INÍCIOÍNDICEPESQUISA
ESCUTAI, SEM CHEGAR A COMPREENDER

18.1.1988


- Senhor, se tudo acontece pela Vossa Vontade e tudo aquilo que sucede é porque Vós o quisestes, então, não consigo compreender por que razão, se desejais que a Vossa mensagem seja recebida, não fazeis de modo a que ela seja acolhida pelas pessoas designadas, uma vez que é isso mesmo que desejais. Por que motivo as não iluminais?

- Ó Minha filha bem amada, alegra-te e sê feliz porque, curando-te, te converti. De geração em geração, a Minha Misericórdia estende-se a todos aqueles que Me temem; mas, pelos espinhos que Me trespassam, uma vez mais se repete a profecia de Isaías: "Escutai, sem chegar a compreender, olhai, sem chegar a ver. Obceca o coração deste povo, ensurdece-lhe os ouvidos, fecha-lhe os olhos, para que não veja nada com os seus olhos, não ouça com os seus ouvidos, não entenda com o seu coração e não se cure de novo"
(Is 6, 9-10).

Minha filha, previ, desde toda a Eternidade a sua obstinação. Rejeitando as Minhas Obras Providenciais de hoje, eles perderam os seus privilégios.

Vassula, reza centenas de vezes para que se atinja aquilo que mais procuro em vós, isto é, amor, e esperança
1 .

(...) Ilumino aqueles que são sinceros. Não ilumino os sábios, pela sua falta de sinceridade. Eu, o Senhor, procuro o humilde e o pequeno. Quanto mais pequenos sois, tanto mais a Minha Grandeza se inclinará para vós, a fim de vos atingir e exaltar. Quanto mais pequenos e humildes sois, tanto mais se vos facilitará a entrada no Meu Sagrado Coração. Vassula! Vês?

Jesus fez-me ver, em visão, um túnel obstruído por uma enorme rocha, por detrás da qual entrevia uma Luz potente, porque a rocha impedia de entrar no interior do túnel.

- São eles que Me bloqueiam o Caminho e a sua enormidade tapa a Luz àqueles que Me rodeiam. A esses, Eu, o Senhor, digo: Não suportarei as vossas grandezas; a vossa grandeza cansa-Me; o Meu Cálice está cheio. Quando chegar o tempo, chamá-los-ei, um após outro, ao arrependimento. Ai dos infiéis, porque terão de apresentar-se diante de Mim.

- Jesus, começo a compreender que os Vossos verdadeiros discípulos, pequenos e humildes, se alegraram com a Vossa Revelação, mas a muitos que Vos não são fiéis, esta revelação desagradará. Por outras palavras: para alguns, ela é agradável; para outros, não.

- Sim, Vassula, agora já o sabes
2 .

- Santa Mãe, por grande que seja a minha miséria, quereis ser o meu apoio? Dai-me coragem. Haverá alguma, de entre as autoridades da Igreja, que queira ouvir? Ao menos uma?

- Vassula, Minha filha, Jesus ama-te. Eu amo-te, abençoada. A partir de agora, Jesus e Eu ajudar-te-emos. Reza, a fim de obteres a Sua Graça.

- Sim, Mãe. Ajudai-me a encontrar as palavras adequadas.

- Fá-lo-ei, flor. Amo-vos a todos, não duvideis.

- Agradeço-Vos o auxílio que me dais.

- O Amor ajudar-te-á a suportar muitas provações, Minha filha; Jesus dar-te-á a Sua Força; sempre te animarei. Não temas
3 , que Eu protejo-te.

(Jesus) - Eu sou o Senhor, alma bem-amada, honra-Me agora e caminha Comigo. Eu te darei Minha Força para cumprir Meus desejos. Quanto te amo! Te amo a um grau que tua alma nunca chegará a compreender.

Minha Mensagem de Paz e Misericórdia, Amor e Retidão, descem agora para o meio de vós.

Glorificai-Me, o Meu Amor salvar-vos-á da Minha Justiça que se abaterá sobre vós, se uma vez mais a Minha Criação se recusa a ouvir. Pela Minha Misericórdia Infinita, venho avisar-vos e desejo que a Minha Criação se arrependa e Me reconheça. O santuário de Fátima chora amargamente pelo desprezo e recusa, nos confrontos de Garabandal. A Minha Alma está uma vez mais cheia de tristeza, a mesma tristeza que experimentei em Fátima. Como poderão duvidar, se o Meu Espírito está neles e eles em Mim? A Minha mensagem de Fátima foi ignorada e não a acolheram, antes que fosse demasiado tarde.

Amo-vos a todos. Sou o Senhor que fala. Não duvideis nunca e rezai pelas almas que caminham na escuridão.

Ó Pedro
4 , eleito por Mim! Por Mim santificado! Os Meus Olhos não te deixam nunca; tenho-te observado, em todos estes anos. Agora, estou à tua porta, irmão. Tu és Meu: Eu bato; deixar-Me-ás entrar? Pedro, não Me rejeites; Eu amo-te; ouve-Me; ouve a Minha Voz, reconhece a Minha Voz; sou Eu, o Senhor. A Paz esteja contigo, alma, alegra-te! Vim para unir o Meu Corpo Ensangüentado; vim para irrigar o Meu Jardim. Sou Jesus, o vosso Salvador.

Olha!
5 Olha, Pedro, o Meu Sagrado Coração é uma vez mais trespassado por tantos espinhos, os espinhos que Me foram cravados por aqueles que amo! A Minha Alma está uma vez mais ferida; eles esmagam os nossos Corações 6 . Os Nossos dois Corações foram novamente coroados com uma coroa de espinhos. O Meu Peito é esquartejado, o Meu Sangue jorra. Agora, Eu estou à tua porta e tenho Comigo o Meu Plano secreto de Salvação. É este.

Esta revelação é a Minha voz. Amo-vos a todos imensamente, amo-vos com todo o Meu Coração.



1 aqueles que são surdos e cegos deveriam pedir ao Senhor, através da oração, a graça de poder compreender a verdade
2 Jesus falou com uma entoação de voz muito triste
3 A Santíssima Virgem alude a Satanás que tenta constantemente desanimar-me
4 Jesus dirige-Se ao Papa João Paulo II e fala-lhe directamente
5 Jesus afasta as Suas vestes, para mostrar o Seu Coração. Quer que o Papa veja o Seu Coração
6 o Seu Coração e o Coração de Sua Mãe