INÍCIO MENSAGENS
Os Mistérios Gozosos do Rosário
Meditações tiradas de A Verdadeira Vida em Deus

índice




 

1. A Anunciação (Lc 1,26-38 ; Mt 1,18-25)

“Eu, O Criador dos Céus e da terra, digo-vos:

O Meu Espírito Santo é o Esposo da Esposa, d’Aquela que teve no Seu seio o Menino que veio para vos salvar e redimir e, no qual, através do Seu Sangue, vós obtivestes de novo a liberdade e o perdão dos vossos pecados. Ele é o Esposo da Única que encontrou como um jardim fechado, que possuía as mais raras essências das virtudes, uma fonte selada, a mais encantadora das mulheres, mergulhada em pureza, por causa da Sua única perfeição. O Meu Espírito pousou sobre Ela e cobriu-A com a Sua sombra; e Ela glorificou-Me, tornando-Se a Mãe de Deus, a Mãe de toda a humanidade e a Rainha do Céu”. (5.10.1992)


 

2. A Visitação (Lc 1,39-55)

“Saiba-se que Eu, o Senhor, honro a Minha Mãe... Ela reina... Eu digo-te que Minha Mãe é também vossa Mãe. Vós sois os Seus filhos”. (8.10.1987)

“É a Rainha do Céu, é Minha Mãe e vossa Mãe... É Consoladora do vosso Consolador, Corredentora de vosso Redentor, a Esposa do Meu Espírito Santo... Não mais descansarei, enquanto não te introduzir também na Casa de Minha Mãe... para, também a ti, te revelar a Sua Beleza. Por conseguinte, Minha bem-amada, (...) todos os mistérios que te pareciam poços de enigmas te irão ser já revelados também a ti e tu compreenderás o motivo pelo qual a Mulher revestida de Sol desce agora dos Meus Palácios”(11.11.1993)


 
3. O Nascimento de Jesus (Mt 2,1-12 ; Lc 2,1-20)

“Eu Sou o Verbo, o Alfa e o Ômega. Eu Sou o Elixir de Vida, a Fonte de Amor e tudo tem origem em Mim. Eu vim à terra, em carne, para vos resgatar” (10.2.1988)

“Eu saí do Céu para vos atingir, mas Ter-Me-eis escutado? Eu desci do Meu Trono para vir até ao vosso quarto, para vos cortejar e vos recordar que sois os herdeiros do Meu Reino. Eu saí da Minha Morada e tomei o caminho do deserto, à vossa procura. O Mestre dos Céus não vos recusou o Seu Amor. Nunca!” (18.2.1993)





 
4. A Apresentação (Lc 2,22-38)

“Deixa que Jesus te modele segundo a imagem que Ele Mesmo deseja. Oferecendo a tua vontade a Meu Filho Jesus Cristo e oferecendo-te a ti mesmo por completo, tu agradas-Lhe verdadeiramente e faz-se, em ti, a Sua Vontade. Não tenhas medo; trabalha com ardor e reaviva a Sua Igreja. Que a Sua criação reconheça que o Verbo é vivo e infatigavelmente ativo... Meus filhos, o vosso amor não devem ser simples palavras pronunciadas pelos lábios, mas algo que vos vem do coração (...) que tudo o que fizerdes se faça com o coração, com amor”. (6 e 8.12.1993)





 
5. O Encontro de Jesus no Templo (Lc 2,40-51)

“Vem, tu que erras ainda neste deserto, dizendo: “Procurei o meu Redentor, mas não O encontrei”. Encontra-Me, Meu bem-amado, na Pureza do coração, amando-Me, sem qualquer interesse pessoal. Encontra-Me na Santidade, no abandono que desejo de ti. Encontra-Me, cumprindo os Meus Mandamentos. Encontra-Me, substituindo o mal com o Amor. Encontra-Me, na simplicidade de coração. Não peques mais, deixa de fazer o mal, aprende a fazer o bem, procura a justiça, ajuda o oprimido. Que esse deserto e essa aridez exultem, que a tua tibieza se inflame numa Chama Ardente, renuncia à tua indiferença e substitui-a pelo fervor. Faz todas estas coisas, a fim de que possas dizer: “Procurei o meu Redentor e encontrei-O. Estava ao pé de mim a todo o momento; mas, na minha escuridão, não consegui vê-Lo. Oh! Glória a Deus! Bendito seja Nosso Senhor. Como poderei eu ter sido assim tão cego?” E Eu mesmo te lembrarei, depois, que conserves e faças verdadeiro Tesouro dos Meus Princípios, a fim de que possas viver”. (8.7.1989)


índice