INÍCIOÍNDICEPESQUISA
A MINHA MISERICÓRDIA É TÃO GRANDE COMO
GRANDE É A MINHA SEVERIDADE

19 de Fevereiro de 1993


- Paz, Minha bem-amada. És uma só Comigo?

- Fazei com que o meu espírito seja um só com o Vosso Espírito. Só Vós o podeis fazer, Senhor.

- Sinto-Me feliz por tomares consciência da tua nulidade e seres consciente de que, sem Mim, não podes nada. Apoia-te em Mim e Eu atrairei a Mim a tua alma. O Amor está ao pé de ti, o Meu Espírito está em ti.

Permite-Me que prossiga a Minha Mensagem de ontem; ouve-Me:

Diz-lhes que a Misericórdia e a Ira Me pertencem igualmente, e que sou Poderoso, tanto no perdoar como no manifestar a Minha Ira. A Minha Misericórdia é tão grande como grande é a Minha Severidade
1 .

Minha filha, vê: depressa revelarei também a Minha Justiça. O Meu Plano tem um tempo determinado. E também os Meus Apelos Misericordiosos têm um tempo determinado. Uma vez terminado este tempo de Misericórdia, Eu mostrarei a todos, bons e maus, que a Minha Severidade é tão grande como a Minha Misericórdia; que a Minha Ira é tão poderosa como a Minha Clemência.

Todas as coisas que Eu predisse, acontecerão agora rapidamente. Nada poderá ser evitado. Eu falei-vos da Apostasia, essa Apostasia que tem ligado as mãos
2 dos Meus melhores amigos e os tem desarmado, pela sua rapidez e amplitude.

Não disse Eu que os cardeais se oporiam aos cardeais e que os bispos criticariam os bispos, e que são numerosos aqueles que vão pelo caminho da perdição? Com as suas continuas batalhas, eles enfraquecem a Minha Igreja. Hoje, esse espírito de rebelião cresce no interior do Meu Santo Lugar
(Mt 24, 15).

Tu lembras-te da visão que Eu te tinha dado das cobras que rastejavam à volta do Santíssimo Sacramento e por sobre o Altar? Não notaste quantos deles se opõem ao Meu Papa?
3 E como o põem de parte? 4 . Eu já te fiz uma descrição detalhada 5 da Rebelião, no interior da Minha Igreja. Continua ao pé de Mim, para Me agradares.




1 o Senhor fez-me escrever esta passagem do Eccles. (Sr. 16, 11-12)
2 isto significa que eles se reconheceram impotentes
3 o Papa João Paulo II
4 ver a Mensagem precedente
5 mensagem do dia 12 de Setembro de 1990(Cad. 45), 2 de Junho de 1991 (Cad. 51), 6 de Junho de 1991 (Cad. 53) e 16 de Julho de 1991 (Cad. 52)