INÍCIO MENSAGENS

 

Dom João Evangelista Martins Terra

Dom João Evangelista Martins Terra, Bispo Auxiliar de Brasília, é um biblista de renome, conhecido no mundo inteiro. Trabalhou em vários países à volta do mundo, inclusive no Vaticano, por dez anos, no "L'Osservatore Romano", junto ao Cardeal Ratzinger. Acreditando totalmente em Vassula, compareceu ao seu Encontro em Brasília (em 12.10.1997) e participou da mesa composta pela mensageira de Deus e sua comitiva. Ao final do evento, pediu para dirigir ao povo algumas palavras. Eis o que disse:


AS PALAVRAS DE DOM TERRA


(fonte: ATUALIZANDO MEDJUGORJE - n.116, NOV/97- Brasília,DF)

"Eu queria dizer uma palavra de agradecimento, como Bispo Auxiliar, pela alegria que nós experimentamos com a presença de Vassula aqui em Brasíiia.

É uma graça extraordinária! Nós vivemos, nesta semana, a presença do Papa no Rio de Janeiro. Valeu mais do que muitas missões! Dois milhões de pessoas estavam ali. Era a presença, realmente, da Graça, transformando. Nós, que estávamos lá, saímos realmente renovados.

O Papa nos exorta a preparar este triênio para o Terceiro Milênio. Estamos terminando o primeiro ano do triênio. Meditamos, neste ano, sobre Jesus Cristo, sobre a Virtude Teologal da Fé, sobre o Sacramento do Batismo. Convida-nos, agora, a meditar sobre o Espírito Santo, começando agora em novembro, e no próximo ano, consagrado, todo ele, ao Espírito Santo. 1998 será o ano da Renovação Carismática - um ano cheio do Espírito Santo, em que meditaremos sobre o Sacramento do Crisma, a Virtude Teologal da Esperança e Maria - o modelo da esperança. 1999 - vigília do Grande Jubileu do Terceiro Milênio que começa, toda consagrada a Deus Pai. Nós vemos como Vassula fala com tanto carinho, chamando a Deus de 'Papai', como fazia Jesus, na grande ousadia. (No ano de 1999, todos meditaremos, também,) sobre a Virtude Teologal do Amor - o Pai é fonte do Amor -, sobre o Sacramento da Reconciliação. Nós vemos que Maria é modelo do amor - A mãe do Terno Amor. Essa é a preparação, os três anos de preparação.

Ano passado, tivemos um Congresso em Jerusalém. Fui convidado pelos rabinos - foram 100 rabinos. (Lá estiveram) 500 Bispos cristãos - católicos e ortodoxos -, 12 Cardeais. Na volta, falei com o Papa; ele ficou entusiasmado! Eu vivi dois anos em Jerusalém. Então, mostrei ao Papa minha grande esperança! Para o ano 2000, (o Papa) está preparando, intensamente, a reunião dos cristãos com os membros das religiões monoteístas - judeus e muçulmanos. Haverá um grande Congresso no Monte Sinai, de judeus, cristãos e muçulmanos. Uma esperança, um sonho do Papa. Este Papa é um santo! Seu sonho é inspirado, realmente, por Deus.

Um grande Congresso em Jerusalém, de todas as religiões - as Igrejas cristãs - tratando intensamente da Igreja Ortodoxa, das Igrejas Evangélicas - as grandes Igrejas Evangélicas - na esperança de que se realize a oração de Jesus Cristo: 'Que haja um só coração, um só rebanho e um só Pastor'. Essa é a missão da Vassula. Também para ela, a sua missão, se resume nisso: realizar, no ano 2000, esse pedido de Jesus; é uma oração escandalosa que fez Jesus, escandalosa!: 'Pai, Eu quero que todos sejam um'. Perdão, Jesus; é assim que se pede? Diga, pelo menos, 'por favor'... 'Pai, Eu quero!'. Ele quer! Não é falta de educação, não. Ele sabe que isso é o que o Pai quer, e a Vontade do Pai é a Sua Vontade: 'Que haja um só rebanho e um só Pastor'. É a oração de Cristo.

Este milênio - de 1000 até o ano 2000 - foi um milênio de grandes provações. Veio a separação da Igreja. Que o Terceiro Milênio seja um milênio de união. E Deus nos mandou esta pessoa carismática! Conheço Vassula há cinco anos. Quando a encontrei em Recife (eu falo um pouquinho a língua materna dela - trabalhei também dois anos no Oriente, no Egito), eu a saudei em seu idioma. Ela respondeu com carinho, vendo um tupiniquim do Brasil falando árabe. Houve alegria, de fato, naquela Missa. Não sei se ela se lembra... o Colégio das Damas.. aquele ginásio cheio de gente... Quando eu comecei a ler o Evangelho do dia, com a fala de Jesus, Ele dizendo: 'Cala a boca e sai deste homem', no meio do povo um possesso, com uma voz tonitruante: 'Não saio! Não saio!'. Ali, dez mil pessoas ficaram geladas! Eu calei, quietinho; não vou discutir com Satanás. Baixei a cabeça. Todo mundo começou a rezar o 'Pai-Nosso', a rezar... De repente, ele se foi calando, ficou mansinho. Ele estava iá em cima, na terceira platibanda, prá se jogar... cinco pessoas para segurá-lo. Terminamos a Missa. Ele foi pedir perdão a Vassula, mas eu não sei o que aconteceu. Depois, ele contou. 'Quando eu nasci, meu pai me consagrou a Satanás. Minha vida foi um inferno! Minha única esperança era que você me pusesse as mãos'. Ali, ele estava transformado, ajoelhado. Foi um fenômeno!

Nosso grande amigo Dom Victor dizia: 'Cada vez que a Vassula aparece, Satanás faz uma das suas!'. No ano passado, vocês estão lembrados, as luzes se apagaram aqui, antes de começar a reunião.

E, falando em Dom Victor (Dom Victor Tielbeek, bispo Residencial da diocese de Formosa, em Goiás), este ano tivemos a reunião dos Bispos do Regional com o Santo Padre (nota: em 25/01/1996). Então, eu perguntei sobre a Vassula. O Cardeal Ratzinger disse que tinha recebido um monte de cartas de Cardeais sobre aquela Notificação anônima que saiu no 'L'Osservatore Romano'. Dom Victor perguntou, em alemão, porque o Cardeal só falava italiano. Em alemão: 'Devo mudar de atitude?' (ou seja, devo deixar de apoiar Vassula?). 'Continue como você tem feito até agora!', respondeu (o Cardeal Ratzinger) em alemão, para nós que estávamos entendendo; 'apenas, tenha prudência'.

Então, nós vemos: o fato... pelos frutos se conhece. Pergunta-se: esse movimento, quais são seus frutos? Quanta transformação! Quanta conversão! Pelos frutos é que se conhece a árvore. Vocês hoje lotaram aqui este auditório. Por que vieram aqui? Por quê? Porque houve um convite... porque não sei o quê... Isso e ocasião! A causa por que vieram foi porque Alguém os trouxe. 'Ninguém. vem a Mim a não ser que o Pai Celeste o arraste' (Jo 6, 44). Vocês foram arrastados por Alguém que os amou primeiro, Alguém que os trouxe aqui para ouvirem uma palavra de luz, uma palavra de salvação. Percebem? Voces devem estar muito contentes - tiveram a chance! De algum modo, vocês representam a elite desta Diocese. Aqueles que foram arrastados pelo Pai vieram aqui. A beleza desta vinda!... Estão vendo o que significa a presença de uma pessoa carismática. O carisma não é uma graça de santificação, não. Não quer dizer que Vassula seja mais santa do que vocês. É uma graça para santificar os outros. Nós devemos ser muito gratos, porque essa graça nos santifica, nos aproxima de Jesus Cristo, nos prepara para o Terceiro Milênio.

Vassula, 'un petit mot en français... Je veux vous dire ma grande joie. Nous sommes vraiment très heureux d'avoir votre présence chez nous. Cette présence de grace, de lumière, Merci bien, Vassula.' (Vassula, uma palavrinha em francês... Eu quero falar da minha grande alegria. Nós estamos, verdadeiramente, muito felizes pela sua presença entre nós. Esta presença de graça, de luz. Muito obrigado, Vassula)."



retorna à página principal