DHTML Menu By Milonic JavaScript

Português » Notícias »

A Marca da Besta
2020-04-26

26.04.2020

Obrigado por nos informarem e pedirem uma resposta à divulgação de vídeos entre alguns membros de A Verdadeira Vida em Deus referente a um possível e iminente implante de um chip no corpo humano que seria a assim chamada "marca da besta".

Desejo responder a esta questão para tranquilizar as almas. Em primeiro lugar, Jesus nos lembra, de vez em quando, nas mensagens de A Verdadeira Vida em Deus que não devemos temer, jamais, desde que vivamos na graça de Deus e sigamos Seus mandamentos (AVVD, 4 de junho de 1987; 31 de outubro de 1989). Em segundo lugar, devemos confiar na divina providência que nos proverá em todas as nossas necessidades (AVVD, 27 de dezembro de 1988). Em terceiro lugar, embora as mensagens de A Verdadeira Vida em Deus não façam referência à expressão "marca da besta", elas associam o número 666 "àqueles que se rebelaram em sua apostasia contra Mim (Jesus)" e "tomaram o nome da besta ou o seu número" (AVVD, 20 de julho de 1992).

Quanto à natureza da "besta" associada com "a marca", Jesus revela que existem três espíritos impuros que concorrem para macaquear a Santíssima Trindade:

"...que viste, na visão que te dei no início; a guerra de Meu Grande Dia 1 contra os três espíritos impuros que macaqueiam Minha Santíssima Trindade, formando eles mesmos um triângulo 2, esses três espíritos impuros, que ocupam um ângulo cada, são o dragão, a primeira e a segunda besta; o grande dragão, a serpente original conhecida como demônio ou Satanás, continuará somente por um tempo muito curto agora a desencaminhar o mundo; e o poder e a autoridade que ele está dando à besta, junto com a segunda besta, o falso profeta, serão derrubados e Eu triunfarei" (AVVD, 7 de dezembro de 1994).

"Nação após nação desviou-se de todos os Meus dez Mandamentos, acrescentando blasfêmia à rebelião; com o império do dragão, a besta negra 3 instalou junto com a segunda besta, isto é, o falso profeta, polos de blasfêmia para si próprias em cada colina alta e debaixo de toda árvore frondosa, a fim de conquistar o mundo e apagar a luzinha que nele resta; em cada uma de suas sete cabeças, a besta fez ídolos representando seus próprios deuses; esses ídolos são colocados, com o poder do dragão, em altos postos... Eu te digo: bem-aventurados os que acreditam em Mim e Me adoram; bem-aventurados os que Me seguem; bem-aventurados os que acreditam que Minha Promessa está em vias de ser cumprida; pois nesses Meu Suspiro de Amor será marcado em suas frontes;" (AVVD, 5-29 de agosto de 1990. Cf. também mensagens de AVVD de 31 de janeiro de 1991, 20 e 28 de dezembro de 1993,31 de maio de 1994, 7 de dezembro de 1994, 28 de abril de 1995, 10 de maio de 1995, 22 de outubro de 1996).

Lembremo-nos de que o Livro do Apocalipse, no qual se encontra a expressão "marca da besta" (Ap 19, 20; 13, 16-18; 16, 2), é um livro impregnado de imagens simbólicas, alegorias e representações que não estão limitadas a um único evento. Por esta razão, ao longo dos séculos, a expressão "marca da besta" foi largamente interpretada nos diferentes contextos seguintes, nenhum dos quais reconhecidos oficialmente pela Igreja. Alguns afirmam que essa expressão se refere a César e/ou a um futuro imperador universal; outros, ao seu selo imperial. Alguns alegam que foi cronologicamente associado ao nascimento do Islã, sem implicar em animosidade religiosa, pois Jesus revela, nas mensagens de AVVD, que somos todos filhos de Deus; outros atribuem "a besta" e/ou a "prostituta" a pessoas como o Papa, Maomé, Napoleão, etc.

Em nossos tempos modernos de revolução tecnológica, e no surgimento do Covid-19 que levou vários governos a soltar drones para supervisionar seus cidadãos e outros a considerar uma vacina nacional imposta, alguns identificaram a "marca da besta" com o implante de um chip da era moderna, isto é, Micro-Chip, Bio-Chip, chip RFID ou tatuagem digital com chip. Outros ainda afirmam que é um consórcio de companhias tecnológicas que concorrem através do uso de torres de celular e sistemas de satélite em Supervisão por Satélite, Dispositivos de Escuta a Laser, Transcrição de Voz, Interação com Células Nervosas, Smart Cards, prova de ID de Idiotas, e a lista continua. Eu abordei este tópico entre parêntesis em um livro que foi compartilhado no site de AVVD e publicado em 2005, intitulado Antichrist and the End Times (O Anticristo e o Final dos Tempos).

Como o Livro do Apocalipse é impregnado de símbolos e alegorias e não é confinado a um único evento histórico, uma expressão da Palavra revelada de Deus, por exemplo, "marca da besta", pode, na verdade, conduzir a mais de uma interpretação. O Cardeal Ratzinger (Papa Emérito Bento XVI) ilustra este ponto quando afirma que a expressão 'Anticristo' "pode não ser restrita a um só indivíduo. Embora seja tudo a mesma coisa, ele usa muitas máscaras em cada geração. 4"

Quanto ao sentido bíblico da expressão "marca da besta", a palavra original em Koiné para "marca" é Káragma (χάραγµα), que não significa "marca" em absoluto, mas mais precisamente uma "pancada que deixa uma impressão" ou uma "marca dentro da carne". E o Livro do Apocalipse revela o destino daqueles que a receberem: "O primeiro anjo saiu e derramou a taça pela terra. E uma úlcera maligna e dolorosa atingiu as pessoas que traziam a marca da Besta e as que adoravam sua imagem." 5

Qualquer que seja a marca da besta, São João revela que aqueles que recusarem essa marca serão postos à prova, mas a divina assistência lhes dará força. Os anjos de Deus os marcarão com um selo para protegê-los de Sua ira. Com efeito, o Livro do Apocalipse em 7, 4 e 14, 1 revela que um selo espiritual e divino será impresso nas frontes daqueles que recusarem a marca da besta para guardá-los e equipá-los a fim de suportarem as sete trombetas. E, nas mensagens de A Verdadeira Vida em Deus, Jesus nos assegura que cuidará daqueles que receberem esse selo divino:

"hoje, mais que nunca, peço a todos que vos consagreis, consagreis vossas famílias e vossas nações aos Nossos Dois Corações; permiti que assinale vossas frontes com o selo de Meu Espírito Santo; chegou a Hora da triagem, a Hora da prestação de contas está aqui; disse a todos que virei sobre vós como um ladrão; quando Eu voltar ninguém suspeitará de nada; então, de dois homens, um será arrebatado e outro deixado; de duas mulheres, uma será arrebatada e outra deixada; a Colheita está quase pronta para ser feita e inúmeros cadáveres serão deixados quando Eu disser:

"Eu Estou aqui!"

então, direi ao Meu anjo 6: 'chegou a hora de separar e tirar os que não são Meus; separar daqueles que Me reconheceram, todos os que não quiseram submeter-se à Minha Lei; separar daqueles que acolheram Meu Espírito e permitiram-Lhe ser seu Guia e sua Tocha, todos aqueles que se rebelaram, em sua apostasia, contra Mim 7; separar daqueles que foram marcados em sua fronte com o Selo do Cordeiro, todos aqueles com o nome da besta e seu número 666;' chegou a Hora em que Eu Próprio marcarei Meu povo com Meu Nome e o Nome de Meu Pai" (AVVD, 20 de julho de 1992).

Em conclusão, Jesus enfaticamente nos reassegura que não importa quão efêmera é a autoridade que permite a Satanás agir através da besta,

"... não temas, pois estou diante de ti e sou teu Escudo; ninguém jamais, não importa o quanto o Maligno tente, se interporá entre ti e Mim... nunca tenhas medo, uma vez que Eu Sou está diante de ti; Minhas bênçãos estão sobre ti e cada fibra de teu coração será coberta de Coragem, Força e Paz; desta maneira, expiarás pela salvação das almas e pela renovação de Minha Casa, do modo mais perfeito; levanta tua voz, sem medo, e profetiza; profetiza... 'a rebelião já está em ação, mas em segredo, e aquele que a impede tem que ser primeiro afastado, antes que o rebelde apareça abertamente' ... digo-vos tudo isso e sei que Minhas ovelhas, as que Me pertencem, escutarão Minha Voz e não Me falharão... Meus filhinhos, não deixeis que vossos corações se perturbem; confiai em Mim e não tenhais medo..." (AVVD, 17 de março de 1993)

Espero que esta informação tenha sido útil.

Rev. J.L. Iannuzzi, STL, S.Th.D.


1 Ap 16, 14
2 O sinal da Besta, esse delta, é visto nos prédios e em letras nos prédios, assim como também em outros lugares.
3 Ap 13
4 Johann Auer e Joseph Ratzinger, Dogmatic Theology, Eschatology 9 (Catholic University of America Press, 1988), pp.199-200.
5 Apo 16, 2
6 Alusão à parábola da cizânia: Mt 13, 24-30
7 Esta passagem confirma a profecia de São Paulo em 2Ts 2, 1-12. Os dois sinais previstos para o fim dos Tempos: A Grande Revolta (Apostasia) e o Rebelde (o espírito de Rebelião)

 
Outras Top News:
É Necessário o Discernimento dos Espíritos
Supostas Revelações que Estão Circulando entre os Membros de A Verdadeira Vida em Deus
A Marca da Besta
As Profecias Estão Se Cumprindo Neste Final Dos Tempos
Respostas aos Críticos do Papa

Veja as Notícias da AVVD...

Mais Notícias do Arquivo...

Principais Notícias
A Verdadeira Vida em Deus ao Redor do Mundo
 

Notícias Top
Notícias de A Verdadeira Vida em Deus ao Redor do Mundo
 

Arquivos de Notícias
Acesso a todos os artigos anteriores e boletins eletrônicos
 

Boletins PDF baixáveis
Baixe, imprima e compartilhe boletins AVVD anteriores.
 

Assine o Nosso Boletim Eletrônico Gratuito
Mantenha-se atualizado com as últimas notícias e atividades dentro de A Verdadeira Vida em Deus em seu apostolado
 

TLIG Magazine (inglês)
Filled with TLIG activities worldwide and spiritual teachings on various subjects. Subscribe now to the newly launched (Aug 2006) TLIG Magazine.
 

Pesquisa nas Notícias
Pesquisa nas Notícias de AVVD
 

 
 
MENSAGEM DO DIA:

Saborear O Meu Banquete É Saborear-Me A Mim
 
MENSAGEM ANTERIOR:

Estes São Os Últimos Dias Da Minha Misericórdia
A Minha Cruz Conduzir-vos-á À Santidade E À Morada No Céu

 
 
 



Pesquisa Rápida

© Vassula Rydén 1986 Todos Direitos Reservados
X
Enter search words below and click the 'Search' button. Words must be separated by a space only.
 

EXAMPLE: "Jesus Christ" AND saviour
 
 
OR, enter date to go directly to a Message