A Verdadeira Vida em Deus

          Boletim Informativo        

06 de maio de 2006  www.tlig.org/pg.html 

Uma explosão de Graças Divinas! Parte I do relatório da Ásia – Japão e Hong Kong


África do Sul,  Grupo de Oração da AVVD de Pretória encontra com o Papa Copta Shenouda

 

Uma explosão de Graças Divinas! Parte I do relatório da Ásia – Japão e Hong Kong

"A paz esteja contigo. O Meu Mandamento, para ti, é: vai onde Eu te envio levar frutos que durem heart O Amen está contigo. Vai por toda a parte oferecer tudo o que aprendeste de Mim; Pelo poder do Meu Espírito Santo, caminharás, falarás, comoverás os corações, expulsarás os demónios, desenraizarás o mal e plantarás o bem; Resiste, por esta obra de Misericórdia. Resiste ao mal e agarra-te a Mim. Vai e não tenhas medo de declarar a verdade. O Meu Espírito Santo desfará todos os laços da verdade. Meu Nome: Paz e Amor."  18 de março de 1996

O relatório completo da Ásia consiste de um mês de viagens a sete países asiáticos: Japão, Hong Kong, Índia, Bangladesh, Tailândia, Filipinas e Cingapura, de 1º de novembro a 05 de dezembro de 2.005.

Mapa do Japão, Hong Kong, Índia, Bangladesh, Tailândia, Filipinas e Singapura
Mapa do Japão, Hong Kong, Índia, Bangladesh, Tailândia, Filipinas e Singapura

Mensageiros de Deus foram enviados ao longo dos séculos para proclamar a boa nova para o Seu povo, para lembrá-los de sua origem e destino de filhos e filhas do Altíssimo, para sempre trazer a lembrança à realidade da justiça de Deus, e para trazer ao coração a generosidade da Sua Misericórdia. Eles também foram enviados para levar uma mensagem de aviso, exortando o povo de Deus a arrepender-se, reconciliar-se e praticar atos de reparação, para que venha do Céu Sua Misericórdia e não Sua Justiça. Tal é a missão de Vassula. Preparada e guiada pelo Espírito Santo, Vassula foi trazida mais uma vez à Ásia, convidada pelo Clero e pelos leigos ansiosos pela oportunidade de ouvir Deus falando-nos hoje através de Seu humilde instrumento.

A singularidade desta maratona de viagem a sete países asiáticos que Vassula fez, foi a duração de suas viagens. Ela nunca tinha feito antes uma de 5 semanas, com a concentração de 17 encontros organizados, falando para uma audiência que variava de 100 a 4.000 pessoas. Também, durante esta viagem aconteceu o 20º aniversário de A Verdadeira Vida em Deus. Em 28 de novembro de 1985, Vassula estava sentada em sua casa, em Bangladesh, e teve a experiência da primeira aproximação de seu Anjo da Guarda.

Foi o trabalho do Espírito Santo para reavivar A Verdadeira Vida em Deus em alguns países como Hong Kong e Cingapura, onde oposição anterior reteve o fluir da Sua Graça. Isto serviu para reforçar e encorajar o trabalho das Associações de A Verdadeira Vida em Deus do Japão, Tailândia e Filipinas, para encontrar membros da hierarquia da Índia e das Filipinas defensores das Mensagens e da missão de Vassula, e finalmente, para documentar o progresso do Projeto de Nossa Senhora - Beth Myriam - na região.

Nestes 7 países, aconteceu uma evolução positiva com o impacto do livreto de “Esclarecimentos da Congregação para a Doutrina da Fé”.  No começo de 2.005, todas as Associações de AVVD ao redor do mundo participaram de sua difusão. O número de padres e freiras que participaram dos encontros com Vassula, e a ausência de qualquer ação em oposição de qualquer padre local manifestou o progresso da missão de Vassula. O Senhor fez mais para abrir portas para Sua Mensagem.

As pessoas da Família de A Verdadeira Vida em Deus são hoje de muitas nações. Neste relatório da exaustiva e maravilhosa viagem de Vassula a 7 países asiáticos, o leitor vai encontrar outros que organizaram, trabalharam duro para evangelizar, que participaram de numerosos Grupos de Oração de AVVD formados, e que foram chamados a dar de si mesmos para os menos afortunados deste mundo. Seu exaustivo e profundamente sentido trabalho para partilhar o Hino de Amor de Deus hoje - A Verdadeira Vida em Deus – com todos ao seu redor, demonstrou a Graça do Espírito Santo que transforma, transfigura, eleva e educa os apóstolos com fogo para fazer o Seu Trabalho, os Apóstolos do Fim dos Tempos. O trabalho de Vassula de falar a Palavra de Deus hoje para todas as nações continua a toda força, sempre na velocidade de Deus, indo no fluxo do Espírito Santo, e como vocês verão, jorrando uma “Explosão de Graças Divinas!”

 

Japão – 1 a 7 de Novembro – Encontros em Tóquio, Osaka e Nagasaki

Após uma angustiante viagem de mais de 24 horas de Washington D.C., Vassula chegou em Tóquio, marcando sua 4ª visita a esta sucessão de ilhas no Norte do Oceano Pacífico. Neste impressionante país cuja população é dotada de antigas tradições de disciplina e cortesia, alta tecnologia e um sentido da guerra espiritual na evolução de sua sociedade. A sobrevivência da fé Cristã aqui deve seu agradecimento aos muitos missionários mártires e converte desde que a fé foi trazida para o Japão por São Francisco Xavier, no século XVI.

A visita anterior de Vassula levou-a do norte ao sul, trazendo para este país de 127 milhões de habitantes, a maioria de religião Xintoísta e Budista e 0,7% de Cristãos, as Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus. Por muitos anos até agora, as Mensagens foram publicadas, propagadas por fiéis leitores na Associação de A Verdadeira Vida em Deus do Japão. O Espírito Santo continua lentamente Seu esmerado Trabalho, trazendo as Mensagens ao Clero local e aos leigos através das testemunhas de AVVD convidadas pelos Grupos de Oração de AVVD e a vitoriosa difusão dos “Esclarecimentos da Congregação para a Doutrina da Fé”. Durante esta viagem, como é o próprio costume, Vassula atendeu chamados de cortesia e respeito a hierarquia local de cada cidade que visitou: respectivamente Tóquio, Osaka e Nagasaki, informando-os de sua missão e os avanços em relação a Unidade Cristã, ressaltando os Retiros e Peregrinações Ecumênicos de AVVD.

Tóquio

Em Tóquio, Vassula visitou o Núncio Apostólico e falou para 500 pessoas em um encontro organizado pela Associação de AVVD do Japão.

Visita a Nunciatura Apostólica do Japão

Vassula apresenta seus cumprimentos ao Núncio Apostólico do Japão, Sua Excelência, Arcebispo Alberto Bottari de Castello

Na sala de visitas da Nunciatura

Vassula com o Núncio Apostólico, seu assistente Monsenhor Leon Kalenga e Hans Enderle da AVVD de Tóquio

Hans Enderle, de AVVD de Tóquio escreve: “Na manhã de 2 de novembro de 2005, Vassula, sua acompanhante de viagem Sra. Cecília Lutz, Satoru Sugawara e eu visitamos Sua Excelência o Núncio Apostólico Arcebispo Alberto Bottari de Castello, na Embaixada do Vaticano em Tóquio. Também estava presente Monsenhor Leon B. Kalenga, Conselheiro da Embaixada”.

“Vassula e Cecília espontaneamente beijaram o anel do Arcebispo, foi bonito ver este costume tradicional como não posso me lembrar se alguma vez o vi ser feito no Japão. Vassula e o Arcebispo tinham muito em comum, pois ambos viveram na África e Monsenhor Kalenga na realidade é de Zaire. Ela explicou sua missão. Sua Excelência, um gentil e amigável sacerdote italiano que nos serviu um bom expresso, parecia bastante aberto para as Mensagens. Ele nos disse que sua transferência para o Japão foi provavelmente um das últimas nomeações do Papa João Paulo II, pois ele recebeu uma carta datada de 1º de abril e postada em 2 de abril. Ele encontrou Pe. Gobbi e, se me recordo corretamente, disse que esteve nas Nações Unidas no dia em que Madre Teresa fez todos rezarem a Oração da Paz de São Francisco. Ele queria saber mais e perguntou pelo livro do Pe. Laurentin. Eu fiquei impressionado quando ele nos disse que estudou exorcismo e que a regra número um é que você tem que ser humilde”.

Sua Excelência, o Núncio Apostólico, mostrou grande interesse quando Vassula falou sobre as Peregrinações Ecumênicas ao Egito em 2002, e uma ao Líbano, Síria e Jordânia, em maio de 2005. Ele estava familiarizado com a situação de diferentes igrejas, tendo sido designado para a Nunciatura de Damasco nos primeiros anos. Ele concordou com Vassula quando ela partilhou com ele o desejo do Senhor para que Católicos e Ortodoxos celebrem a Páscoa no mesmo dia, e lamentou o ridículo de datas diferentes da Páscoa. No Oriente Médio, onde muitos Ortodoxos e Católicos celebram a Páscoa juntos, as Igrejas Cristãs foram forçadas a se unir para sobreviver. Vassula explicou a vantagem de unificar as datas da Páscoa, que consolidarão e fortalecerão a Igreja.

Ele também estava curioso sobre as aparições de Nossa Senhora em Akita, no Japão. Vassula explicou que ela, acompanhada por Pe. O´Carrol encontrou a Irmã Agnes Sasagawa, a vidente, em Akita durante sua primeira visita ao Japão, em 1.992. Vassula lhe disse que o então Cardeal Ratzinger, quando Prefeito da CDF, imediatamente aprovou a aceitação e reconhecimento das aparições pelo Bispo Ito, porque reafirma e confirma o segredo de Fátima. No fim de nossa visita o Núncio nos mostrou sua capela privada e a lápide dos vinte e seis Santos Mártires de Nagasaki, no Japão.

Encontro de Tóquio: A atenção e o entusiasmo dos ouvintes em cada uma das três cidades confirmaram a atual necessidade de alimento espiritual, reunindo Cristãos e não-Cristãos em sua sede por um propósito divino em suas vidas.

Izumi Sakura da AVVD de Tóquio traduzindo

Na quinta-feira, 3 de novembro, o primeiro encontro público ocorreu em Ueno, Tóquio. O salão de conferência estava cheio com 500 ouvintes ansiosos, captando cada palavra pronunciada por sua especial palestrante. “A Verdadeira Vida em Deus é um chamado da Misericórdia! ” proclamou Vassula. “É um chamado à conversão o qual é uma escada para o Céu... conversão é o desejo de conhecer a Deus, amá-Lo com todo seu coração, força e mente ... Obter o Espírito Santo de Amor e morrer para si mesmo, para o seu ego, ser um nada, anular a si mesmo para que Deus possa ser tudo ...”

Há humildade enraizada no povo Japonês, ele é como criança pronta para obedecer ao amável cuidado do Senhor quando Vassula falou sobre oferecer nossa vontade: “Se Lhe oferecermos nossa vontade, Sua Vontade será feita em nós. Ele é Rei e Seu Reino é em nosso coração. Ele quer nosso coração, isso é o que conta.” Ela leu esta Mensagem:

A Minha delícia está em cada coração puro. A Minha alegria é ver os vossos olhos procurar apenas as coisas celestes. A Minha glória é virdes a Mim e dizerdes-Me: "Eis-me aqui... eis-me aqui", oferecendo-Me o vosso coração, para que Eu o transfigure em Meu domínio e reine nele. A Minha magnificência e o Meu esplendor consistem em que mantenhais santo o Meu santuário, transformando-o num glorioso domínio da Minha Majestade.
A Minha Soberania é que, na vossa miséria e na vossa pobreza, possais clamar: "Hossana! Hossana! Ao Rei que nos salvou, por toda a eternidade!"...
10 de junho de 1994

Satoru Sugawara escreve: “Aproximadamente 500 pessoas participaram, algumas delas eram de lugares distantes como Hokkaido ou Okinawa. 6 padres e uma quantidade de freiras estavam lá. Vassula falou de muitos assuntos em termos fáceis como: conversão, purificação, oração incessante, intimidade com Deus, Unidade da Igreja. Algumas vezes com humor, algumas vezes com zelo. Ela falou sobre a delícia de viver com Deus, incluindo alguns episódios reais. Gradualmente ela fascinava a audiência e ao fim do encontro todos eram um. Ao encerrarmos recitamos a Oração de Cura e Libertação.”

Mais tarde nos disseram que uma senhora na audiência foi curada de dor neurálgica noturna, efeito secundário do Herpes, e também foi curada de uma dor em um hematoma em torno da coluna vertebral causado pela constante aplicação de anestesia. A senhora e sua filha expressaram sua gratidão a Nosso Senhor e Vassula pela cura, e permaneceram em oração pela cura continuada de duas outras enfermidades. Louvores ao Senhor!

Satoru Sugawara da AVVD do Japão tocando violão durante o encontro. Ele é um dos organizadores da visita de Vassula ao Japão
Depois do encontro, com o grupo da AVVD de Tóquio

Osaka


Osaka está localizada na ilha de Honshu, a segunda cidade do Japão depois de Tóquio, e cuja população é de 2.7 milhões, predominantemente budista. Sendo esta a terceira visita de Vassula a Osaka, foi como uma “volta ao lar”. Leigos e muitos padres estrangeiros (maioria franceses e belgas) que são leitores das mensagens há anos viajaram para este encontro e se encantaram ao ver a Mão do Espírito Santo guiando a missão de Vassula e tomando conhecimento do diálogo positivo com o Vaticano. A maioria destes padres missionários adotou o Japão como casa,  após muitos anos de dedicação ao serviço de cristãos japoneses.

Vassula com o Pe. Daniel Van Kerkhove

Hans Enderle da AVVD em Tóquio comenta: “Na sexta, 4 de novembro,  pela manhã Vassula participou da Santa Missa na Igreja Católica de Kitano, no centro da cidade de Osaka; uma igreja pequena no meio de altos edifícios. Pe. Daniel Van Kerkhove é um padre belga, com 84 anos, que dedicou a maior parte de sua vida como missionário no Japão, e que celebrou em janeiro passado 60 anos de sacerdócio. Ele foi especialmente convidado pelos organizadores locais para celebrar a Missa. Ele me disse que estava tão ansioso, que na noite anterior não conseguia dormir e precisou tomar um tranqüilizante. Ele considerava que presidir uma Missa na presença de Vassula era um presente do Sagrado Coração de Jesus; que padre maravilhoso! Para o Evangelho, Pe. Daniel escolheu aquele que Jesus dá graças ao Pai: “Eu te louvo, Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste essas coisas aos sábios e inteligentes, e as revelaste aos pequeninos” ( Mateus 11, 25-27). No seu curto sermão, Pe. Daniel disse: “Deus é livre, e pode escolher qualquer um”, e eu fiquei muito feliz, pois ele referiu-se claramente  a Vassula como Mensageira de Deus.

Foto do Grupo de organizadores da AVVD de Osaka e Tóquio em frente a Igreja de Kitano.

Uma Ortodoxa, uma Metodista e uma Católica membros do Grupo de Oração de AVVD de Osaka partilhando uma refeição tradicional.

Encontro público no auditório do Hotel NCB

Oração de Cura durante o Encontro de Osaka. Padres nas primeiras fileiras

Satoru escreve: “No encontro em Nakanoshima, Osaka, aproximadamente 280 pessoas estiveram presentes, incluindo 6 padres, muitas freiras, e uma quantidade de leigos protestantes. O conteúdo partilhado não foi exatamente o mesmo do encontro de Tóquio, inclusive nos mesmos tópicos, ouvimos outros episódios. Nós tínhamos o conhecimento de que Vassula não preparava nada antes dos encontros, ela fala livremente sob a inspiração do Espírito Santo.  Se eu me lembro bem, na maioria dos encontros ela introduziu a engraçada história de 1 ticket e 2 assentos no ônibus. Por favor, esta é para todos: quando vocês saírem para algum lugar, não se esqueçam de levar Jesus com vocês!”

Para começar a Reunião, a audiência se levantava enquanto Vassula rezava o “Pai Nosso” em aramaico, a língua falada por Nosso Senhor. Esta oração numa língua não familiar para nós, tem um efeito pacificador em todos que ouvem. Ela introduziu sua fala comparando a AVVD com uma pessoa de 20 anos de idade, porque neste mês de novembro de 2005, a missão de Vassula celebrou seu aniversário de 20 anos. Desde o início em Bangladesh, há 20 anos, o Senhor a tem levado a mais de 60 países, proclamando Seu Trabalho através de aproximadamente 700 encontros, tornando Sua Mensagem disponível em mais de 40 idiomas, estabelecendo grupos de orações ao redor do mundo, organizando retiros e 5 Peregrinações Internacionais Ecumênicas, e abrindo 25 lares Beth Myriams - as casas da AVVD para atender os pobres. Houve e ainda há dificuldades, mas nada poderá impedir Seu Trabalho, nem silenciar Sua mensageira. A Verdadeira Vida em Deus tem criado raízes no coração de muitos, e nosso trabalho é partilhar as Mensagens de Deus  com todos à nossa volta.

Vassula continuou dizendo à audiência que a AVVD é uma escola onde o Senhor nos relembra o que Ele já nos deu, é um re-soletrar das Sagradas Escrituras. Como nós ainda não conseguimos viver as Eescrituras, Ele em Sua Misericórdia vem nos ensinar novamente. Ela se comparou a um carteiro, entregando hoje a Carta de Amor de Deus para Suas crianças - nos dizendo o quanto Ele deseja que cada alma se torne íntima com Ele e aprenda e conhecê-Lo.

"...É bom fazerdes boas obras por Mim e seguirdes algumas devoções, assim como actos de amor, acções de graças e actos de reparação; mas Eu ficaria imensamente decepcionado se morrêsseis antes de Me terdes conhecido..." 2 de Novembro de 1997

Após Vassula expor os temas sobre Arrependimento, Reconciliação, Oração Incessante e Unidade, finalizou sua fala com um apelo para formação de grupos de orações da AVVD para rezarem pela Unidade. As pessoas foram renovadas através das Palavras do Espírito Santo, fechando seus olhos e rezando pela Cura e Libertação com Vassula. Os padres e freiras se reuniram ao redor de Vassula agradecendo por mais esta sua vinda a Osaka.

Nagasaki

Nagasaki tem perto de 500.000 habitantes hoje, e está situada na ilha de Kyushu. Historicamente, esta é a casa da maior parte da população cristã no Japão. No séc. XVI, o missionário católico romano São Francisco Xavier, desembarcou perto de Kagoshima e converteu muitos ao Cristianismo.  A perseguição e martírio dos Cristãos pelos Shoguns forçaram milhares de cristãos a fugirem e permanecerem clandestinos por 250 anos, com muita fiel e corajosamente, preservando sua fé Cristã. Estes foram conhecidos como “Os Cristãos Secretos de Nagasaki”. Graças a grande fé dos Cristãos de Nagasaki, há muitas igrejas para peregrinação na cidade.

Porque milhares de católicos estavam entre os 70.000 que pereceram com a explosão da bomba atômica no final da 2a Guerra Mundial, este lugar tem sido chamado “o lugar onde, por primeiro, o Cristianismo se deparou com a bomba”. Graças a visita do Papa João Paulo II ao Japão, os católicos de Nagasaki estão agora passando de uma atitude de mártir passiva decorrente da bomba, para um envolvimento mais ativo em lutar pela paz. Assim como os mártires de Nagasaki sofreram no séc XVI, também os Cristãos que perderam suas vidas no bombardeio de Nagasaki, são monumentos da história, testemunhas e seguidores de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Tendo visitado as Catedrais de Oura e Urakami, assim como o Museu da Bomba Atômica,   nos sentimos muito tocados conhecendo os eventos desta bonita cidade portuária, e vendo a fé, apesar da luta pela sobrevivência na maioria dos lugares, não obstante ainda viva. Nagasaki é um lugar santo, e esta foi a primeira visita de Vassula. Muitos residentes das ilhas das  redondezas fizeram seu caminho para ver e ouvi-la.

Uma pintura dos Mártires de Nagasaki, alguns dos “Cristãos Secretos de Nagasaki”, que fiel e corajosamente preservaram sua fé clandestina por 250 anos

Sr. Hayashi, editor dos livros de AVVD no Japão, entre colaboradores e leitores de AVVD

Um momento de silêncio para Vassula antes do Encontro de Nagasaki

Domingo, 6 de novembro, durante o encontro público em Nagasaki. Aproximadamente 180 pessoas vieram de muitas regiões da ilha de Kyushu, alguns vieram da ilha de Okinawa.

Como a maioria das pessoas que estava presente no auditório do Nagasaki View Hotel, era de novos leitores, Vassula voltou então ao início de sua experiência com Deus, 20 anos atrás em Bangladesh. Ela descreveu sua purificação, a dor e sofrimento que teve que enfrentar ao se deparar com quem ela realmente era aos olhos de Deus. Observei as pessoas escutando silenciosamente, senti sua herança da luta e do sofrimento foi revivido nas palavras de Vassula. Muitos deles tiveram uma amostra da purificação e sofrimento e sabiam do que ela estava falando. Uma vez sua alma voltada para Deus, e decidida inteiramente por Ele, ela pode sentir Sua Misericórdia a acolhendo. O som de Sua voz fez com que ela visse a Pessoa Real , um Pai  e muito terno. Sua experiência de Deus Pai modificou a falsa imagem que muitos fazem Dele de somente juiz. Ele é nosso Pai e nós pertencemos a Ele. Deus vem até nós em A Verdadeira Vida em Deus para nos relembrar nossas fundações:

"...filhos! e filhas! Vós sois a descendência do Altíssimo! Vós descendeis da Soberania e do Esplendor. Oh! Vinde! Vós pertenceis-Nos! Vós pertenceis ao Céu... Vós sois de descendência Real; então, porquê, porque escutais a Besta?"  22 de Julho de 1994

Vassula foi tão inspirada falando do Fogo do Espírito Santo e do Novo Pentecostes, que a audiência ficou estarrecida. Ela explicou que quando o Espírito Santo toca uma alma que está perto da morte e sopra nela o sopro da vida fazendo-a ressuscitar, faz sentir um calor, transformando e educando esta alma para buscar apenas as coisas do céu, transformando-a num apóstolo. A alma que experimenta isto é transfigurada, preenchida com o zelo do Espírito Santo e se volta para fazer tudo que estiver ao seu alcance em prol do Reino de Deus. Estamos vivendo um tempo de grande apostasia, mas também de Misericórdia. Deus está fazendo surgir apóstolos, eles são chamados “Apóstolos do Final dos Tempos”. Eles podem ser reconhecidos em todos os que como luzes, queimam espalhando a Palavra de Deus nos dias de hoje.

Na audiência havia um militar americano leitor das Mensagens que filmou a palestra de Vassula para seus amigos da Base Americana na ilha de Okinawa, que não puderam estar presentes. Havia também uma leitorada AVVD de Kobe que trouxe consigo um jovem padre da Opus Dei, de perto de Nagasaki. Ela tinha muito interesse em que ele ouvisse e encontrasse com Vassula. Durante a palestra, sua total atenção estava focada no testemunho de Vassula, e nos diferentes conteúdos das Mensagens. Eu pude ver que ele ficou bastante impressionado, balançando sua cabeça muitas vezes numa atitude de concordância. Quando Vassula informou os ouvintes sobre o desenvolvimento na CDF em relação a sua missão e escritos, eu vi sua face expressar um sorriso de alívio! Após a Oração de Cura, ele foi apresentado a Vassula cheio de sorrisos ao mesmo tempo em que cumprimentava e agradecia a ela. Sua amiga ‘desabou’ em lágrimas de alegria, as quais, tenho certeza só pararam quando Vassula acenou para se despedir.

Satoru escreve: “Aqui eu gostaria de mencionar as coisas que me impressionaram. Vassula espera que novos grupos de oração sejam criados em cada lugar. Grupos pequenos, com 2 ou 3 pessoas é o suficiente. Por favor, tenham reuniões de oração com freqüência.  No momento em que eu estou escrevendo este texto, alguns novos grupos estão em preparação. Eu vou informar com antecedência uma boa nova sobre isso para todos um dia. Mais uma coisa, pudemos ouvir uma história interessante sobre a Unidade da Igreja. Vassula nos disse que Alexei II, Patriarca da Igreja Russa Ortodoxa e o Papa Bento XVI estão mantendo um diálogo e atualmente trabalhando juntos pela unidade. A Unidade da Iigreja talvez não esteja tão longe no futuro, como freqüentemente mencionado nas mensagens. No entanto, será que estamos prontos para isso agora? Sabemos alguma coisa sobre as pessoas com as quais queremos nos unir? O tempo de preparação já chegou. Para os leigos Católicos Vassula recomendou a leitura de duas cartas escritas por João Paulo II : “Orientale Lumen” e “Ut Unum Sint”

Vassula também disse no encontro em Nagasaki “Os apóstolos do final dos tempos… mesmo esta reunião, as pessoas que trabalharam suando sangue para que o evento acontecesse, não é fácil, no entanto eles estão sob fogo, eles são apóstolos!”.

Despedida após o Encontro, tirada com o Grupo de AVVD de Nagasaki, Kyushu e Okinawa

Nós nos apressamos para pegar o trem rápido noturno para Fukuoka, onde nós iríamos deixar o Japão para nos dirigirmos a Hong Kong cedo na manhã seguinte. O início desta viagem por 7 países asiáticos estava  muito corrida, o passo no Japão é inacreditavelmente rápido. Nós rezamos para que a Associação da AVVD e os Grupos de Orações floresçam e prosperem nas mãos dos fervorosos organizadores e leitores, guiados pelo Espírito Santo. Deus proteja esta terra de boas pessoas e os inspirem a propagar Seu Trabalho de Misericórdia para todos deste lugar.

Colaboração: Cecilia Lutz, com Hans Enderle and Satoru Sagawara, da Associação AVVD do Japão

Hong Kong, Nov. 7-11-05

Depois do sucesso dos encontros de Vassula em 3 cidades do Japão, o Espírito Santo nos levou novamente a Hong Kong, nossa segunda parada da turnê por 7 países asiáticos. Sua última visita em Hong Kong em 2002 foi extremamente difícil devido a alguns mal-endendidos e falta de comunicação. Como resultado, houve  um excesso de prudência por parte de alguns padres que persuadiram seus paroquianos a ficarem longe da reunião de Vassula nesta data.

Para esta segunda visita, o Senhor enviou Bro. Otfried Chan, atualmente nomeado para a Arquidiocese de Taipei, em Taiwan. Ele trabalha duro  para evangelizar pela AVVD, sendo convidado para testemunhar em Taiwan, Japão e Singapura. Ele viajou para Hong Kong no ano passado para pessoalmente, oferecer uma cópia dos esclarecimentos CDF para o secretário desta diocese, e através dele, uma cópia também para ser entregue ao bispo, que se encontrava fora do país nesta data. Foi indubitavelmente graças aos esclarecimentos do livreto da CDF que a situação da AVVD em Hong Kong parece ter se normalizado. Nenhuma pressão ou obstáculo foi colocado pela Igreja ou alguém mais.


Bro. Otfried Chan da AVVD de Taiwan escreve: “Esta é a segunda vez que Vassula visita Hong Kong. Em novembro de 2002, exatamente dois anos atrás, Vassula deu seu primeiro testemunho público em Hong Kong.  Nesta data não havia a publicação nem das respostas de Vassula às  perguntas feitas pela CDF, nem do livreto contendo estas respostas. Sendo assim, deste a primeira visita de Vassula, a AVVD em Hong Kong tem passado por períodos muito difíceis, a ponto de só haver uma melhora significativa com o seu retorno. Por isso, com o objetivo de renascer a AVVD em Hong Kong, além dos livretos, também foram necessários comitês de ajuda.

Colaboradores de AVVD de Hong Kong com Catherine e Cindy da AVVD de Taiwan ao centro.

Em setembro de 2005, Vassula espontaneamente perguntou-me se precisava de ajuda para reviver a AVVD em Hong Kong. Eu senti profundamente que seu pedido era um chamado de Deus, então eu disse sim a ela e decidi fazer o meu melhor. Não sabendo onde começar, eu iniciei solicitando aos adeptos da AVVD em Taiwan, para juntarem-se a mim em oração por esta intenção.

Catherine, nossa ajudante Taiwanesa da AVVD in Kaohsiung, trouxe sua prima, Cindy, para participar do grupo de oração. Como Cindy não estava bem de saúde, ela foi a uma peregrinação em Lourdes, onde recebeu a benção de Nossa Mãe, e retornou sentindo-se muito melhor. Ela fez a promessa de agradecer Nossa Santa Mãe, realizando alguma coisa para Jesus. Depois do grupo de oração, Catherine me apresentou para sua prima. Para minha surpresa, eu soube não só dos votos que ela havia feito à Nossa Santa Mãe, como também do fato dela visitar Hong Kong com grande frequência! Falando a ela sobre a missão da AVVD em Hong Kong, Cindy imediatamente aceitou o convite de organizar o encontro para Vassula.

Vassula com Mário e Colwyn Perreira da AVVD de Hong Kong

Atualmente, a AVVD de Hong Kong tem uma nova pessoa para contato de nome Mário, que é o reponsável pelo grupo de oração da AVVD, duas vezes ao mês. Alguns membros deste grupo viajam longas distâncias para rezarem pela unidade! Verdadeiramente, Deus nunca abandona Seu povo! Três anos depois de primeira visita de Vassula, Deus literalmente ressuscitou a AVVD em Hong Kong da morte, mostrando assim Sua Força, Sabedoria e Misericórdia.

Vassula ladeada por Catherine e Cindy da AVVD de Taiwan e organizadores da AVVD de Hong Kong. Ao fundo Irmão Otfried.

Entrevista privada em cantonês

Como não havia material da AVVD disponível na língua cantonesa para a comunidade local de Hong Kong, Vassula pensou que seria  apropriado agendar uma entrevista privada no hotel. O objetivo era o de informar a todos, tanto os velhos como novos leitores da AVVD em Hong Kong, sobre os acontecimentos significativos desde a primeira visita de Vassula em 2002. Foi dada uma atenção especial a nova perspectiva da CDF e a publicação que removeu todas as barreiras da AVVD e da missão de Vassula.

Mário e Vassula estudando o livro da CDF em chinês e conversando sobre grupos de oração da AVVD

Antes de explicar ao grupo de oração como deveria ser conduzido, Vassula falou a eles como o Senhor tinha providenciado as graças necessárias para reavivar Sua Igreja através dos muitos grupos de oração da AVVD. Ela continuou explicando que a específica missão dos grupos da AVVD é orar pela causa da Unidade dos Cristãos. Vassula infatizou a importância de permanecer fiel ao compromisso de oração de um grupo, para que assim possam continuar no caminho do crescimento cristão. Disse isto porque com frequência as pessoas mudam de um grupo a outro, não dando tempo suficiente para a semente amadurecer na vinha e desta vinha, gerar frutos. Algumas pessoas decidiram juntar-se ao grupo de Mário como resultado deste encontro.

Encontro em Sha Tin Hall, Hong Kong

Palestra de Vassula com tradução simultânea para o cantonês

O encontro com Vassula aconteceu em uma das muitas salas do Saha Tin Town Hall, um dos mais luxuosos centros de convenções de Hong Kong, de propriedade do governo. Sob estas circunstâncias, nós consideramos que 106 foi um número bom de pessoas presentes para ouvir seu testemunho; sendo que perto da metade, eram novatos. Todos ouviram Vassula com grande interesse e atenção.

Vassula começou: “Minha vinda a Hong Kong foi um chamado de Deus no qual eu ouvi e atendi. As mensagens da AVVD são Mensagens da Intervenção Divina, que duram até hoje e estará fazendo 20 anos do dia 28 de novembro. Durante os 3 pimeiros anos, eu fui chamada para escrever todos os dias, e após exatamente 3 anos, o Senhor fez com que elas tornassem públicas. Eu visitei 62 países, e não poderia imaginar o quanto seria difundida.

Para os novatos, eu pertenço a Igreja Grega Ortodoxa, a qual é similar a Igreja Católica, pois partilhamos os mesmos sacramentos. Apesar de ter sido batizada, eu não tinha interesse em ir a igreja e nunca rezava, como muitos cristãos que não praticam sua fé. Eu era um exemplo típico de nossa geração. Eu nunca fui catequisada, nem estudei teologia. Deus diz para mim algumas vezes que Ele escolheu uma página em branco, onde Ele poderia colocar todo o Seu Trabalho. Tudo o que eu aprendi diz respeito a vida spiritual vinda diretamente da Boca de Deus, nunca li livros nem escutei ensinamentos de teólogos. Deus intervém e assim Ele pode transfigurar almas, especialmente em nossos tempos, para o benefício de Sua Igreja e nos dar esperança.

Nós estamos vivendo um tempo de graça e Deus não irá nos abandonar. Sendo Pai, Ele nos repreende devido a nossa indiferença e nossa letargia. Ele diz: “Existe um espírito de letargia nesta geração...” Esta indiferença causa dor em Deus, as pessoas colocam as coisas materiais acima de Deus e isso O ofende; eu era um desses casos. O Senhor diz: “Vocês são ambiciosos, geração!” Ele diz que somos difícies de nos contentar, sempre querendo mais, nunca satisfeitos. Nós prestamos atenção somente ao que não temos, e não reconhecemos o que temos. Não reconhecemos e nem valorizamos nossas bençãos. Deus é ofendido quando não O agradecemos por todas as graças e bençãos que Ele nos dá. Antes de Sua intervenção, eu não estava interessada em nada espiritual, eu estava espiritualmente morta. Então eu perguntei a Ele: “Por que o Senhor vem a pessoas como eu?” E Ele me respondeu: “Você não sabe que a fraqueza me atrai? Através de sua fragilidade Eu mostrarei a Minha Misericórdia". E por que dar a mim estas Messagens se nós temos a Bíblia?” - eu disse. E Ele respondeu : “Sim, mas você lê e entende a Bíblia?

Por que Deus está falando e Se manifestando nos dias de hoje? O Senhor responde: “Nestes tempos de graça, Eu venho com a Misericórdia e Me dirijo a vocês com poesia (a Palavra de Deus é bonita, como poemas, como música, um hino. Na igreja ortodoxa, a palavra de Deus nunca é lida, devido a Sua beleza ela é sempre cantada). As palavras que Eu pronuncio são religião e virtude. Com o óleo da alegria, Eu unjo todos aqueles que se aproximam de Mim, selando-os na sua própria fronte. É esta a Minha aproximação de todos vós, nestes tempos; a Minha aproximação é Redenção, Ajuda Salvadora, Misericórdia.

O mundo de hoje está cheio de maudade, “o odor de morte atingiu o Céu”, e sendo um Pai amoroso como Deus é, Ele envia o Espírito Santo para reavivar Sua Criação; em Sua Misericórdia nos sustenta, e gerações virão como fruto de Seu Trabalho através da A Verdadeira Vida em Deus”.

Nós vamos dirigir o Nosso hino de Amor a esta geração agonizante e todo aquele que o escutar é bendito heart Todo aquele que o escutar crescerá em estatura e em força, tal como uma árvore, porque a sua raiz crescerá nos Meus Mandamentos e nos Meus decretos;

- Não há muito tempo, Eu havia plantado um rebento. Hoje, este rebento cresceu como uma árvore e o seu cimo atingiu o Céu, saboreando, de tempos a tempos, as essências e as brisas perfumadas do Céu. Agora, ele é já conhecido em todas as nações, uma vez que é visto dos confins da terra e de todas as direcções. A sua verde folhagem é medicinal e como um bálsamo curativo para os doentes mas, ao mesmo tempo, um apaziguante perfume para os pobres e os miseráveis. Eu Mesmo soprei beijos sobre ele, para aumentar o seu fruto e o aperfeiçoar. Na sua beleza, o seu fruto, abundante, está marcado com o Selo do Meu Espírito Santo. Cada nação, pouco importa a raça e origem de onde venha, pode alcançá-lo e possuir dele o que deseja. O seu produto é suficiente para todos. Mesmo para os indignos, esta árvore pode oferecer sombra e reconforto;

Eu sou o seu Guarda; 25 de setembro de 1997

Vassula cativou a audiência recontando a história de sua conversão. Falou também dos temas centrais contidos nas Mensagens da AVVD: arrependimento, reconciliação, oração contínua, total renúncia a nossa vontade, render-se diariamente a Deus, a importância das Sagradas Escrituras e da Sagrada Eucaristia, Intimidade, a docilidade de Deus, as profecias, união dos cristãos, e finalmente, a maravilhosa peregrinação Internacional Ecumênica que aconteceu em Maio de 2005.

Além disso, um ponto importante foi salientar aos ouvintes, que o Senhor profetizou a catástrofe das Torres de Nova York no dia 11 de setembro de 1991, exatamente 10 anos antes do fato acontecer; assim como o desastre do Tsunami nos foi alertado algumas vezes através das mensagens. Informou também que um outro desastre inevitável irá acontecer e precisamos de orações e atos de reparação para diminuir a sua força. Foi um apelo a cada um dos presentes para estarem vigilantes e fazer a sua parte no Plano de Deus; rezar pela Sua Misericórdia a qual ajuda a deter a maldade que provoca Seu Julgamento a conduz a Sua Justiça.

Agradecido o Bro. Otfried continua: “Ela concluiu encorajando seus ouvintes a rezar pela Unidade, e juntar-se ou formar um Grupo de Oração da AVVD. Um número considerável de pessoas repousaram no Espírito Santo quando Vassula dirigiu o momento de Cura após a palestra, muitos pela primeira vez. Havia muita alegria a entusiasmo nos olhos das pessoas. Quando o encontro chegou ao final, muitos deixaram seu e-mail de contato para futuras notícias ou informações referentes a AVVD em Hong Kong. Era óbvio que o Senhor abençoou o encontro nos provando que Ele usou Sua mensageira para nos mostrar como proceder.”

Uma tarde em Macao para encontrar Pe. Paul Chan, S.J.

Vestígios da colonização Portuguesa no monumento histórico de Macau e nos prédios

Agradecemos ao Mário, pois através de sua ajuda foi possível contatarmos Pe. Paul Chan, um padre jesuíta a quem Vassula encontrou 3 anos atrás. Desde seu último encontro com Vassula, Pe. Paul foi transferido para Macao, uma pequena colonia portuguesa, 64 Km a oeste de Hong Kong, e 105 Km ao sul de Guangzhou (Canton). Chamada de República das Pessoas da China, desde dezembro de 1999, atualmente é governada como uma região administrativa especial, similar a Hong Kong. Pe. Paul ficou muito feliz ao saber que Vassula havia retornado a Hong Kong, e com alegria nos convidou para visitá-lo em Macao. A tarde, Vassula, Cecília, Catherine, Cindy e eu pegamos um barco turbojet rumo a Macao.

Pe. Paul Chan, S.J., fiel colaborador da AVVD celebrando a Santa Missa para nós e depois conversando com Vassula sobre o livro de Esclarecimentos da CDF

Chegando a Macao, Pe. Paul levou-nos diretamente à residência do bispo para recebermos as boas vindas como de costume, mas sua Excelência ainda não havia retornado de viagem. Depois de deixarmos alguns documentos da AVVD para o bispo, entramos numa bonita catedral que ficava ao lado para fazermos uma oração. Nos demos conta que apesar das dificuldades, quão forte ainda era a fé nesta colônia Portuguesa; agradecemos os esforços da igreja e de bravos missionários como o Pe. Paul. Prosseguimos até casa dos jesuítas, onde o Pe. Paul celebrou uma Missa em devoção ao Espírito Santo, pela evangelização da AVVD. Após a Missa, Vassula ofereceu um livreto com as respostas a CDF para o Pe. Paul, que ficou muito feliz em saber que a Notificação do Vaticano de 1995 contra Vassula foi finalmente modificada. Disse também que ele fará o que estiver ao seu alcance para divulgar as Mensagens da AVVD na Diocese de Macao, uma diocese muito nova para ele.

Dentro da Catedral de Macau, as devoções a Nossa Senhora de Fátima e ao Sagrado Coração de Jesus são evidentes. Estando a um passo de Hong Kong e do continente da China, a comunidade Católica de Macau está diminuindo. Pe. Paul nos disse da necessidade de um reavivamento da fé.


Enquanto visitávamos os pontos turísticos de Macao, com freqüência falamos sobre as mensagens da AVVD e a evangelização que estava sendo fruto das mesmas. Quando um de nós fez a observação de que Deus estava usando a AVVD de Taiwan para reavivar Seu Trabalho em Hong Kong, Vassula respondeu: “AVVD sairá de Taiwan e irá para China”. Ela afirmou isto com muita clareza e por duas vezes, o que me fez acreditar que ela tenha recebido um discernimento especial a este respeito. A AVVD de Taiwan fará seu melhor para ajudar Vassula se o Senhor enviá-la algum dia à China. De fato, alguns ajudantes da AVVD em Taiwan já trouxeram mensagens para seus amigos na China e talvez este seja o início da evangelização neste grande continente.

Nossa missão com Vassula em Hong Kong foi cumprida. Desta vez, Vassula testemunhou num encontro público, encontrou-se com pequenos grupos de amigos da AVVD e fez uma visita cordial a um padre jesuíta em Macao. Além disso, o que pode transformar o coração e a mente das pessoas, é muito mais importante que contar em termos de números e figuras. O que Vassula fez durante os 3 dias em Hong Kong, em meio a diferentes pessoas e lugares, não foi mais do que um concreto exemplo de um discípulo de Jesus nos dias de hoje.


Os Evangelhos nos dizem que Jesus chamou Seu próprio povo para segui-Lo. Estes primeiros discípulos abriram mão de tudo o que tinham, até suas próprias vidas, para segui-Lo (Mt 19,27). Aqueles que seguiram Jesus mudaram suas vidas completamente; começaram a viver em santidade e então, sairam para evangelizar outros (Mt 28, 19-20). Hoje, através das mensagens da AVVD, o mesmo Jesus nos chama para segui-Lo e viver em santidade. O mesmo Deus Trino nos ensina como nos esvaziar de nós mesmos completamente, para que possamos ser possuídos e transformados por Ele em Sua Divina Imagem, um perfeito discípulo de Jesus Cristo. Sob a luz das mensagens da AVVD, um perfeito discípulo de Jesus é a mulher ou o homem da unidade e da reconciliação, que envangeliza com amor e por amor. Isto é o que experimentamos através do exemplo de Vassula: confiarmos sempre nos Evangelhos e em sua missão profética. Nunca preocupar-se com sua fraqueza mas sim, entregar-se totalmente a força e graça de Deus. Que o Senhor abençoe a todos os que ajudam a Vassula em sua missão por todo o mundo e que Deus lhes dê a graça da fortaleza para perseverarem em suas responsabilidades para com a AVVD.

Agradecemos ao Bro. Otfried, Catherine, e especialmente Cindy da AVVD de Taiwan pela preciosa ajuda e perseverança, abrindo caminhos uma vez mais em Hong Kong. Rezemos para que Mário e o novo grupo de oração da AVVD formado, traga muitos frutos através da difusão das mensagens em sua região.

Colaboração: Cecilia Lutz and Bro. Otfried Chan

border


África do Sul,  Grupo de Oração da AVVD de Pretória encontra com o Papa Copta Shenouda

Em fevereiro de 2006, a AVVD  da Africa do Sul, por ocasião da consagração da Catedral Copta em Johannesburg, encontrou-se com o Papa Shenouda. Brian Cross, um teólogo copta que participava do grupo de oração da AVVD já por alguns anos, recebeu um convite do bispo Markos (que esteve presente em nosso grupo de oração em duas ocasiões), para os integrantes dos grupos de orações estarem presentes na consagração e logo após, juntar-se a um café da manhã juntamente com Sua Santidade e outras autoridades. De início, somente 6 pessoas poderiam estar presentes, no entanto, um dia antes do evento, o Bispo Markos estendeu o convite para todos que quisessem participar.

Sua Santidade o Papa Shenouda com o Bispo Markos e Brian Cross

Fomos afortunados pelo convite e vimos isto como uma oportunidade dada por Deus para representar AVVD. Vestimos as camisetas da AVVD desenhadas para a Peregrinação ao Egito em 2002 e representativa de todos os participantes dos quatro Grupos de Oração de Pretória. Nos foi concedida a oportunidade de cumprimentar Sua Santidade. Nós nos lembrávamos dele de nossa maravilhosa audiência com ele em 2002 durante a Peregrinação ao Egito. Ele comentou que ficou sensibilizado por nossa lembrança daquele evento! Assim que saímos, ele chamou nosso grupo de volta e presenteou cada um de nós com uma cruz Copta de couro. Nós ficamos sensibilizados por seu amável pedido de que rezássemos por ele. Brian Cross também recebeu uma medalha comemorativa do evento em nome de nossos grupos de oração.

Papa Shenouda com Grupos de Oração da AVVD

Para alguns membros do Grupo de Oração era sua primeira visita a Igreja Copta. Um genuíno senso de unidade prevaleceu, pois havia representantes de outras denominações. Fomos vistos pelo Arcebispo de Johannesburgo e reconhecidos por nossas camisetas pelo Pe. Nadim, da Igreja Maronita de Johannesburgo.

A experiência deixou em todos nós um zelo pela unidade. Foi realmente uma ocasião cheia de Espírito pelo qual agradecemos ao Senhor.

Amor nos Dois Corações de Jesus e Maria

Grupos de Oração de AVVD, Pretoria, África do Sul

 




Se tiver notícias, informações ou inspirações relacionadas com AVVD, escreva para: pgforumeditor@tlig.org

Para remover seu nome desta lista, basta responder a este e-mail, colocando a palavra REMOVE na linha "Assunto/Título".

Um ARQUIVO com todos os comunicados já enviados para a lista está disponível em http://www.tlig.org/pg/pgforum/pgforum.html


"Nós?"