DHTML Menu By Milonic JavaScript

Português » As Mensagens »

A Minha Presença Na Eucaristia

20 de Janeiro de 2001
Na semana da União

Senhor, porque fizestes assim tantos
cegos às Vossas, Obras?
Terá sido por causa da sua
obstinada rejeição
de se arrepender e de se reconciliar?
Ensinai-me
e declarai a Vossa Vontade...

- Ah! Minha filha... A Minha Vontade é que trabalhes com amor na luz de Meu Espírito! O Meu Espírito, hoje mais do que nunca, clama pela reconciliação entre os Meus pastores Para serem salvos, todos devem arrepender-se e reconciliar-se; que cada pastor examine o seu caminho: "Pensa no amor que Meu Pai, Eu Mesmo e o Espírito Santo te prodigalizamos em cada momento da tua vida, pastor..".

Ah! Minha filha, não penses que Eu não esteja consciente das exigências da missão de que te encarreguei. Unir a Minha Casa não é uma tarefa fácil, sem mesmo falar de reavivá-la! Mas tem coragem, porque tu não estás só: Eu estou contigo. Não desanimes com aqueles que não compreendem o Meu Plano em ti; Eu Mesmo tirei a vista àqueles que clamam "nós vemos!" , e dei a vista àqueles que não podiam ver. Sê um modelo de união para o resto do mundo, e suscita, pelos teus sacrifícios, a reconciliação entre os irmãos.

Satanás decidiu-se a fazer guerra à Minha Igreja. Com violência, ataca o que Eu Mesmo comprei com o Meu Próprio Sangue: ele mantém dividida a Minha Igreja, maldizendo todo o coração fiel que professa a Verdade e a Minha Lei. Muitos de vós, que pertenceis à Igreja, hoje, acabais por pilhá-la; e pilhá-la, recusando-vos a reconhecer o Meu Corpo na Eucaristia e a partilhar o Meu Divino Mistério, da forma como Eu verdadeiramente o instituí; pilhais a Minha Casa, quando se trata de medir a magnificência da Minha Divindade e a Minha Presença na Eucaristia; e pilhais a Minha Casa de muitos outras formas.

As Escrituras não mentem nunca e não podem ser rejeitadas, mas vós rejeitais partes delas, acabando por pilhá-la também desta forma. À Minha Igreja, Eu dei, para a enriquecer, apóstolos; suscitei e dei-lhe profetas, mestres e, além disso, milagres, o dom da cura e outros diferentes dons. Mas vós pilhais a Minha Casa, hoje, acabais por despojá-la. Os Meus Olhos são demasiado puros, para enfrentar semelhante rebelião. Não fiqueis, pois, surpreendidos quando Eu chamo; não fiqueis surpreendidos quando, pela Minha Benevolência e pela Minha Misericórdia infinitas, Eu desço até vós, criação, para espreitar pela janela dos vossos corações; não fiqueis surpreendidos quando, a despeito da vossa espantosa miséria, Eu vos ofereço um rico banquete desmerecido, e quando, com real prodigalidade e majestade, venho revestir-vos de Mim Mesmo, a fim de que os Meus Anjos vos conduzam às alegrias eternas do Céu e, nas Nossas cortes, vós fordes reconhecidos como a carne da Minha Carne, o osso do Meu Osso.

Então, a Sentença será anunciada: "Segundo a vida que esta alma levou enquanto estava na terra, ela mesma será digna do celeste dote de uma esposa, pois permaneceu fiel à Esposa 1 . Esta alma, apesar de todas as provações que Eu Lhe enviei, sacudindo-a como a um navio surpreendido por uma tempestade, permaneceu ligada a Mim e continuou agarrada a Mim como uma ostra ligada a um rochedo. Permanecendo assim agarrada à Esposa 2 e a Mim, o Esposo 3 , ela própria partilhou a Minha Divindade; a sua união com o Meu Espírito cristalizou-a, transformando-a, para ser semelhante a um deus 4 e, como o sol, os seus próprios raios a iluminaram, porque Me possuia nela. A glória de Meus filhos e filhas deificados, aqui, no Céu, é também agora a sua. É o dote que receberá do próprio Esposo; Ele é o Dote... Vem, vem partilhar as alegrias do Céu e do próprio Deus para sempre!"

Oh! Se tu soubesses, quantas vezes Eu cedi o Meu Ceptro Real... Como Eu suspiro por dizer a cada alma:

"Bem-amada, vem, caminha pela via de teu Lar permanente, a única verdadeira morada e o único Verdadeiro Lugar de Repouso para a tua alma. Vem e entra no aposento nupcial de Meu Coração; Eu Mesmo te convido a seguir o caminho das virtudes que conduz a Mim. Como um terno Esposo, Eu adornarei a tua alma com os Meus Tesouros, mas antes de tudo, adornarei a tua alma com a Minha Divindade; Eu Mesmo te adornarei como a uma rainha 5 , majestosamente, com o Meu Nome e com a Minha própria Presença; transformarei a tua alma num vivo altar, num hino permanente, cantado por Mim, teu Deus; Eu, o grande Rei, Aquele que está para além da natureza, vou misturar-Me 6 à tua alma, de forma que tu e Eu passaremos a ser um. Por ti mesma, tu não podes fazer nada. E por isso mesmo a Minha Presença, que é pura Luz, é indispensável para iluminar, pela graça, todo o teu corpo. E, tal como Eu Me revelo a Meus anjos, Eu Próprio Me revelarei também a ti através desta luz, e só então tu serás capaz de dizer.-

" eu vejo... "

Então, Eu far-Me-ei conhecido de ti; Eu conversarei contigo e tu Comigo. O Deus Trino por natureza inclinar-Se-á completamente, para conversar com aquele que Eu Próprio recriei e que passou a ser, por graça, um deus nascido de Mim, um herdeiro adoptivo do Meu Reino; quanto a ti, que és tão fraco e tão corruptível, se te arrependes verdadeiramente, ao olhar para a tua alma tão deplorável, Eu Mesmo te posso tornar semelhante à Minha Perfeita Imagem".

A Minha obra e o Meu plano, que é o esplendor destes vossos tempos tão maus, é atrair todas as almas ao Meu Sagrado Coração. Então, toda a Minha Glória lhes será revelada neste Coração, e toda a humanidade junta O verá. Sim, na verdade, a Minha intenção é atrair-vos todos ao rasto ou esteira da Minha Glória. Doravante, Eu serei a vossa porção, a vossa delícia, o vosso Esposo revestido da Minha Glória. E, como um esposo que se deleita na sua esposa, nos nossos esponsais, murmurarei ao vosso ouvido:

"E agora, vem bendizer o teu Senhor por todas as coisas, o Autor de grandes acções está em toda a parte; vem junto de Mim, porque Eu sou o teu protector e o teu apoio; Minha esposa amorosa, que consentiu em Me escutar, possas tu alegrar-te em Mim, teu Senhor; que Eu Mesmo permaneça no teu coração como uma mistura de incenso, e possam as Minhas Palavras ter um sabor 7 tão doce como o mel na tua boca, quando as comes; que elas sejam como uma música aos teus ouvidos, Minha bem-amada".

Então, Eu Próprio te revelarei os tesouros que tinha guardado para a tua geração: Eu oferecer-te-ei o tesouro da Minha Misericórdia, ensinando-te que, pela minha Misericórdia, Palavras vindas de Minha Boca são ditas. Pelas Minhas Palavras, Eu ressuscito os mortos espiritualmente, corrijo os apóstatas, curo os doentes e liberto os prisioneiros; a Minha Boca é como uma espada cortante; Eu formo através da Minha Misericórdia, pela Minha Palavra, profetas que serão um flagelo para aqueles que vivem nas trevas, mas consolarão o Meu povo. Pela Minha Misericórdia, Eu abro os olhos dos cegos, e àqueles que deslizam em camadas de poeira, volto a pô-los de pé para que contemplem a Luz. E a todos aqueles que confiavam no seu próprio poder ergo-os pela Minha Misericórdia, pela Minha Glória e Minha Majestade, a fim de que os seus corações se virem para Mim, seu Deus.

Nestes dias de graça, a Minha Misericórdia é um dos maiores tesouros que Meu Coração guardou para o vosso tempo. Não que Eu alguma vez tenha deixado de vos inundar com a minha Misericórdia, mas nestes vossos tempos, que são tão maus, Eu mostro mais compaixão do que nunca para com os que estão envolvidos pela poeira e cujos corpos se encontram esmagados no solo pelo pecado. No deserto do vosso coração, plantei Eu sementes celestes, a fim de que cada um de vós possa ver e conhecer a grandeza da Minha Misericórdia.

Acaso não terei Eu também dito que, nos últimos dias, o Meu Espírito será derramado sobre toda a humanidade, por mais miseráveis que vós sejais? Tal é a riqueza da Minha graça... Hoje, eu ergo-vos por favor. Pela Minha Misericórdia, Eu faço chover sobre vós as Minhas graças, a fim de que vos faça compreender quem é Aquele que traz a liberdade, e quem é o Doador de Vida, a fim de que possais ver que ricas glórias vos esperam. A vossa época tem mais mortos que vivos, pelos seus pecados, pela sua falta de respeito e pela sua indiferença para Comigo. Desde que o mundo foi criado, Eu jamais deixei de demonstrar o Meu poder e a Minha deidade infinitas; Eu sou conhecido por todo aquele que, do não ser, passou ao ser. Por conseguinte, mesmo pela vossa substância terrestre, Eu posso viver em vós, Eu posso conduzir à vida esta substância terrestre; e foi por graça que vós fostes elevados. E terei então Eu de ver as Minhas criaturas sempre em obras de rebelião, a caminhar para a morte? Não poderei agir com Misericórdia?

Comigo, há grandes riquezas, riquezas duradoiras, que enriquecem os que se aproximam de Mim com um coração contrito. Nos nossos esponsais, Eu oferecer-vos-ei o tesouro de saber como possuir-Me, o tesouro do Conhecimento do Deus Trino e de O compreender. Acaso não tendes ouvido dizer que só pela Santa Sabedoria uma casa é construida, e que é pela compreensão que ela se torna sólida, que é pelo conhecimento que os seus celeiros se enchem de riquezas de todas as espécies, de raros tesouros de valor divino e tão desejáveis pelos sábios de todos os tempos? Por outras palavras: conhecendo-Me, a vossa alma e o vosso espírito estão cheios da Minha luz transcendente e de Minha Glória; a vossa alma enche-se da Minha Divindade e de Mim Mesmo. Então, e só então o vosso coração se aplicará ou entregará à disciplina, e os vossos ouvidos a instrução, adquirindo a Verdade e estimando-a ternamente. Até a vossa própria natureza será transformada, Meus bem-amados, na Minha Deidade. Todas as vossas intenções ficarão mudas pelo Meu Espírito Santo que, incansavelmente, vos tira as escórias, para dotar-vos o espírito do Meu Espírito e, através do Meu Espírito, da Riqueza Imperial que é a Minha Soberania.

Entretanto, vós ireis perguntar: "E o que é compreender Deus?". Compreender-Me é o princípio da Sabedoria; é reconhecer-Me como vosso Deus e temer-Me; temer-Me é evitar todo o mal; é também ter-Me visto com os vossos olhos espirituais, enquanto estais ainda na terra. É essencial para cada um de vós ter-Me saboreado, enquanto estais ainda na terra; e é importante para cada alma investigar esta visão 8 ; e se a vossa alma não foi capaz de atingir as Minhas alturas 9 , lutai e perseverai, para elevardes o vosso espírito pela contemplação. Senão, como reconheceríeis o vosso Deus? Como, se Me não vistes, seríeis vós um dos Meus filhos ou uma das Minhas filhas adornados pela Minha Luz Três Vezes Santa? Eu não sou, nem inacessível nem inatingível, pois Eu Próprio Me uno à vossa alma. Eu uni-Me a vós e nós passamos a ser um. Depois, uma vez unidos, para vos lembrar a vossa herança, Eu torno-Me conhecível por vós. Em majestade e em esplendor, Eu Mesmo conduzirei a vossa alma às Minhas profundezas para Me revelar Eu Próprio com real prodigalidade.

Vós já lestes que as profundezas de Deus só podem ser conhecidas pelo Espírito, para compreender as coisas espirituais. As Escrituras dizem: "O homem natural não entende as coisas do Espírito de Deus, pois para ele são loucuras. Não as pode compreender, porque devem ser julgadas espiritualmente. Pelo contrário, o homem espiritual julga todas as coisas, mas a ele ninguém o pode julgar. Porque quem conheceu o pensamento do Senhor para que O possa instruir?" 10 .

O tesouro de Me conhecer e de Me compreender, é o Céu na terra a todo o tempo; é governar com gentileza, justiça e integridade, na terra. Tendo recebido este tesouro pela graça, através do Espírito Santo, vós conhecereis a Minha Vontade em vós. Nós dissemos, uma vez: 11 "Se alguém quer ser orgulhoso, que o seja disto: de Me compreender e de Me conhecer...". Este tesouro está muito acima do valor das pérolas. Ah! Depois, vem o tesouro da intimidade, intimidade Comigo, vosso Deus. As explosões de chamas que vos vêm de um coração inflamado de amor serão o primeiro sinal da vossa intimidade Comigo; os prolongados períodos de sede de Mim, procurando-Me sem cessar, serão a aurora da vossa aproximação desta união íntima que Eu desejo de cada alma, a fim de que ela possa vir saborear a Minha Doçura e, com toda a vossa alma, vós mesmos entrareis nas delícias do Céu e cantareis as melodias dos Meus anjos, no Céu, em honra da Misericórdia que Eu tive de vós.

Então, como David clamou outrora, inflamado de amor, também vós clamareis com as suas próprias palavras: "Ó Deus, Vós sois o meu Deus; busco-Vos com ardor; suspiro por Vós; o meu coração tem sede de Vós; o meu corpo suspira por Vós... eu sinto em mim como que um país de sede, esgotado e sem água, sem Vós; suspiro por contemplar-Vos; no meu leito, eu penso em Vós, medito em Vós, ao longo de toda a noite; a minha alma está unida a Vós... 12 Embora eu seja jovem 13 , Vós destes-me mais compreensão que aos idosos 14 , porque eu observo as Vossas divinas instruções. Oh! Como é delicioso passar a ser Vosso amigo, meu carinhoso Deus; a Vossa Presença, tão intimamente entrelaçada com a minha alma, alegra-me e é mais doce que o mel; o Vosso aroma perfuma todo o universo e inebria-me a alma, enquanto revigora o meu próprio ser".

Ao despertardes, descobrireis que Eu sou o vosso Bem-Amado, o vosso Céu, o vosso Éden, e que em Mim, podeis viver; descobrireis, à Minha Luz, que Eu meti no vosso coração a magnificência das Minhas Obras, e louvareis o Meu Santo Nome; descobrireis que o Meu Olhar sobre vós é como um amoroso, e alegrar-Me-ei ao olhar-vos, porque olharei para o Meu Próprio reflexo; olhar-Me-ei a Mim Próprio em vós...

Não fiqueis, pois, surpreendidos, quando vier até vós para vos dizer:

"Eu sou agora Governador, em vós, e não tenho outro desejo que não seja o de Me ver a Mim Mesmo em vós; a Minha Presença em vós acende um desejo e uma sede de Mim como uma chama; cada suspiro de definhamento será inalado por Mim como um ramo de rosas perfumadas, que Me acalma pelas ofensas feitas contra Nós 15 por parte dos homens".

Eu sou Perfeito e quero-vos a vós também perfeitos. Acaso não lestes: "Conforme for o Governador, assim será também a cidade?... " 16 . E então Eu, por Meu lado, revelar-vos-ei os exércitos celestes 17 , enquanto vos cantar a religião e a rectidão em poesia; Eu reunirei todos os santos no Céu, reunirei todas as cortes do Céu, para lhes revelar a Minha Majestade e a Minha Soberania em vós e como fiz de vós um diadema real para a Minha Cabeça, um prodígio real do vosso tempo; todos os vossos ornamentos serão divinos, pois terão sido oferecidos por Mim; a vossa antiga escravidão passará a ser liberdade em Mim.

Hoje, Eu olho do Céu para contar os corações puros. Que devo Eu dizer? Acaso foi o Meu Sacrifício em vão? O Meu Espírito está dilacerado... Sacrifiquei-Me por vós, a fim de vos tornar livres de todo o mal e de purificar um povo para que possa ser o Meu próprio povo e não tenha ambição alguma, excepto fazer o bem; tenho feito tudo, a fim de que possais ser justificados pela graça e tornar-vos herdeiros do Meu Reino; tenho-vos ensinado a todos, intensamente e com grande compaixão, a minha Lei, renovando-vos pelo Espírito Santo de Graça, mesmo com o risco de Me repetir invariavelmente. Agora, ensino, dando-vos as minhas instruções à maneira da Santa Sabedoria; não se trata de uma nova doutrina, mas da mesma (doutrina) da esposa 18 , em que podeis confiar; pertenceis todos à Minha Casa, pois Eu comprei a Minha Casa com o Meu Próprio Sangue e derramei cada gota do Meu Sangue por todos ... Vós sois a Minha Casa 19 ...

20 Tu pediste, Minha filha, no início, que declarasse a Minha Vontade; Eu repito-vos, a todos, que a Minha Vontade é que vós trabalheis com amor à Luz do Meu Espírito, a fim de que possais todos ser um.

ic

(A mensagem acima publicada não foi dada num só dia; começou a ser dada no dia 20 de Janeiro, e continuou durante várias semanas e no decurso dos meses seguintes, por causa das minhas viagens intensivas)


1 A Igreja, que é também a Esposa de Cristo.
2 A Igreja.
3 Jesus Cristo.
4 Um deus por participação.
5 Quando Cristo fala das almas, fá-lo no feminino, razão pela qual emprega o feminino "rainha" (n.d.t.f.).
6 Em inglês: mingle (n.d.t.f.).
7 De modo figurativo, as Palavras de Deus são um alimento.
8 A visão de Deus.
9 O Senhor entende por esta expressão Ele Próprio.
10 1 Cor 2, 14-16.
11 Jr 9, 23.
12 Salmo 62 (extractos).
13 Desde o renascimento pelo Espírito.
14 Os eruditos.
15 A Santíssima Trindade.
16 Si 10,2.
17 Em inglês: heavenly hosts (n.d.t.f.)
18 A Igreja.
19 Cf. Heb 3,6.
20 No início desta mensagem.

 

Listagem Cronológica
Uma Lista Completa das Mensagens em Ordem Cronológica
 

Listagem Alfabética
Uma Lista Completa das Mensagens em Ordem Alfabética
 

Pesquisa nas Mensagens
Pesquise no texto das Mensagens
 

Mensagem Aleatória
Selecione uma Mensagem Aleatóriamente
 

Meu Anjo Daniel
O amanhecer das mensagens. Vassula conversa com seu anjo da guarda Daniel
 

Manuscrito Original das Mensagens
O Manuscrito original das Mensagens online
 

Livro Online
As Mensagens agora estão disponíveis para leitura como um livro online
 

 



Pesquisa Rápida

© Vassula Rydén 1986 Todos Direitos Reservados
X
Enter search words below and click the 'Search' button. Words must be separated by a space only.
 

EXAMPLE: "Jesus Christ" AND saviour
 
 
OR, enter date to go directly to a Message