta. Então Ele começou a mudar seu tom de voz, seu modo de falar; Ele não falava como o anjo, falava com autoridade. Pode-se sentir que Ele conduz e Ele dizia: "Sou Eu quem dou isto, sou Eu." Eu disse então ao meu anjo: quem é você para dar e dar desta maneira? Este não é seu lugar, este não é você, é Deus quem atua. Ele finalmente o admitiu, Ele disse: "sou Eu, Jesus"; Ele tinha tomado o lugar do anjo. E Ele disse-me: "você viu como você foi íntima Comigo e simples e relaxada; quero que você continue deste modo." Desde aquele dia, comecei a ser mais relaxada e mais direta com Jesus, e Ele quer isto de cada um de nós. Mas então, Ele quer rendição completa.

Estamos prontos para nos decidir por Deus? Se estamos e realmente desejamos mudar interiormente, seremos constantes? Isto é o mais difícil: ser constante na vida espiritual, não cair em tentação, ser sempre constante e sempre colocar Deus primeiro que todas as coisas.

Então Deus progredirá seus interesses. Não se deve pensar que se você der a Deus um pouco mais de tempo, tudo tropeçará na sua vida de família; de modo algum: Ele cuidará disto. Vejo-o todo dia na minha família e posso testemunhar que é mesmo desta forma quando trabalho para Deus - e faço isto de todo o meu coração - para que o mundo inteiro saiba quem é o verdadeiro Deus, um Deus terno, um Deus alegre que nos dá alegria, um Deus maravilhoso; então desejo tornar esta mensagem conhecida pelas pessoas. Enquanto isso, o Senhor cuida da minha família. Como? Ele estimula meus filhos espiritualmente; eles estão agora longe de casa; são adultos.

Você dirá: "Mas o que seu marido diz de todas estas viagens?" Nosso Senhor também tomou isto em Suas mãos: agora, meu marido viaja ainda mais que eu. Estarei fora durante um mês no mês de Novembro - estarei na India pela segunda vez - e vou dar testemunho por toda parte. Vai ser uma viagem dura, mas pode ser feita quando Deus nos dá a força. Pensei: "Vou estar longe de casa por quase um mês; Que meu marido vai dizer?" Embora eu quase nunca tenha ficado fora por um mês inteiro, meu marido me perguntou: " o que você vai fazer em Novembro?" contei a ele que eu iria fazer uma longa viagem e ele me respondeu: " eu também". Quanto tempo? Três semanas também. Ele vai partir dois dias depois de mim. Nós estaremos de volta ao mesmo tempo.

Eu digo muito seriamente que Deus cuida dos seus interesses quando você trabalha pra Deus e se sacrifica por Ele. E se você está pronto para decidir por Deus, você vai realmente adquirir esta alegria única que ninguém pode lhe dar. Vai senti-la no seu coração. Você pensará: " sim, Vassula, para você é fácil, porque você ouve Deus com um carisma especial, mas e nós?" Mas eu sei que você também obtém esta alegria que não tinha antes, e esta alegria pode durar, às vezes, alguns segundos; ela vem e vai. É a presença de Deus que nos lembra, em nossos corações: "Estou aqui," e Ele nos dá esta alegria.

Se queremos progredir espiritualmente e seguir Jesus, que é O Caminho, para nos unirmos a Ele, devemos aprender que quanto mais nos apagamos pelo amor de Deus, mais estaremos unidos a Deus, e maior Seu Trabalho em nós será. Ele pode trabalhar se você Lhe dá liberdade de o fazer; mas se você O bloqueia, é como se você tivesse amarrado Suas Mãos.

O que significa “apagar-nos” ou “morrer para nós mesmos”? A que devemos renunciar? Um desapego completo é necessário; para isto, devemos abrir-nos à graça e morrer imediatamente para o nosso desejo e para as nossas paixões que nos mantém prisioneiros deste mundo. Isto foi o que Deus disse numa mensagem:

Deixa-Me livre para destruir todas as impurezas e imperfeições que se Me opõem.(…)a fim de preparar-te para esta perfeita união, preciso purificar-te e embelezar tua alma. (…)permite ao Meu Espírito crescer em ti e ao Meu Divino Fogo rugir em tua alma; serás fundida sob a ação de Meu Divino Fogo. (…)Cada pequena impureza será cercada por Minha Pureza e será aniquilada, minha Luz continuará a brilhar dentro de ti e Meu Espírito fluirá, como um rio, em tua alma. (20 de Janeiro de 1992)

Aqui Deus fala das impurezas e imperfeições que estão presentes em nós. Essas coisas já são obstáculos à Sabedoria Divina que quer correr em nós como um rio para nos dar felicidade. Mas a alma é geralmente incapaz de receber a Sabedoria Divina. Por isso, quando Deus diz em Sua Mensagem que para nos preparar para uma união perfeita, Ele terá que destruir todas as nossas imperfeições e impurezas; neste único ato, a alma terá que passar pelo fogo e por efeitos terrivelmente dolorosos. É uma purificação. Quando alguém passa por essa purificação, fica transparente.

No começo deste chamado divino, quando aconteceu comigo - e eu não passei por uma purificação, mas por muitas, em tempos diferentes e isto dói terrivelmente - senti minha alma queimar e ser movida; em meu sofrimento, perguntei: “Jesus, o que Você fez comigo! ” E Ele respondeu de um modo calmo e relaxado: “ Eu apenas tomei seu coração…” Isto foi-me dito como se fosse bastante normal.   

Nós temos no nosso interior blocos duros como pedra que barram a entrada do fluxo divino do Espírito Santo. A água do Espírito Santo não cessa seu trabalho divino em nós mas continua a rugir dentro de nós e a bater violentamente contra aquelas pedras que resistem à sua passagem, e quando sentimos esta batalha dentro de nós, isto é a purificação. A alma sente seus efeitos todo poderosos e sabe que está atravessando o fogo. Mas uma vez que as rochas são quebradas e dão passagem, a Amável Sabedoria, isto é, o Espírito Santo, como torrentes de água curadora, começa a fluir em nós, quietamente, inundando-nos com Sua Luz. Nesta passagem, o Espírito Santo explica o significado da palavra "luz":

Eu, em Minha Benevolência, descerei do Céu como um raio dentro de vosso corpo e serei vossa lâmpada; fostes ensinados que a lâmpada de vosso corpo é o vosso olho, e assim é, porque um olho enfermo não tem visão mas apenas escuridão, enquanto que um olho sadio ilumina a vista; Eu sou essa lâmpada e quem Me tiver dentro de si buscará as verdadeiras virtudes e não os vícios; Eu sou a verdadeira lâmpada do vosso corpo, que enche todo o vosso corpo com tesouros e esplendores de Nosso Reino; esses tesouros e esplendores são as virtudes; onde há Luz, há virtude; onde há Escuridão, há vício; não vos enganeis e vos agarreis a este mundo agonizante, mas sede-Me fiéis e vivereis Comigo no amor; amai a virtude. (22 de junho de 1998)

Aqui e em muitas outras passagens, Deus nos exorta a segui-Lo e aperfeiçoar nossa união com as Três Pessoas Divinas, porque aperfeiçoando nossa união com a Santíssima Trindade, nossos pensamentos, ações e nossas palavras estão em harmonia com o Divino Desejo de Deus, uma vez que todas as coisas serão reguladas e ordenadas pelo Amor. Nesta união divina, tudo o que pertence à Trindade pertencerá àqueles que estão unidos a Ela. Quando a alma se doou ao Desejo de Deus, o espírito não contém senão Deus e nossa vida é transformada numa prece incessante, e permanecemos diante de Deus com um espírito puro.

Em outros encontros, falei muito da oração incessante. Direi uma palavra sobre este assunto para as pessoas que não sabem o que é oração incessante. Um dia, Jesus me pediu para orar sem cessar. Eu respondi a Ele: " Não é possível; tenho trabalho em casa, arrumando a casa, ajudando meus filhos com seus deveres de casa; como posso orar sem cessar?" Jesus me deixou falar e me olhou com estupefação. Ele me disse: "Ah Vassula, que pena tenho de você. Você não entendeu. Orar sem cessar não significa que Eu quero você as 24 horas do dia de joelhos." Orar sem cessar é uma oração contemplativa; é uma oração sem palavras porque é o coração que fala. Nenhuma palavra sai da sua boca, é o coração que ama, que anseia por Deus durante todo o dia, que tem sede de Deus durante o dia todo e ao mesmo tempo, esta oração incessante é o maior Mandamento que Deus nos deu; é estarmos juntos, nós dois.

E quando nos damos inteiramente a Deus, não apenas viveremos em Deus, mas também em oração incessante. Nossa vida será uma oração incessante, porque durante todo o dia estaremos pensando em Deus e quando você encontra amigos, falará apenas de Deus. Conheço grupos de pessoas que falam apenas de Deus e, deste modo, já estão vivendo a oração incessante.

Pureza de alma é essencial também para que essa divina união se realize entre o Criador e Sua criatura. Então, devemos passar por essa purificação que machuca; mas vale a pena. Estando ligados a Deus desse modo e vivendo sob a Sua Luz e nEle, entendemos melhor a Vontade de Deus e Deus nunca vai quebrá-lo; Ele nunca pedirá de você mais do que você pode dar ou fazer. Dei uma vez o exemplo de encher um copo: pode existir um copo grande, médio ou pequeno. Para Deus, o essencial é que o copo esteja cheio e não meio cheio. Deus não fez todo mundo igual: um pode dar mais que o outro. Não fique desencorajado, pensando: "esta pessoa dá tanto e eu não posso fazer o mesmo: tenho minha família, minhas crianças e não posso fazer tantas orações." Deve-se ficar calmo e em paz. Faça o que você puder, Jesus fará o resto, desde que você faça sinceramente o que tem de fazer, o que significa o máximo.

Quando entendemos a vontade de Deus, e estamos transparentes após a purificação de nossa alma, estaremos aptos a dizer: "caminhamos com Deus. " Caminhar com Deus é estar neste estado. Durante toda a nossa vida, Deus nunca cessará de nos chamar a partilhar a Beatitude da Santíssima Trindade. Ele convida a cada um de nós a entrar no Conhecimento Verdadeiro e Único de Sua Divindade, a viver uma verdadeira vida em Deus. Se concordarmos, atingiremos um estado muito próximo ao da Beatitude, porque a união, à qual Deus está nos chamando a ter com Ele hoje, parecerá com a união das almas que veem Deus no Céu. Em uma mensagem, Nosso Senhor descreve este estado e é verdade que você será capaz de obter essa graça se você decidir por Deus. Ele diz:

 

...e, embora estejas no meio dos homens, tua mente estará no Céu, e, embora teu corpo esteja movendo-se no meio dos homens, tua alma e tua mente serão como as de um anjo, caminhando pelas Cortes de Nosso Reino, caminhando entre os anjos (...) Eu te ensinarei a viver em Nós, a mover em Nós e a respirar em Nós; Eu te ensinarei que Nós somos Vida e que, em Nós, não deixarás de existir. (25 de Outubro de, 1994)

Muito mais tarde, o Pai disse quase a mesma coisa, mas desenvolveu aquela passagem:

virá um tempo, e a hora já está próxima, em que, apesar de ainda estardes no meio dos homens, vossa mente estará no Céu glorificando Nossa Santidade Trinitária; e, apesar de vosso corpo ainda se mover no meio dos homens, vossa alma e mente, capturados em Minha Vontade, serão preenchidos pela nobreza de Minha Luz, serão como as de um anjo, e vos encontrareis caminhando no Éden, no Paraíso, entre os Meus anjos e Meus santos, porque vossa união Comigo será completa... ah! e Nós apreciaremos ver-Nos em vós; e vós tereis a imagem do Deus nunca visto; Nós olharemos o Céu (um céu espiritual) em vós. (25 de Fevereiro de 1998)

Esta passagem nos lembra das palavras de Cristo, que Ele quer transformar nossa alma num Céu de forma que nossa imagem interior será Sua imagem. Vocês sabem que Deus ama ver e contemplar-Se em nós. Ele se deleita em nós. Para atingir esse ponto, devemos primeiro morrer para nós mesmos e deixar o Espírito Santo trabalhar dentro de nós. Como Jesus mencionou muitas vezes, isso nos lembra também das palavras de Deus Pai, uma transformação acontecerá dentro de nós e nos tornaremos com um Céu, um Éden, um Paraíso para Deus, dentro de nós mesmos. Será - como já mencionei - depois que você tiver recebido o Espírito Santo, o Segundo Pentecostes em você. Nesse Segundo Pentecostes, tudo será transformado em você e Deus quer que, pouco a pouco, todos atinjam esta transformação, que os nossos corações se tornem um paraíso para a Santíssima Trindade.

Depois dessa transformação, a qual, como eu disse, será como um Segundo Pentecostes em você, quem quer que receba esta transfiguração receberá também em si o Novo Céu e a Nova Terra (Ap 21,4). Transformar-se-á na Nova Jerusalém (Ap 21,4), vinda do Céu, de perto de Deus, e será, agora, como a bela noiva toda vestida para seu noivo. Neste estado da alma, o Noivo, que é o nosso Criador, carregará Sua noiva para a câmara nupcial que é o Seu Coração. E Nosso Senhor dirá:

Agora vem entrar em tua Morada permanente, o aposento nupcial de Meu Coração, onde teu Rei espera para Se alegrar em ti, e tu Nele; vem Meu anjo e Minha esposa, estou ansioso para te revestir com Meu Nome, com Minha Presença. (28 de Janeiro de 1997)

Quem for transformado nesse estado, o Senhor convidará imediatamente ao Seu Coração, para viver no seu Coração, que Ele chama de câmara nupcial. Tornar-se-á também um apóstolo; será enviado ao mundo inteiro, isto é, de acordo com sua habilidade, especialmente onde heresia, vício, iniquidade florescem, para que possa praticar seu apostolado. Cheio de zelo e amor pela Casa de Deus, essa alma, que o Amor divino uniu em união inseparável com Deus, atravessará o fogo para ganhar almas para Deus, depois de compreender o valor de cada alma; o zelo pela Casa de Deus devorá-la-á. Ganhar uma alma para nosso Senhor ultrapassa todos os tipos de serviço que podemos prestar a Deus. Uma vez, Deus me falou: " se você ganhar uma única alma e a trouxer de volta para Mim, este é o maior serviço que você pode prestar a Mim, seu Deus; isso ultrapassa todos os outros serviços que você possa prestar a Deus."

Em A Verdadeira Vida em Deus, O Sagrado Coração fala continuamente de Riqueza, e nos convida a todos a partilhar esta Riqueza. De toda a Riqueza divina encerrada no Seu Coração, a maior e mais elevada é a posse do próprio Deus. Como Deus o disse em uma mensagem: "Venha e leve-Me, venha e possua- Me." Aqui está um extrato que descreve Seu Sagrado Coração:

Meu Sagrado Coração é como um canteiro de rosas escolhidas; Meu Sagrado Coração está cheio de benevolência; sim, é como um poço de vida; voltai vossos olhos para Meu Sagrado Coração e Seu brilho encherá vossa noite escura com a plenitude do dia; tomai Meu Sagrado Coração e abraçai-O, e Sua proximidade vos colocará uma coroa de graça santificante em vossa cabeça, que levará vossos pés no caminho da lealdade, até mesmo para aceitar derramar vosso sangue pela Minha honra. (28 de Novembro de 1996)

Quando, em outras passagens, Ele nos lembra de prendê-Lo e possuí-Lo, como Ele explica aqui, essa é a maior Riqueza que ele pode nos oferecer fora do Seu Sagrado Coração. A união divina é total, completa, perfeita.

Vemos aqui o quanto o Sagrado Coração pode nos transfigurar poderosamente para tornar-nos leais e zelosos ao ponto de darmos nosso sangue por Ele. Um dia, Jesus disse:

Abraçar-Me é abraçar Minha Cruz... e agora deixa-Me soprar em ti Minhas Palavras Divinas: disse-te que quando Me abraças, abraças Minha Cruz e, nesse abraço és banhada em Minha Luz; o caminho, e direi outra vez, o único caminho para uma união de Divino Amor Comigo é, voluntariamente, abraçares com amor Minha Cruz que, como sabes, tem seus sofrimentos mas também suas alegrias, que te levam aonde tua alma será exaltada... (11 de Novembro de 1998)

A prova de que alguém está unido e é um Comigo, formado em Mim e enlaçado Comigo, é quando seu coração também está enxertado em Minha Cruz com tudo o que ela contém; quem estiver convencido de que pertence a Mim deve compreender que pertence à Minha Cruz também. (12 de Novembro de 1998)

Este chamado é um chamado ao próprio Jesus, e aceitando Jesus, aceita-se Sua Cruz. Ele me deu um tipo de visão: Ele estava de pé em frente a mim (Ele apareceu de fato interiormente, dentro de mim, numa visão intelectual) e eu O vi em frente a mim, Ele abriu Seus braços e me disse: "venha, venha até Mim, abrace-Me ( isto é, circunde-Me com os seus braços).". Quando eu O segurei, vi que não era mais Ele, tinha tomado em meus braços uma grande cruz. Isto significa que ninguém pode separar Cristo de sua cruz. Nas mensagens, Deus insiste que transformemos nossas vidas numa prece incessante, mas também que nunca desistamos, ou seja, devemos ser constantes; porque há muitas pessoas que retornam a Deus, todo ardentes, todo zelosas e então, pouco a pouco, o mundo começa outra vez. Em vez de darem passos adiante, eles retrocedem. É a oração que nos manterá no mesmo nível e mesmo nos fará crescer. A Santa Mãe nos disse: "Sua arma é a oração." Não há nada mais, somente a oração.

Este chamado não é só um chamado para nos unirmos a Deus. Deus nos pede também outras coisas. Deus nos fala que no fim dos nossos dias seremos julgados pela grandeza do amor que tivemos na terra. E é muito importante viver no Amor de Deus na terra. Em uma mensagem, Deus diz:

serve à causa do direito; levanta o oprimido; não prejudiques ninguém, mas, entre vós, amai-vos e ajudai-vos uns aos outros; não aflijas nem molestes a viúva, ou mostres dureza para com o órfão; pratica a bondade e não sejas como os vilões e os maus que arruinam suas almas ao arruinar os desamparados. (19 de Junho de 1995)

Veja, estes são atos de amor e devemos sempre avançar nesses passos amorosos. O amor unifica a alma a Deus e quanto mais poderoso o amor se torna, mais profundamente a alma penetra em Deus. Em uma união tão profunda, teremos sucesso em compreender a Vontade de Deus, então, como Ele diz:

tu entraste nas delícias de Nossa Santidade Trinitária e chegaste a compreender Nossa terna afeição e Nosso infinito Amor, Nós Nos alegramos por teres aceitado voluntariamente que depositássemos Nossa Obra em ti, tornando-te a partir daí um altar vivo, aumentando Nossa alegria; Nós te convertemos e te conduzimos a uma contemplação Esponsal, na íntima união de Nossa Unicidade. (25 de Setembro de 1997)

O Amor de Deus é uma chama ardente que não deixa qualquer pensamento carnal ou terreno atravessar a nossa mente. Quem experimenta este Amor terá sede deste Amor dia e noite incansavelmente, e será atraído para ele, para o Seu Amor Ardente. Deus não é complicado, mas nós O complicamos. Deus é simples; Ele quer apenas que você progrida alguns passos. Nesse momento, quando você fizer esse esforço e disser sinceramente: "Sim, eu quero fazer isso e quero ser transformado, quero obter essa doçura de Deus, quero dar um passo na Sua direção, meu Deus," Se você fizer isto, se você mostrar que você deseja fazê-lo, Deus, que é Rei e está sentado em Seu Trono, quando vê Seu filho lançar-se com pequenos passos na direção dEle, Ele se levantará; tirará Sua Coroa e correrá na sua direção para o elevar e pô-lo no Seu Coração. Deus não é insensível; Ele tem o Coração mais sensível que pode existir na sua imaginação. Ele não pode ser insensível aos seus esforços.

Quando, em Sua mais recente mensagem, Nosso Senhor fala de esposos espirituais na Trindade, não devemos esquecer que o Pai que é nosso Criador, é também nosso Esposo espiritual. Se você lê Isaías 54,5, verá que naquela passagem, Deus é descrito assim: "porque o teu esposo será o teu criador, Iahweh dos Exércitos é o seu nome." Jesus também é nosso Esposo espiritual, e o Espírito Santo também. Em suas mensagens mais recentes, a Santíssima Trindade nos trata como esposos Dela. Nós somos a Igreja e a Igreja é a Esposa de Deus. Numa longa mensagem do Pai da qual tenho um extrato, Ele diz o seguinte:

Eu, Iahweh, teu Criador, estou casado com Minha criação e sou o Esposo de todos(...) dia e noite, tu tropeças, criação, perseguindo as sombras, e nem sequer uma só vez tentaste penetrar neste mistério (...) olho para Minhas sementes e Me pergunto: o que devo fazer com elas? Estão entrincheiradas em seu engano; como posso fazer este bando, que não consegue distinguir sua mão direita de sua mão esquerda, compreender que Eu sou seu Esposo e tudo o que desejo deles é amor, não sacrifício; conhecimento de Meu Coração, não holocaustos nem festivais solenes. (25 de Setembro de 1997)

E com uma voz que só posso descrever como cheia de doçura, escutei isto:

Ó Minha casa real, trocaste tua glória por vergonha! (...) Vem a Mim! Meu Coração é como uma Lâmpada para teus pés, e de Meus Lábios umedecidos com graça e com o orvalho da divindade correm rios de graça e ilimitados pedidos de Misericórdia. (25 de Setembro de 1997)

Este é um chamado do Pai Eterno mas o Filho e o Espírito Santo revelam-se também como o Esposo. Para entender esta linguagem, devemos ser simples e pobres em espírito. O Espírito Santo não se revelará àqueles que mostram orgulho intelectual; eles intimidam o Espírito Santo e fazem-no afastar-se e, como consequência, continuam a viver na obscuridade. Ouçamos agora o que Jesus Cristo nos ensina:

Aquele que canta para ti agora é o Amante da humanidade, o Esposo de toda a Terra. Enquanto alguns de vós não tendes memória de vosso Deus, até hoje, Eu, em Minha Fidelidade e na grandeza de Meu Amor, vim a ti para oferecer-te Meu Coração; oferta maior que esta ninguém pode fazer; deixa então que teus olhos se maravilhem com a beleza de Meu Coração; é o Coração do grande Sacrifício; é o Coração da Nova Aliança; é o Coração da Verdadeira Vinha, é o Coração mais próximo do Coração do Pai;(...) deixa teu Esposo repousar despreocupado em teu coração; aprende de teu Bem-amado: Eu sou manso e humilde de Coração, e em Mim tua alma sempre encontrará repouso. (26 de Janeiro de 1997)

Nossa alma não pode viver sem Deus, mas tira sua vida de Deus. Sabemos que o Espírito Santo é a Vida Eterna e que alma vive no Amor de Deus, na humildade e doçura do Espírito Santo. A alma é como uma noiva e Nosso Senhor é o Noivo, e eles se amam mutuamente e anseiam um pelo outro. Nosso Senhor, no Seu Amor, anseia pela alma e é triste se não há espaço ou reação na alma. Enquanto a alma que obteve sucesso em conhecer Deus anseia por Ele, porque nEle repousa sua vida e sua alegria.

Conhecer Deus é compreendê-Lo, conhecê-Lo é dar os primeiros passos para a intimidade, coração a coração, uma conversa de coração a coração. É a coisa mais importante na nossa vida porque podemos falar com Deus ao longo da nossa vida, pregar sobre Deus, mas conhecer Deus apenas através dos livros dos teólogos não é suficiente. Conhecer Deus na intimidade de seu coração é já ter feito uma experiência de Deus, uma experiência especial. Uma vez que você tenha obtido esta graça de conhecer Deus e compreendê-Lo, este é o tesouro, a pérola, este é o tesouro do qual Jesus fala em Suas parábolas e a pérola que alguém obtem. Então não desejamos mais nada, porque possuímos Deus e permitimos a Deus que nos possua. Desta forma estamos unidos e nos tornamos um pensamento com Deus, e nossas ações se tornam Suas ações, nossas palavras, Suas palavras. Não somos mais nós, e é por isso que Ele explicou em uma passagem que "embora ainda esteja entre os homens, seu espírito estará no Céu." E isto é como se você estivesse desligado, mas desligado de uma forma bonita, porque seus pensamentos, seu espírito, estarão tão proximamente unidos a Deus, que você viverá o Céu na terra.

Vamos orar ao Espírito Santo para que Ele venha em força sobre nós, para nos curar espiritualmente, dar-nos paz, reforçar nosso amor, reviver-nos. Também é uma oração para cura física. Vamos todos ficar de pé e fazer duas orações ao Espírito Santo, uma para pedir-Lhe Seus dons e a outra para libertação e cura.

Senhor e Fonte de Vida,
Suntuosa e Divina ação
do Corpo Místico de Cristo
que é a Igreja; Luz da nossa alma,
Dispensador de dons,
Revelador do mistério filial,
visitai nossa pobre alma para enriquecê-la com Vossos dons
para que possamos ser transfigurados
na Vossa bondade e na Vossa gentileza.
Nós Vos pedimos, nós Vos imploramos,
para cobrir-nos com Vossas riquezas,
com Vossos sete dons,
para que o nosso coração
se inflame com o Vosso fogo ardente.
Amém.

 

( Grupo de Oração, Lausanne, 17 de Agosto de 1997)

 

Bendito seja o Vosso Nome
Vós que ouvis minha oração! Bendito sois Vós, meu Senhor,
Bendita seja Vossa Bondade
que nos move para o Vosso Coração
para nos salvar e nos libertar.

Deus, Vós sois nossa Salvação,
nossas riquezas, nossa visão e nossa vida;
Vós que diariamente deliciais nossa alma
e alegrais nosso coração com Vossa Presença,
permita-nos beneficiar de Vossa Presença.
Nós Vos pedimos, Jesus Cristo, em Vosso Nome
paz, integridade, amor e um espírito de perdão.

Nós Vos pedimos Jesus Cristo, em Vosso Nome,
para nos curar de nossas iniquidades e vícios.
Cura-nos, Senhor, pelo poder do Vosso Espírito Santo,
cura-nos espiritualmente,
e desenraíza todo o mal;
Revigora-nos, Oh,Espírito Santo, e reaviva-nos
renovando-nos.

Jesus Cristo, em Vosso Nome, Vos pedimos
para nos curar de toda doença
espiritual, psíquica ou física
e de tudo que perturba nossa alma.
Possa cada fibra do nosso coração
proclamar com amor Vossa Glória.
Atendei nossa oração, Deus todo de Amor.
amém.

 

 

Este Crucifixo contém uma relíquia da verdadeira Cruz.

“Iahweh te abençoe e te guarde!
Iahweh faça resplandecer
o seu rosto sobre ti
e te seja benigno!
Iahweh mostre para ti
a sua face e te conceda a paz!"

(Nm 6,22-27)
Amém

(12 de Agosto de 1996)

Liderados por Vassula, a assembléia cantou a Doxologia Grega à Santíssima Trindade: Thoxa, thoxa, thoxa ( Glória a Deus! Glória a Cristo! Glória ao Espírito Santo!)

Um sentimento de comunhão fraterna surgiu da assembléia; uma alegria saudável e santa podia ser vista em cada rosto e todos foram embora em paz.

 

Quando lemos A Verdadeira Vida em Deus, Nosso Senhor nos dá muitas profecias, quer dizer, Nosso Senhor diz coisas que não entendemos imediatamente, e depois, quando lemos outra vez - com tudo o que ocorreu durante aproximadamente 14 anos, - vê-se que tudo o que Ele disse se cumpriu. Ele me fez entender que mesmo pessoas que nunca souberam quem é Cristo, que não são cristãs, devem desejar, no nosso tempo, ouvir Sua palavra.  E quem está trabalhando aí? É o Espírito Santo. O Espírito Santo está trabalhando agora e falamos de um novo Pentecostes, de um segundo Pentecostes.

Não se pode esperar pelo dia deste Novo Pentecostes, porque ele já começou. Deus fala muito alto e com símbolos muito fortes. Mesmo nas Sagradas Escrituras, quando você vê expressões como "as estrelas cairão sobre a terra" etc... aquelas são expressões de Deus. Eu me dei conta de que as expressões de Deus não se realizam de um modo material; isto significa que a profecia pode acontecer na sua frente, sem que você perceba, porque o que está acontecendo é quase natural. Por exemplo, Nosso Senhor fala deste Segundo Pentecostes e da nova era que virá e que será repleta do Espírito Santo e que haverá o fogo purificador. Eu quase não entendia como tudo isto iria se produzir. Será um dia de Segundo Pentecostes, quando todo mundo falará e cantará simultaneamente em línguas e profetizará? De fato, o que é aquele Segundo Pentecostes pelo qual o Papa João XXIII rezou tanto, para renovar a Igreja?

 
Espiritualidade
Orações
Discursos
    O Espírito Santo
    Um Grito do Sagrado Coração: O Desejo de Cristo pela Unidade
    Discurso Inter-religioso de Vassula na Cerimônia de Inauguração em Bangladesh, 2011
    O Dia do Senhor
    Diferentes estágios: desapego, esvaziamento, impassibilidade
    Renovação e os Ensinamentos de Ascese
    Palestra Inter-religiosa de Vassula
    Arrependimento
    Reconciliação e Unidade
    Ecumenismo e Espiritualidade
    A Nobreza da Cruz
    Sejamos Um na Divina Trindade
    Todos somos chamados a ser deuses por participação
    Pegai Na Foice e Ceifai
    Vassula em Le Mans, França, 1999
    A União do Amor Divino na Santíssima Trindade
    A União nos Corações
    O Coração do Pai
    O Grande Regresso
    Como Cultivar a Verdadeira Vida em Deus
Cartas
Trabalhos
Milagres
Reflexões nas Mensagens
Grupos de Oração
Peregrinações & Retiros
Profecias
A Paixão

Orações
Orações Selecionadas das Mensagens
 

Discursos
Discursos de Vassula e vários outros colaboradores listados em ordem cronológica
 

Cartas
Vassula escreve sobre vários temas
 

Trabalhos
Trabalhos e outros escritos de vários colaboradores sobre vários temas
 

Milagres
Um NOVO projeto realizado em Nov 2006. Coleção de gravações de milagres associados com Vassula e a AVVD
 

Reflexões nas Mensagens
Meditações, reflexões e comentários sobre algumas mensagens selecionadas
 

Grupos de Oração
Grupos de Oração de AVVD e Associações
 

Peregrinações & Retiros
Próximas e já realizadas peregrinações e retiros de A Verdadeira Vida em Deus
 

Profecias
Artigos e Inspirações relacionadas a profecias
 

A Paixão
Vassula experimenta a Paixão de Jesus
 

 
 
MENSAGEM DO DIA:

Põe-O Acima De Tudo
Repara O Mal Com Amor

 
MENSAGEM ANTERIOR:

Teus Sofrimentos São Um Nada Comparados Com Os Meus
 
 
 



Pesquisa Rápida

© Vassula Rydén 1986 Todos Direitos Reservados
X
Enter search words below and click the 'Search' button. Words must be separated by a space only.
 

EXAMPLE: "Jesus Christ" AND saviour
 
 
OR, enter date to go directly to a Message