RETURNAR AO SITE:http://www.tlig.org/pt/testimonies/churchpos/cdf2005/grechanswr/TAMANHO DA LETRA: NORMAL - GRANDE

Português » Testemunhos » A Posição da Igreja » Modificações pela CDF (2005)  » As Respostas de Vassula à CDF através do Pe. Prospero Grech »

 
ANTERIOR | CDF ÍNDICE | PRÓX |

As Respostas de Vassula à CDF através do Pe. Prospero Grech

A carta de introdução de Vassula ao Pe. Prospero

Roma, 26.06.2002

 

Reverendíssimo Padre Próspero Grech,

Collegio Santa Mónica
Via Paolo VI, 25,
1- 00193 Roma

Caro Padre Próspero Grech,

Em primeiro lugar, desejaria agradecer-lhe o conceder-me a oportunidade de responder às perguntas que me faz, relacionadas com os meus escritos e as minhas actividades, perguntas expressas com todo o respeito na sua carta de 4 de Abril de 2002 e que repetem pontos de crítica contidos na "Notificação" de 1995.

Tenho plena consciência da missão e da responsabilidade consignadas à vossa santíssima Congregação de provar os espíritos (1 Jo 4,1). De certo modo, eu própria me dei conta, nestes anos, da complexidade de uma tal missão de discernimento e de quanto ela é delicada, pelo facto de eu mesma ter encontrado no meu caminho muita gente que se aproxima de mim, a pretender que tinham também experiências divinas que desejavam misturar com a minha. Por prudência e por razões de responsabilidade, impus-me a mim própria o princípio de não ter isso em conta. Por isso, aprecio a importância do seu trabalho de protecção dos fiéis contra todo o dano e de guardar a fé isenta de experiências não autênticas, como também de salvaguardar verdadeiros carismas de que a Igreja poderia beneficiar.

Estou-lhe também reconhecida por me dar a oportunidade de esclarecer e de tornar públicas algumas expressões que poderiam parecer pouco claras, pelo facto de serem escritas num estilo metafórico e poético ou simbólico. Também eu tenho consciência de que o facto de falar a Cristãos católicos, enquanto sou greco-ortodoxa, não é nada habitual; mas em vez de ver nisso uma desordem, desejo humildemente que seja o meu pequeno contributo para a cura das divergências entre irmãos cristãos. E assim, vou responder o melhor que posso, com uma completa honestidade e lucidez, às perguntas que se dignou fazer-me, certa como estou também da sua generosidade, da sua boa vontade e da sua compreensão pelos meus limites ao exprimir todo o panorama contido nos doze volumes da obra intitulada A Verdadeira Vida em Deus.

ANTERIOR | CDF ÍNDICE | PRÓX | DOWNLOAD PDF