RETURNAR AO SITE:http://www.tlig.org/pt/testimonies/other/datta/TAMANHO DA LETRA: NORMAL - GRANDE

Português » Testemunhos » Outras Religiões » Paul Datta, Hindu »

 

Paul Datta de Calcutá, Índia

Nasci na Índia, numa família hindu, na cidade de Kolkata. Nunca soube nada sobre Jesus ou visitei qualquer Igreja antes. Com a idade de 18 anos decidi ir para outro estado, Maharastra, para fazer meus estudos superiores. Fui aceito na escola de engenharia numa pequena cidade conhecida como Kolhapur. Minha faculdade ficava no subúrbio onde as faculdades costumam ficar. Estava no terceiro ano quando fui acometido de depressão e tudo começou a se desestabilizar. Como estava alojado num albergue para rapazes, lá acontecia de tudo menos Deus. De alguma forma, através de alguém, recebi um livro de Mensagens de AVVD, Vol. IV. Não tinha qualquer idéia sobre o que tratava aquele livro. Isto foi no ano 2000.

Quando comecei a ler o livro, tudo o que entendi foi que alguém chamado Jesus está no Seu caminho de regresso. Quando prossegui a leitura senti um temor muito profundo no meu coração. Estava começando a entender a divindade de Jesus e me dei conta de que se Ele retornasse agora e me visse no estado em que me encontro não seria bom para mim. Naquela noite eu compreendi que Ele é o meu Salvador e que Ele me ama. Comecei a olhar para o rosto na capa do livro e rezei. Lágrimas rolaram dos meus olhos. As lágrimas me trouxeram tanto alívio e tanta alegria que eu gostei de ter chorado. A semente já havia sido plantada!

Depois o que se seguiu foi como a correnteza de um rio. Eu segui a correnteza. Não era capaz de compreender o que estava acontecendo comigo. Compreendi o que é e o que não é pecado. Peguei um Bíblia e comecei a ler. Já havia lido muitos livros antes, mas jamais encontrei um livro tão divino (AVVD), tão puro e tão delicioso de ler. Mais coisas aconteceriam!

Nas minhas férias não fui para casa, como todos costumam fazer, mas fui para o Centro de Retiros Divinos, de Kerala. Aqueles dez dias ali me transformaram completamente. Li as mensagens, sabia que haviam sido escritas para mim. Jesus usou a mão de Vassula para escrevê-las, para que eu as pudesse ler. Muito antes eu havia lido as instruções, o Espírito Santo me inspirou a retirar o nome de Vassula e colocar o meu nome. Chorei amargamente durante dias. Não podia levantar os olhos para o Senhor crucificado, pois olhar para a cruz me causava uma dor profunda dentro de mim. Senti o sofrimento do meu Jesus. Ouvi Jesus me chamar pelo nome Paul (nunca soube quem era Paulo, na Bíblia). Eu estava interiormente abalado. Desde então fiquei totalmente absorvido por Jesus. Seu Espírito envolveu-me completamente. Eu consegui transmitir as mensagens do Senhor para algumas pessoas que lá estavam. Eles se surpreenderam como eu tinha conhecimento de suas vidas. Nossa Mãe Santíssima estava lá durante minha purificação. Em um dia eu aprendi a rezar o rosário e as orações com a ajuda de Nossa Mãe. Um dia, através da mensagens, Jesus deu-me o Espírito da Unidade e pediu-me para defendê-la até o último dia. Por ocasião destes acontecimentos não havia ninguém que tivesse me falado sobre Jesus ou me aconselhado. Tudo o que eu tinha era o Rosário, a Bíblia e o livro da AVVD. Foi Jesus Quem inspirou tudo.

Numa visão Jesus me garantiu que nenhuma oposição viria da parte da minha família, e assim foi! Minha mãe terrena me apoiou bastante e me ajudou muito.

A melhor coisa que me aconteceu depois de conhecer Jesus através das mensagens, foi a Eucaristia. Há tanto poder e graça que brotam do Santíssimo Sacramento! Foi por causa da Eucaristia que eu fui puxado cada vez mais e mais para junto da Santa Madre Igreja. Quando voltei para casa, naveguei na Internet à procura de mais mensagens e informações sobre AVVD. As Mensagens me ensinaram muitas verdades sobre a Igreja e me ajudaram a penetrar nos Mistérios de Deus.

Pensei que todo mundo conhecesse Vassula, mas, para minha enorme surpresa, ninguém conhecia! Um dia, na minha paróquia (nesse meio-tempo eu fui batizado), milagrosamente, após a Adoração, encontrei duas irmãs religiosas que pertencem à AVVD de Kolkata. Elas me presentearam o restante dos livros e eu me juntei a elas.

O montante de graças e bênçãos que recebi ao ler as mensagens é enorme e não pode ser descrito em palavras, só pode ser sentido interiormente. Tudo o que sei é que esse Hino de Amor é verdadeiro e se estas mensagens não puderem mudar o coração de uma pessoa, então, nada mais poderá.

Que venha o Seu Reino! Amém!

 

Paul Datta
Calcutá,
Índia