RETURNAR AO SITE:http://www.tlig.org/pt/spirituality/pilgrimages/pilgrim2005/2005report/2005report-pg7/TAMANHO DA LETRA: NORMAL - GRANDE

Português » Espiritualidade » Peregrinações & Retiros » Peregrinação no Líbano, Síria e Jordânia, 2005 » Relato Oficial da Peregrinação » Relato Oficial da Peregrinação - pg7  »

 

No dia seguinte fomos para a escaldante, antiga cidade de Petra onde, depois de uma longa caminhada, celebramos a Santa Missa numa capela simples - quase a céu aberto - com grande alegria. O celebrante principal foi o Bispo Anil Couto. A jornada de retorno para o estacionamento do ônibus foi trabalho duro para alguns, especialmente se tinham tido coragem de pegar uma carona de buggy! Alguns que já tinham estado lá antes, e conheciam melhor, montaram um cavalo.

Holy Mass at the Byzantine Church in Petra, Jordan
Santa Missa na Igreja Bizantina em Petra, Jordânia

 

The Imam, the Buddhist leader and the Hindu leader during the Liturgy
O Imam, o líder budista e o líder hindu durante a Liturgia

 

Petra, Jordan
Petra, Jordan

 

Petra, Jordan
Petra, Jordânia

Petra Temple

É provável que esta seja a área visitada por São Paulo após sua fuga de Damasco. Como será que era, então?

No dia seguinte deixamos Petra e retornamos a Amman. No caminho fomos ao Monte Nebo, de onde Moisés viu a Terra Prometida (Dt 32, 48-52) e onde ele morreu (Dt 34, 1-5).

Lá celebramos a Liturgia Ortodoxa. O celebrante principal foi o Padre Hernando Garcia Garcia.

Depois da Missa nossos amigos Muçulmanos, Budistas e Hindus juntaram-se aos bispos e sacerdotes para uma fotografia.

Clergy with Vassula after the Liturgy, Nt. Nebo.
Clero com Vassula após a Liturgia, Monte Nebo

 

Bishop Anil Couto, icons were blessed after the LiturgyMt. Nebo Church
Bispo Anil Couto, os ícones foram abençoados após a Liturgia (esq), Igreja Monte Nebo (dir)

Qual é o significado espiritual desta visita ao Monte Nebo? Não é alguma coisa relacionada com olhar de novo para o nosso chamado, acreditando nas promessas do Senhor, entendendo que, diferente de Moisés, estamos sendo chamados a nos dirigirmos para dentro da Terra Prometida da Unidade? O Senhor nos chamou para olharmos com fé para o que está adiante de nós. As profecias da Sagrada Escritura estão sendo cumpridas diante dos nossos olhos e temos que seguir adiante com ESPERANÇA e CONFIANÇA, seguindo o Novo Moisés, Jesus Cristo, O Caminho, A Verdade e A Vida.

View from Mt. Nebo overlooking the Promised Land
Vista do Monte Nebo com vista para a Terra Prometida

 

Mt. Aaron in the Mt. Nebo region
Monte Aaron na região do Monte Nebo

O buffet do jantar de despedida foi oferecido no Hotel Marriot em Amman. Sempre é triste dizer adeus depois de termos passado tantos dias desafiadores e cheios de graça juntos. Mas "adeus" sempre contém a esperança de "até a próxima vez" - na Grécia, talvez. Tal refeição de despedida é também uma refeição de ação de graças por tudo o que Deus nos permitiu partilhar juntos.

Para os que permaneceram, o que foi um número considerável, houve uma visita a Gerasa, ou Jerash, que foi erroneamente associada com um lugar onde Jesus realizou um exorcismo (Mc 5, 1-20, Lc 8, 26-39). o Evangelho de São Mateus localiza este evento em Gadara. Este é o local mais provável, uma vez que não parece haver qualquer lago na área de Gerasa, e, como sabemos, os "porcos Gadarenos" correram sobre um penhasco para o mar (Mt 8, 28-34), cujo Mar era mais provavelmente o Mar da Galiléia. Contudo, Jerash foi importante por outras razões e as ruínas Romanas são algumas das melhores no mundo, embora haja uma pouco de datação de tempos pré-Cristãos.

Jerash, Jordan, with the Imam
Jerash, Jordânia, com o Imam

A Liturgia do dia foi celebrada na Igreja Anglicana de Amman. O celebrante foi o Bispo Orlando Guerrero. Fomos acolhidos muito calorosamente por membros desta comunidade. A homilia foi proferida pelo Cônego Samir J. Habiby. Foi uma ocasião maravilhosa e importante; o Espírito santo estava muito certamente em nosso meio.

Anglican Liturgy
Liturgia Anglicana

Com Ação de Graças e Esperança

Para a grande maioria, a Peregrinação tinha terminado. Apenas alguns ficaram e eles partiram um dia depois.

Esta foi uma peregrinação difícil e movimentada. Houve alguns momentos desafiadores e algumas experiências comoventes. Durante a Peregrinação, especialmente nos hotéis e confraternizações no início da noite, pessoas diferentes partilharam suas percepções das mensagens e falaram de suas esperanças pela Unidade e renovação. Alguns daqueles que partilharam nos impressionaram por seu coragem e devoção. Houve também um sentimento de diversão de vez em quando e muito riso. Também houve algumas lágrimas; lágrimas de alegria e lágrimas de dor. Muitos de nós não esquecerão rapidamente o comovente serviço de cura com exposição do Santíssimo Sacramento, liderado por Henri Le May e Padre Raphael. Houve cura? Quando Cristo está presente sempre há cura. Talvez tenhamos que esperar que alguns partilhem a alegria de sua cura antes de realmente entender como fomos abençoados naquela noite.

Uma das bênçãos mais importantes de qualquer Peregrinação de A Verdadeira Vida em Deus é a presença e participação de Vassula. Cristo a escolheu para ser a nossa luz-guia especial. Ela não nos desapontou.

Patriarch Gregorios and Vassula, Jordan
Patriarca Gregorios e Vassula, Jordânia

Desde o começo, a Mãe de Jesus esteve presente, e Maria permaneceu conosco, nos encorajando, especialmente através do Rosário, e, como uma mãe, ajudou-nos a permanecer como crianças quando a jornada era dura.

O Senhor Jesus, é claro, estava em toda parte: "Nós, nos!" Nos ônibus, nas salas de jantar, nas conversas privadas, com os que riram e e com os que choraram. Acima de tudo, somos chamados a amar em intimidade com Ele. Este chamado foi repetido e renovado em nossa Peregrinação de 2005. Sem esta intimidade não podemos avançar, porque sem Cristo, não há Verdadeira Vida em Deus.

Reverendo Padre John Abberton