DHTML Menu By Milonic JavaScript

Português » As Mensagens »

Encontra-me No Silêncio

Domingo, 31.5.1987

- Vassula, vem receber-Me 1 . Eu estarei lá. Alegra-Me, vem a ver-Me! Diz-Me que tu és Minha, deixa que Eu o sinta.

- Sou Vossa, Jesus e amo-Vos.

- Há anos que espero ouvir estas palavras, Vassula; ama-Me, agora que és Minha.

- Ensinai-Me a amar-Vos como Vós o desejais.

- Tem confiança: fá-lo-ei.

Mais tarde.

Isto continua a admirar-me: como a minha mão se move...

- Sabeis isto, Jesus?

- Sei. Mas não serei Eu Omnipotente? Vassula, vive em paz, sê calma, sê serena, como Eu.

Fui interrompida duas vezes por meu filho que entrou e voltou a entrar, batendo com a porta. Sentia-me perturbada... muito barulho à minha volta!

- Ama-Me, responde-Me!

- Amo-Vos, amo-Vos, Senhor!

- Não Me substituas nunca! Considera-Me sempre como primeiro; antes de tudo, está diante de Mim e fica assim diante de Mim para sempre. Sê como um espelho, como o Meu reflexo. Não procures ninguém para além de Mim, não procures os velhos hábitos da tua vida passada. Eu sou Santo e Senhor; ora Eu e tu somos um e tenho a intenção de te guardar apenas para Mim e por toda a Eternidade. Humilha-te, aprende de Mim, não desejes mais ninguém senão a Mim, respira por Mim, não te voltes nem para a direita nem para a esquerda, continua agora a caminhar direito. Bem-amada, permite-Me que Me sirva de ti. Depende de Mim, enche-Me de alegria com a tua simplicidade de palavras: a simplicidade inebria-Me. Diz-Me palavras tuas, deixa que as ouça de novo, diz-Me: "Amo-Vos, Jesus; Vós sois a Minha alegria, a minha respiração, o meu repouso, a minha vista, o meu sorriso".

Minha filha, se tu tivesses tempo para refletir ou meditar, dar-Me-ias mais satisfação. A partir deste momento, procura-Me mais no silêncio, entra no Meu Mundo Espiritual em silêncio. Recompensa-Me agora. Eu amo-te! Honra-Me, dando-te a Mim; não Me aflijas... sê Minha, bem-amada, fala!

- Como? Em silêncio, Senhor?

- Em silêncio, olhando para Mim, quero que fiques silenciosa, sem perturbação alguma. Encontra-Me, no silêncio 2 .

- Sem perturbação alguma?

- Sim. Deseja o silêncio.

- Jesus, como poderei eu encontrar este silêncio total, vivendo numa família? É quase impossível!

- Eu próprio te o darei. Tem piedade de Mim, Vassula! Minha insuficiência, Minha mirra, Meu amor; que não farei Eu por ti? O Meu Coração enche-se de compaixão pela tua miséria e pelas tuas quedas. Eu, o Senhor, ajudar-te-ei. Não te sintas nunca abandonada, ou não amada. Sabes como Me senti, aquela vez em que te julgaste não amada?

- Onde?

- Na Minha igreja.

- Não, Senhor.

- Nesse dia, senti-Me de novo crucificado, batido, flagelado, cuspido e cravado!

Vassula, como te amo! Ajuda-Me a fazer reviver a Minha Igreja. Ajuda- Me, permitindo-Me que Me sirva de ti. Coragem, Minha filha, coragem!

O acontecimento desse dia foi o seguinte:

Depois de há tantos anos não mais ter estado na igreja, Jesus, com esta mensagem, encorajou-me a ir lá e a receber a Sagrada Eucaristia. Dirigi-me, pois, à única igreja católica de Bangladesh. Um padre, ao saber isto, fez-me saber que tinha pecado gravemente. Dissera-lhe que Jesus mo havia pedido e que Ele não rejeita aqueles que O procuram e vão ao Seu encontro. O padre respondeu-me que Jesus, às vezes, rejeita e fecha a Sua porta, quando não quer alguém. Para me provar isto mesmo, deu-me a ler uma passagem do Evangelho que fala de uma mulher cananeia, mas apenas na primeira parte, em que Jesus a provoca para a pôr à prova e não onde Jesus acaba por atendê-la (Mt 15, 21-28); mas eu não sabia que, depois, Jesus a tinha atendido.

Depois desta discussão com o padre, eu julgara ter transgredido todas as leis de Deus, ao ter recebido a Sagrada Comunhão. Senti-me como uma ladra para com a Igreja Católica. Sentia-me muito indigna e, a tal ponto, que, no domingo seguinte, na igreja, fiquei junto à porta da entrada, de modo a ficar como que meia-fora, porque me sentia indesejada e má e tinha a sensação de que Deus estivesse encolerizado comigo. No momento, pois, da Comunhão, não avancei com os outros, a fim de não agravar a minha situação.

- Jesus, não sabia que Vos ferira o meu sentimento de não ser amada.

- Não, tu não o sabias, tal como não sabias que jamais rejeito alguém que vem a Mim. Eu sou Amor e o Amor é para todos e cada um de vós, por piores que sejais.


1 Na Sagrada Comunhão
2 Com isto, Jesus pretendia a contemplação

 

Listagem Cronológica
Uma Lista Completa das Mensagens em Ordem Cronológica
 

Listagem Alfabética
Uma Lista Completa das Mensagens em Ordem Alfabética
 

Pesquisa nas Mensagens
Pesquise no texto das Mensagens
 

Mensagem Aleatória
Selecione uma Mensagem Aleatóriamente
 

Meu Anjo Daniel
O amanhecer das mensagens. Vassula conversa com seu anjo da guarda Daniel
 

Manuscrito Original das Mensagens
O Manuscrito original das Mensagens online
 

Livro Online
As Mensagens agora estão disponíveis para leitura como um livro online
 

 



Pesquisa Rápida

© Vassula Rydén 1986 Todos Direitos Reservados
X
Enter search words below and click the 'Search' button. Words must be separated by a space only.
 

EXAMPLE: "Jesus Christ" AND saviour
 
 
OR, enter date to go directly to a Message